Hematoma subdural agudo traumático: uma análise sobre os fatores que impactam o prognóstico

Traumatic acute subdural hematoma: an analysis of factors impacting prognosis

Authors

  • Angelo Asssunção Tostes
  • Kaoany Antunes da Cruz

DOI:

https://doi.org/10.54022/shsv3n4-003

Keywords:

Traumatic brain injury, Prognostic factors, Acute Subdural Hematoma

Abstract

O hematoma subdural agudo traumático (HSDA) é definido como uma lesão, na qual ocorre a aglomeração de sangue entre as camadas duramáter e aracnóidea. A lesão cerebral traumática (TCE) é acompanhada em cerca de 10-20% dos internados. Além disso, possui uma mortalidade descrita de até 60%. Esta mortalidade decorre de diversos fatores, dentre eles a literatura cita a idade, anormalidades pupilares, escala de coma de Glasgow (GCS), tamanho das lesões intracranianas, deslocamento da linha média, contagem de plaquetas e INR. O conhecimento de fatores que impactam no prognóstico dos pacientes HSDA é de suma importância, tendo em vista que estes fatores podem predizer o desfecho dos pacientes, indicando a conduta.

Published

2022-10-28

How to Cite

Tostes, A. A., & da Cruz, K. A. (2022). Hematoma subdural agudo traumático: uma análise sobre os fatores que impactam o prognóstico: Traumatic acute subdural hematoma: an analysis of factors impacting prognosis. STUDIES IN HEALTH SCIENCES, 3(4), 1632–1633. https://doi.org/10.54022/shsv3n4-003