Assistência ao paciente grande queimado: cuidados clínicos-cirúrgicos e aspectos psicológicos

Authors

  • Mateus Rodrigues Linhares
  • Gabriella Mendonça Leão de Oliveira
  • Geraldo Cardoso Feitosa Pessoa de Carvalho
  • Aline Cristina Duarte
  • Ana Carolina Cândido Canedo Estevam
  • Isabella Maris Santos Caixeta
  • Renata Braz Caixeta
  • Braian Willian Vilela Lima
  • Nicole Van Hemelryck Moniz Freire
  • Marina Fernandes Gonzales Molinari
  • Paulo Henrique da Rocha Rosa
  • Mariana Oliveira Barbosa
  • Carolina de Oliveira Périco
  • Andressa Marcolino Campos
  • Maria Eduarda da Costa Brito
  • Ana Beatriz Coelho Sales

DOI:

https://doi.org/10.54022/shsv5n2-006

Keywords:

Queimadura, Tratamento de Queimadura, Complicações de Queimaduras, Clínico

Abstract

As queimaduras representam uma importante questão de saúde pública, com uma alta incidência global e repercussões significativas em todas as faixas etárias, especialmente em crianças. Assim, a avaliação precoce e precisa das queimaduras, juntamente com o tratamento e acompanhamento adequados, são essenciais para minimizar complicações e melhorar os resultados a longo prazo para os pacientes. Dessa forma, com o crescente corpo de literatura sobre a assistência ao paciente grande queimado, os cuidados clínicos e cirúrgicos e os aspectos psicológicos, foi possível a realização de uma revisão integrativa de literatura em diversas bases de dados indexadas reconhecidas por sua confiabilidade e relevância na área médica, com seleção e análise criteriosa dos artigos, a fim de revisar e analisar as evidências atuais a assistência global ao paciente grande queimado. Nesta revisão foi identificado que a abordagem integrada ao paciente em questão na prática clínica pode contribuir significativamente para a redução do ônus das queimaduras e para a melhoria dos resultados. Ademais, a fisiopatologia das queimaduras térmicas e elétricas, juntamente com o diagnóstico preciso, a classificação das queimaduras graves e o uso da regra dos 9 para calcular a superfície corporal queimada, são aspectos fundamentais na abordagem clínica dessas lesões. O entendimento desses conceitos permite uma intervenção precoce e eficaz, melhorando os resultados e reduzindo o risco de complicações para os pacientes afetados. Portanto, os critérios de internação para pacientes com queimaduras, o tratamento inicial na sala de urgência e as medidas a serem tomadas no primeiro momento ao receber o paciente são aspectos cruciais no manejo eficaz dessas lesões. Logo, uma abordagem rápida, abrangente e multidisciplinar é essencial para garantir o melhor resultado possível para o paciente afetado.

References

AAP - AMERICAN ACADEMY OF PEDIATRICS. Pediatric first aid for caregivers and teachers classroom package: Classroom package. Sudbury, MA, USA: Jones and Bartlett, 2008. Acesso em 05 de abril de 2024

BURNS. Disponível em: <https://www.who.int/news-room/fact-sheets/detail/burns>. Acesso em: 19 abr. 2024. Acesso em 05 de abril de 2024.

BAXTER, C. R.; SHIRES, T. Physiological response to crystalloid resuscitation of severe burns. Annals of the New York Academy of Sciences, v. 150, n. 3, p. 874–894, 1968. Acesso em 05 de abril de 2024

COSTA, G. O. P. DA; SILVA, J. A. DA; SANTOS, A. G. DOS. Perfil clínico e epidemiológico das queimaduras: evidências para o cuidado de enfermagem. Ciência & Saúde, v. 8, n. 3, p. 146, 2016. Acesso em 05 de abril de 2024.

