Câncer de Trato Digestivo Superior: uma revisão de literatura

Authors

  • Alex Cesar Ferreira
  • Agustin Miguel Rodrigues de Lima

DOI:

https://doi.org/10.54022/shsv4n1-029

Keywords:

Câncer do Trato Digestivo, neoplasia de boca e orofaringe, epidemiologia do câncer de boca e orofaringe, prevenção do câncer de boca e orofaringe, tratamento do Câncer de boca e orofaringe

Abstract

Introdução- O câncer do trato digestivo superior compreende as neoplasias malignas que envolvem estruturas da boca e orofaringe. No Brasil, segundo dados do INCA estima-se 15.190 novos casos da doença para cada ano do triênio 2020-2022, sendo 11.180 em homens e 4.010 em mulheres. Objetivos- Revisar a literatura atual sobre os principais assuntos referente ao câncer do trato digestivo alto. Métodos- Revisão de literatura nas bases de dados PubMed, SciELO,EBSCOhost e Lilacs, de artigos publicadosnos últimos cinco anos, sem restrição de idioma.Foram utilizados para consulta osdescritores: “câncer do trato digestivo”, “neoplasia de boca e orofaringe”, “epidemiologia do câncer de boca e orofaringe”, “prevenção do câncer de boca e orofaringe” e “tratamento do câncer de boca e orofaringe”. Foram descartados artigos que não respeitavam os descritores. Resultados- O tipo histológico mais comum é carcinoma de células escamosas, os principais fatores de riscos são o etilismo e o tabagismo. O diagnóstico na maioria das vezes é realizado tardiamente, comprometendo o bom prognóstico da doença. O tratamento pode ser cirúrgico, radioterápico ou quimioterápico; isoladamente ou em combinação. Conclusões- A literatura atual sobre o câncer do trato digestivo superior consiste em enfatizar a importância do diagnóstico precoce da doença. Possui fatores de risco relacionados ao tabagismo, etilismo, exposição excessiva ao sol, estresse, má alimentação, infecção pelo HPV e má higiene bucal. Mas estudos são necessários para que se avance na imunoterapia, para que os tratamentos sejam menos invasivos e eficientes, proporcionando menos complicações.

References

- Ministério da Saúde (BR), Secretaria de Vigilância em Saúde. Panorama da vigilância de doenças crônicas não transmissíveis no Brasil, 2018. BolEpidemiol. 2019 [citado em 10 mar. 2020];50(40):1-15. Disponível em: https://antigo.saude.gov.br/images/pdf/2020/janeiro/03/ Boletim-epidemiologico-SVS-40.pdf

- Ministério da Saúde (BR), Instituto Nacional de Câncer. Estimativa. Incidência de Câncer no Brasil. Rio de Janeiro, 2020. Disponível em: https://www.inca.gov.br/sites/ufu.sti.inca.local/files/media/document/estimativa-2020-incidencia-de-cancer-no-brasil.pdf

- Siegel RL, Miller KD, Jemal A. Cancer statistics, 2021. CA Cancer J Clin [Internet]. 2021 [citado em jan. 2022];71(1):7-33. Disponível em: https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/33433946/ DOI: https://doi.org/10.3322/caac.21654

- Archilla AR, Parada AS. Risk factors related to human papilloma virus infection in oral squamous cell carcinoma. Archives of Medicine and Health Science[Internet]. 2019 [ citado em 3 mar. 2022];7, 33-7. Disponível em: https://doi.org/10.4103/amhs.amhs DOI: https://doi.org/10.4103/amhs.amhs_108_18

-Zhang H, Yi J, Kim E, Choo Y, Hai H, Kim K, et al. 20(S)-Ginsenoside Rh2 suppresses oral cancer cell growth by inhibiting the Src-Raf-ERK signaling pathway. Anticancer Res [Internet]. 2021;41(1):227-35. Disponível em: https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/33419817/ DOI: https://doi.org/10.21873/anticanres.14769

- Brito DA, Maynard DC. Avaliação da relação entre nutrição e câncer: Uma visão do impacto no estado nutricional e qualidade de vida de pacientes oncológicos. Nutr. clín. diet. Hosp [Internet]. 2019 [citado em 25 mar. 2019]; 39(1):169-175. Disponível em: https://revista.nutricion.org/PDF/AQUINO.pdf

- Gadbail AR, Sarode SC, Chaudhary MS, Gondivkar SM, Tekade SA, Yuwanati M, et al. Ki67 Labelling Index predicts clinical outcome and survival in oral squamous cell carcinoma. J Appl Oral Sci [Internet].2021; 29. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/jaos/article/view/187143/172912 DOI: https://doi.org/10.1590/1678-7757-2020-0751

- Bradford CR, Eisbruch A, Worden FP. Treatment of early (stage I and II) head and neck cancer: the oropharynx [Internet]. In: UpToDate. 2017 [cited 2017 Jul 7]. Disponível em: https://www.uptodate.com/contents/treatment-of-early-stage-i-and-ii-head-and-neck-cancer-the-oropharynx

- Nandini DB, Rao RS, Hosmani J, Khan S, Patil S, Awan KH. Novel therapies in the management of oral cancer: an update. Dis Mon [Internet]. 2020;66(12):123-136. DOI: https://doi.org/10.1016/j.disamonth.2020.101036

- Konno SN. Neoplasias da cavidade oral e da orofaringe [Internet]. 2017 [citado2017 Jun 26]. Disponível em: http://forl.org.br/Content/pdf/seminarios/seminario_57. pdf.

- Harsha C, Banik K, Ang HL, Girisa S, Vikkurthi R, Parama D, et al. Targeting AKT/mTOR in oral cancer: mechanisms and advances in clinical trials. Int J Mol Sci [Internet]. 2020;21(9). Disponível em: https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/32384682/ DOI: https://doi.org/10.3390/ijms21093285

- Huang H, Kim MO, Kim KR. Anticancer effects of 6-shogaol via the AKT signaling pathway in oral squamous cell carcinoma. J Appl Oral Sci. Aug[Internet]. 2021; 29. Disponível em: https://www.scielo.br/j/jaos/a/7SPMNk7wV4qLjV5LNBTrnJf/?format=pdf&lang=en DOI: https://doi.org/10.1590/1678-7757-2021-0209

-Oliveira BA, Gomide LMM. Imunoterapia no tratamento do Câncer. Rev. Intersaude. 2020; 1(2):89-100. DOI: https://doi.org/10.56271/978.65.87679.13.6-9

-Perea LME, Antunes JLF, Peres MA. Mortalidade por câncer de boca e orofaringe: efeito idade-período-coorte, Brasil, 1983–2017. RevSaude Publica[Internet]. 2021;55:72. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/rsp/article/view/192875/177731 DOI: https://doi.org/10.11606/s1518-8787.2021055003093

- Eidt AS, Nunes B, Steffen L, Steffen N. Neoplasia de Orofaringe e sua Relação com o HPV. Acta Medica. 2018;39(2): 225-236.

- Souza ATSF, Moura MCL, Costa MMS, Moura ALDA, Moraes CS, Souza VM, et al. Imunoterapia Oncológica: Uma Revisão Integrativa. Braz. J. Surg. Clin. Res. 2019;27(2):181-4.

Published

2023-04-28

How to Cite

Ferreira, A. C., & de Lima, A. M. R. (2023). Câncer de Trato Digestivo Superior: uma revisão de literatura. STUDIES IN HEALTH SCIENCES, 4(1), 284–294. https://doi.org/10.54022/shsv4n1-029