O impacto dos fatores biopsicossociais no desenvolvimento do transtorno por abuso de substâncias em adolescentes

Authors

  • Gabrielle Izadora Ferreira
  • Gabrielle Araujo Barros
  • Júlia Lima Sobreiro
  • Layla Francisconi Gonçalves
  • Mariana Matos
  • Sofia Mattos

DOI:

https://doi.org/10.54022/shsv4n1-026

Keywords:

Substâncias psicoativas, Transtorno por Abuso de Substância, dependência química, saúde mental

Abstract

A adolescência é um período delicado na vida do ser humano, devido às diversas mudanças biológicas, psíquicas e comportamentais que ocorrem neste momento. Estas mudanças tornam os jovens dentro dessa faixa etária mais suscetíveis à exposição e ao consumo excessivo de substâncias psicoativas. Nos últimos anos o número de casos de Transtorno por Abuso de Substâncias entre adolescentes teve um aumento significativo. Objetivos: O presente trabalho pretende analisar a influência dos fatores biopsicossociais no desenvolvimento do transtorno por abuso de substância entre adolescentes e estabelecer seu perfil epidemiológico. Tem, ainda, o objetivo de descrever a relação entre a vulnerabilidade social e o uso de substâncias psicoativas na adolescência, bem como identificar as bases para o tratamento dessa condição e como torná-las viáveis. Metodologia: Foi realizada uma revisão de integrativa por meio da busca de estudos nas principais bases de dados, livros referência em saúde mental e textos de instituições governamentais. Resultados e Discussão: Tornou-se evidente que os fatores biopsicossociais estão intrinsecamente associados à exposição às substâncias psicoativas, assim como ao desenvolvimento do Transtorno por Abuso de Substâncias. Estes fatores também se relacionam com o prejuízo e o déficit cognitivo provocado pelo consumo de tais drogas. Tais resultados reforçam a importância do desenvolvimento de políticas públicas com maior enfoque no tratamento e na reabilitação das pessoas portadoras desse transtorno, assim como a importância do trabalho da equipe multidisciplinar e rede de apoio.

References

Almeida, C. S. D. L.; LANA, F. C. S. between sociocultural spaces and the consumption of psychoactive substances by adolescents. Revista Gaúcha de Enfermagem [online]. 2020, v. 41 [Acessado 11 Abril 2022] , e20190335. Disponível em: <https://doi.org/10.1590/1983-1447.2020.20190335>. Epub 08 Jun 2020. ISSN 1983-1447. https://doi.org/10.1590/1983-1447.2020.20190335. DOI: https://doi.org/10.1590/1983-1447.2020.20190335

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção em Saúde. Departamento de Ações Programáticas Estratégicas. Diretrizes nacionais para a atenção integral à saúde de adolescentes e jovens na promoção, proteção e recuperação da saúde. Brasília, 2010.

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Coordenação Geral de Saúde Mental. Reforma psiquiátrica e política de saúde mental no Brasil. Brasília, 2005.

CARMO, M. E.; GUIZARDI, F. L.. O conceito de vulnerabilidade e seus sentidos para as políticas públicas de saúde e assistência social. Cadernos de Saúde Pública, Rio de Janeiro, 2018. Disponível em: https://www.scielo.br/j/csp/a/ywYD8gCqRGg6RrNmsYn8WHv/?lang=pt&format=pdf. Acesso em: 9 abr. 2022 DOI: https://doi.org/10.1590/0102-311x00101417

CARRAPATO, J. F.L.; MENDONÇA, C. S.; LEITE, M. O.; ABIAT, M. M. Dependência de substâncias psicoativas na adolescência: um fenômeno exclusivamente biológico ou biopsicossocial?. Cadernos Brasileiros de Saúde Mental, 2020. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/cbsm/article/view/69778. Acesso em: 9 abr. 2022.