CUTTLE, L. et al. A porcine deep dermal partial thickness burn model with hypertrophic scarring. Burns: journal of the International Society for Burn Injuries, v. 32, n. 7, p. 806–820, 2006. Acesso em 05 de abril de 2024.

HETTIARATCHY, S.; DZIEWULSKI, P. Pathophysiology and types of burns. BMJ (Clinical research ed.), v. 328, n. 7453, p. 1427–1429, 2004. Acesso em 05 de abril de 2024.

LEITE, L. P.; LACERDA, C. B. F. DE. A construção de uma escala sobre as concepções de deficiência: procedimentos metodológicos. Psicologia USP, v. 29, n. 3, p. 432–441, 2018. Acesso em 05 de abril de 2024.

MCCANN, C.; WATSON, A.; BARNES, D. Major burns: Part 1. Epidemiology, pathophysiology and initial management. BJA education, v. 22, n. 3, p. 94–103, 2022. Acesso em 05 de abril de 2024.

MORGAN, M. et al. Burn pain: A systematic and critical review of epidemiology, pathophysiology, and treatment. Pain medicine (Malden, Mass.), v. 19, n. 4, p. 708–734, 2018. Acesso em 05 de abril de 2024.

NANCARROW-LEI, R. et al. A systemic review of adult mesenchymal stem cell sources and their multilineage differentiation potential relevant to musculoskeletal tissue repair and regeneration. Current stem cell research & therapy, v. 12, n. 8, 2017. Acesso em 05 de abril de 2024.

OGAWA, R. The most current algorithms for the treatment and prevention of hypertrophic scars and keloids: A 2020 update of the algorithms published 10 years ago. Plastic and reconstructive surgery, v. 149, n. 1, p. 79e–94e, 2022. Acesso em 05 de abril de 2024.

OHRTMAN, E. A. et al. Social interactions and social activities after burn injury: A life impact burn recovery evaluation (LIBRE) study. Journal of burn care & research: official publication of the American Burn Association, v. 39, n. 6, p. 1022–1028, 2018. Acesso em 05 de abril de 2024.

PECK, M. D. et al. Burns and fires from non-electric domestic appliances in low and middle income countries. Burns: journal of the International Society for Burn Injuries, v. 34, n. 3, p. 303–311, 2008. Acesso em 05 de abril de 2024.

PÉREZ-JACOISTE ASÍN, M. A. et al. Ocular involvement in granulomatosis with polyangiitis: A single-center cohort study on 63 patients. Autoimmunity reviews, v. 18, n. 5, p. 493–500, 2019. Acesso em 05 de abril de 2024

ROMANOWSKI, K. S. et al. American Burn Association guidelines on the management of acute pain in the adult burn patient: A review of the literature, a compilation of expert opinion, and next steps. Journal of burn care & research: official publication of the American Burn Association, v. 41, n. 6, p. 1129–1151, 2020. Acesso em 05 de abril de 2024.

SCHNEIDER, J. C.; BASSI, S.; RYAN, C. M. Barriers impacting employment after burn injury. Journal of burn care & research: official publication of the American Burn Association, v. 30, n. 2, p. 294–300, 2009. Acesso em 05 de abril de 2024.

Published

2024-04-26

How to Cite

Linhares, M. R., Oliveira, G. M. L. de, Carvalho, G. C. F. P. de, Duarte, A. C., Estevam, A. C. C. C., Caixeta, I. M. S., Caixeta, R. B., Lima, B. W. V., Freire, N. V. H. M., Molinari, M. F. G., Rosa, P. H. da R., Barbosa, M. O., Périco, C. de O., Campos, A. M., Brito, M. E. da C., & Sales, A. B. C. (2024). Assistência ao paciente grande queimado: cuidados clínicos-cirúrgicos e aspectos psicológicos. STUDIES IN HEALTH SCIENCES, 5(2), e3981. https://doi.org/10.54022/shsv5n2-006

Most read articles by the same author(s)

1 2 3 > >>