Fatores associados à recidiva do câncer de endométrio: uma revisão de literatura

Authors

  • Maria Clara de Paula Caetano
  • Mateus Rodrigues Linhares
  • Laura Toledo Lopes
  • Kethleen Sunamita Dias Oliveira
  • Bruna Tainah Ruy
  • Mayra Martins Barbosa de Moura
  • Lucas Nasciutti Curado de Castro
  • Maria Eduarda Dantas dos Santos
  • Isabella Cesar Carrijo
  • Amanda Karoline Almeida Alves
  • Haroldo de Sousa Cunha Júnior
  • Rafaela Aparecida de Oliveira Alves
  • Luma Rolla Santana
  • Caio Bueno Vieira
  • Lara Alaó Domingues
  • Luisa Moraes Medeiros
  • Maria Júlia Terra de Oliveira
  • Yasmim Caroline de Araújo Rolim
  • Gabriela Lopes Dutra
  • Thiago Pugliesi Huss

DOI:

https://doi.org/10.54022/shsv5n1-009

Keywords:

câncer de endométrio, recidiva, fatores associados

Abstract

O câncer endometrial (CE) é o sexto câncer mais comum em mulheres em todo o mundo e o tumor mais comum do trato genital feminino, com uma incidência mundial crescente, e estimativa de mais de 417.000 casos em 2024. Acredita-se que isso seja consequência do aumento da expectativa de vida das populações e de uma maior prevalência geral de obesidade e síndromes metabólicas. Porém, ao contrário de muitas outras doenças malignas, a mortalidade por CE também tem aumentado, estando diretamente associada à presença de fatores prognósticos fracos, que impulsionam a recorrência do tumor. Em relação aos fatores prognósticos, no CE incluem o grau tumoral, subtipo histológico, profundidade da invasão miometrial, envolvimento cervical, tamanho do tumor, invasão do espaço linfovascular (LVSI) e status do linfonodo. Dessa forma, com o crescente corpo de literatura sobre os fatores associados à recidiva do câncer de endométrio, foi possível a realização de uma revisão integrativa de literatura por meio da plataforma pubmed, com seleção e análise criteriosa dos artigos, a fim de revisar e analisar as evidências atuais sobre o que poderia estar associado ao aumento do risco de retorno do CE. Nesta revisão foi identificado que a escolha do tratamento medicamentoso com progesterona, fatores hormonais, tais como obesidade, Síndrome do Ovário Policístico (SOP), aumento da resistência periférica à insulina estão relacionados ao aumento do risco de recidiva. Ademais, o tamanho do tumor > 20mm, profundidade de IM (>50%), invasão do espaço linfovascular (LVSI), grau e metástase linfonodal (LNM) e a presença de determinados biomarcadores como receptor de estrogênio (ESR1), supressor de tumor TP53 e proteína epididídia humana 4 (HE4 ou WFDC2), podem estar relacionados a recorrência e sobrevida global dos pacientes com CE. Entretanto, a análise dos estudos demonstra que há presença de fatores importantes a serem considerados para melhor avaliação prognóstica desses pacientes, mas os fatores conceituais, metodológicos e analíticos críticos precisam ser melhorados em pesquisas adicionais para uma melhor análise de dados.

References

DHANIS, J. et al. Cirurgia citoredutiva no câncer de endométrio recorrente: um novo paradigma para o manejo cirúrgico? PubMed, [s. l.], 8 jul. 2022. DOI doi:%2010.1016/j.suronc.2022.101811. Disponível em: https://www.sciencedirect.

com/science/article/pii/S0960740422001050?via%3Dihub. Acesso em: 13 jan. 2024.

GIAMPAULINO, P. Abordagem de preservação da fertilidade em pacientes com câncer endometrial endometrioide grau 2 estágio IA (FIGO): uma revisão sistemática qualitativa. PubMed, [s. l.], 27 set. 2022. DOI doi: 10.1155/2022/

Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC953

/. Acesso em: 13 jan. 2024.

JIN, X. et al. Associação do Tamanho do Tumor com Invasão Miometrial, Invasão do Espaço Linfovascular, Metástase do Linfonodo e Recorrência no Câncer Endometral: Uma Meta-Análise de 40 Estudos com 53.276 Pacientes. PubMed, [s. l.], v. V2, 2 jun. 2022. DOI doi:%2010.3389/fonc.2022.881850. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC9201106/. Acesso em: 13 jan. 2024.

LI, M. et al. O controle de peso é vital para pacientes com câncer de endométrio em estágio inicial ou hiperplasia atípica complexa que receberam terapia com progestina para poupar fertilidade: uma revisão sistemática e meta-análise. PubMed, [s. l.], v. V11, 6 maio 2022. DOI doi:%2010.2147/CMAR.S194607. Disponível em: https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/31190979/. Acesso em: 13 jan. 2024.

RUBIA, E. C. et al. Biomarcadores Prognósticos no Câncer Endometrial: Uma Revisão Sistemática e Meta-Análise. PubMed, [s. l.], v. v9, n. 6, 17 jun. 2020. DOI doi:%2010.3390/jcm9061900. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/

pmc/articles/PMC7356541/. Acesso em: 13 jan. 2024.

Published

2024-01-26

How to Cite

Caetano, M. C. de P., Linhares, M. R., Lopes, L. T., Oliveira, K. S. D., Ruy, B. T., de Moura , M. M. B., de Castro , L. N. C., dos Santos , M. E. D., Carrijo, I. C., Alves, A. K. A., Cunha Júnior, H. de S., Alves, R. A. de O., Santana, L. R., Vieira, C. B., Domingues, L. A., Medeiros, L. M., de Oliveira, M. J. T., Rolim, Y. C. de A., Dutra, G. L., & Huss, T. P. (2024). Fatores associados à recidiva do câncer de endométrio: uma revisão de literatura . STUDIES IN HEALTH SCIENCES, 5(1), 121–131. https://doi.org/10.54022/shsv5n1-009

Most read articles by the same author(s)

1 2 3 > >>