STUDIES IN HEALTH SCIENCES https://ojs.studiespublicacoes.com.br/ojs/index.php/shs <p>The journal <strong>STUDIES IN HEALTH SCIENCES (SHS)</strong> is an innovative option for the academic community, as it will bring scientific information in the <strong>area of ​​Health</strong>, aimed at improving the quality of Teaching, Scientific Research and Health Care.</p> <p style="margin: 0cm; margin-bottom: .0001pt; text-align: justify; background: white;">The SHS accepts contributions written in <strong>Portuguese</strong>, <strong>English</strong> or <strong>Spanish</strong>.</p> <p>SHS DOI prefix: <strong>10.54022</strong></p> <p>ISSN: <strong>2764-0884</strong></p> <p>Area of ​​knowledge: <strong>Health</strong></p> en-US [email protected] (Profa. MSc. Barbara Bonfim) [email protected] (Equipe Editorial) Tue, 02 Jul 2024 11:52:19 +0000 OJS 3.3.0.13 http://blogs.law.harvard.edu/tech/rss 60 A perda gestacional na perspectiva do enfermeiro especialista em saúde materna e obstétrica: protocolo de uma scoping review https://ojs.studiespublicacoes.com.br/ojs/index.php/shs/article/view/5373 <p>A perda gestacional é um evento traumático que afeta milhões de mulheres e casais em todo o mundo, apesar de ainda ser considerado um tema tabu e pouco abordado na sociedade e entre profissionais de saúde. Este evento traumático não só tem impacto nas famílias, mas também nos profissionais de saúde, que precisam de lidar com as suas próprias emoções e dificuldades, para além das necessidades e expectativas destas famílias. A enfermagem de saúde materna e obstétrica tem um papel fundamental na assistência às mulheres/famílias que vivenciam este acontecimento, enfrentando desafios complexos, dificuldades emocionais e sentimentos de frustração e impotência. É expectável que os Enfermeiros Especialistas em Saúde Materna e Obstétrica estejam devidamente informados e preparados para lidar da melhor forma possível com estas situações, compreendendo a dimensão deste fenómeno na vida das famílias.&nbsp; No entanto, será que se tem atribuído a devida atenção ao impacto emocional, às competências específicas e às necessidades de formação e apoio a estes profissionais que cuidam de mulheres/famílias que sofrem uma perda gestacional? Posto isto, será realizada uma Scoping Review sobre esta temática com o objetivo de mapear e analisar a evidência científica existente acerca das perspetivas/experiências do Enfermeiro Especialista em Saúde Materna e Obstétrica relativamente à Perda Gestacional. Do objetivo emergiu a questão de investigação “Quais as perspetivas/experiências dos Enfermeiros Especialistas em Saúde Materna e Obstétrica, relativamente à Perda Gestacional?”. A Scoping Review será elaborada de acordo com a metodologia proposta pelo Joanna Briggs Institute, que pressupõe a realização prévia de um protocolo.</p> Ana Margarida Morim, Conceição Moreira Freitas Copyright (c) 2024 https://ojs.studiespublicacoes.com.br/ojs/index.php/shs/article/view/5373 Tue, 02 Jul 2024 00:00:00 +0000 Doenças transmitidas por alimentos no Brasil: perfil epidemiológico de 2012 a 2021 https://ojs.studiespublicacoes.com.br/ojs/index.php/shs/article/view/5415 <p>As Doenças Transmitidas por Alimentos (DTAs) tem sito alvo de muita discussão no âmbito da insegurança alimentar e tem representado um desafio para a saúde pública no Brasil. Várias infecções alimentares tem como causa principal a ingestão de alimentos ou bebidas contaminados por microrganismos, substâncias químicas ou outros agentes nocivos. Objetivou-se com esse estudo, analisar a situação epidemiológica dos surtos de Doenças Transmitidas por Alimentos no Brasil, notificadas ao SINAN em um período compreendido entre 2012 e 2021. Trata-se de um estudo descritivo, do tipo transversal, com abordagem quantitativa, no qual foram analisadas as ocorrências de surtos de DTAs no Brasil no período de 2012 a 2021 registrados pelo Sistema de Informação de Agravos de Notificação (SINAN). As análises foram baseadas no número de surtos de DTAs por ano de notificação, o número de pessoas hospitalizadas, doentes, número de óbitos,&nbsp;&nbsp; estado de abrangência, agentes etiológicos,&nbsp; critério de confirmação e o total de contaminados. Tendo em vista a saúde pública e os resultados apresentados, analisamos a necessidade uma atenção mais rigorosa na segurança alimentar no Brasil. Os dados da pesquisa revelam um alerta para os cuidados com as escolhas dos alimentos, principalmente para que sejam evitadas as doenças transmitidas por alimentos. Conclui-se que diversos fatores podem contribuir para a insegurança alimentar e tem se mostrado prevalente no Brasil o que pode esta relacionado a áreas de vulnerabilidade social e fragilidades na implantação de políticas públicas de saúde, bem como de saneamento básico para que seja realizado um controle efetivo das DTAs. Ademais, é válido destacar a necessidade de outros estudos que contribuam na discussão das DTAs possibilitando traçar diagnósticos assertivos das infecções para o controle e preveção das doenças alimentares no Brasil.</p> Samara Verena Barbosa de Oliveira, Patrícia Teixeira Damasceno Lobo Copyright (c) 2024 https://ojs.studiespublicacoes.com.br/ojs/index.php/shs/article/view/5415 Wed, 03 Jul 2024 00:00:00 +0000 Qualidade microbiológica da água de lagoas e perfil de resistências antimicrobianas de Escherichia coli em Feira de Santana, Bahia https://ojs.studiespublicacoes.com.br/ojs/index.php/shs/article/view/5795 <p>Nos últimos anos, no Brasil, os mananciais têm sofrido diversas alterações na qualidade das águas. Diante deste problema que afeta a saúde populacional, esse trabalho teve como objetivo avaliar a qualidade microbiológica e o perfil de resistência a antimicrobianos de bactérias isolados de amostras de água oriundas de lagoas no município de Feira de Santana, Bahia, atualmente utilizadas para consumo humano ou de animais. Foram realizadas três coletas em três lagoas em um período de quatro meses onde foi possível caracterizar a qualidade microbiológica da lagoa em diferentes meses do ano. As análises para coliformes totais e termotolerantes se dividiram em: testes presuntivos, testes confirmativos e teste em Ágar Eosina Azul de Metileno (EMB). Por fim, as colônias típicas isoladas de Escherichia coli que cresceram no EMB submeteram-se a análises morfológicas, por coloração de Gram, a testes bioquímicos confirmatórios e a susceptibilidade a antimicrobianos. Os resultados obtidos permitiram observar a presença de Coliformes totais e termotolerantes nas amostras pesquisadas. Das cepas isoladas, as que apresentaram identificação bioquímica compatível com a Escherichia coli foram submetidas a teste de sensibilidade a antibióticos. A maioria das cepas testadas demonstraram possuir multirresistência a alguns dos antibióticos testados. Esses achados ressaltam a necessidade urgente de medidas de gestão e tratamento adequados dos recursos hídricos na região, além de um monitoramento contínuo da qualidade da água para garantir a segurança dos consumidores e prevenir surtos de doenças de origem hídrica.</p> Nadyele Cristina Pereira Santos, Patrícia Teixeira Damasceno Lobo Copyright (c) 2024 https://ojs.studiespublicacoes.com.br/ojs/index.php/shs/article/view/5795 Tue, 16 Jul 2024 00:00:00 +0000