Conceição, D. S. et al. Atendimentos de crianças e adolescentes com transtornos por uso de substâncias psicoativas nos Centros de Atenção Psicossocial no Brasil, 2008-2012* * Manuscrito originado da dissertação de Mestrado de Déborah Santos Conceição, intitulada ‘Perfil nacional de utilização dos Centros de Atenção Psicossocial por crianças e adolescentes com transtornos por uso de substâncias psicoativas, Brasil, 2008 a 2012’, defendida junto ao Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva da Universidade Federal da Bahia (UFBA) em 2016. . Epidemiologia e Serviços de Saúde [online]. 2018, v. 27, n. 2 [Acessado 11 Abril 2022] , e2017206. Disponível em: <https://doi.org/10.5123/S1679-49742018000200002>. Epub 07 Maio 2018. ISSN 2237-9622. https://doi.org/10.5123/S1679-49742018000200002. DOI: https://doi.org/10.5123/S1679-49742018000200002

DE OLIVEIRA, P. C. Vulnerabilidade social: fenômenos das drogas e da violência vivenciados por adolescentes. 2017. Tese (Doutorado em Ciências da Saúde) Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde, Universidade de Goiás, 2017.

Garcia, J. J.; Pillon, S. C.; Santos, M. A. Relações entre contexto familiar e uso de drogas em adolescentes de ensino médio. Revista Latino-Americana de Enfermagem [online]. 2011, v. 19, n. spe [Acessado 11 Abril 2022] , pp. 753-761. Disponível em: <https://doi.org/10.1590/S0104-11692011000700013>. Epub 27 Jun 2011. ISSN 1518-8345.https://doi.org/10.1590/S0104-11692011000700013. DOI: https://doi.org/10.1590/S0104-11692011000700013

OLIVEIRA, E. N.; NUNES, J. M.; VASCONCELOS, M. I. O.; VIANA, L. S.; MOREIRA, R. M. M.; BEZERRA, M. R.; A primeira vez a gente não esquece:conhecendo as drogas experimentadas por estudantes do ensino médio. SMAD, Rev. Eletrônica Saúde Mental Álcool Drog. 2020;16(2):75-82. doi: https://dx.doi.org/10.11606/issn.1806-6976.smad.2020.165488. DOI: https://doi.org/10.11606//issn.1806-6976.smad.2020.165488

Porta, D. D. et al. Adolescente usuário de substâncias psicoativas: concepção de profissionais sobre a rede de cuidado* * Este manuscrito faz parte do Projeto Matricial intitulado “Rede de cuidado ao adolescente usuário de substâncias psicoativas na perspectiva de profissionais”, que originou o desenvolvimento de trabalhos de conclusão de Residência Multiprofissional e Integrada em Saúde Mental da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM, RS, Brasil). . Fractal: Revista de Psicologia [online]. 2020, v. 32, n. 3 [Acessado 11 Abril 2022] , pp. 253-261. Disponível em: <https://doi.org/10.22409/1984-0292/v32i3/5688>. Epub 06 Jan 2021. ISSN 1984-0292. https://doi.org/10.22409/1984-0292/v32i3/5688. DOI: https://doi.org/10.22409/1984-0292/v32i3/5688

Ronzani, T. M.; SILVEIRA, P. S. (2014). Prevenção ao Uso de Drogas no Contexto Escolar. 1. ed. Juiz de Fora: Editora UFJF.

SILVA, J. G. d.; TEIXEIRA, M. L. d. O.; DE ASSUNÇÃO, M. F.; Eating during adolescence and its relations with adolescent health. Texto & Contexto - Enfermagem [online]. 2014, v. 23, n. 4 [Acessado 11 Abril 2022] , pp. 1095-1103. Disponível em:<https://doi.org/10.1590/0104-07072014000570013>. Epub Oct-Dec 2014. ISSN 1980-265X.https://doi.org/10.1590/0104-07072014000570013. DOI: https://doi.org/10.1590/0104-07072014000570013

Solowij, Nadia e Pesa, NicoleAnormalidades cognitivas no uso da cannabis. Brazilian Journal of Psychiatry [online]. 2010, v. 32, suppl 1 [Acessado 11 Abril 2022] , pp. 531-540. Disponível em: <https://doi.org/10.1590/S1516-44462010000500006>. Epub 24 Maio 2010. ISSN 1809-452X. https://doi.org/10.1590/S1516-44462010000500006. DOI: https://doi.org/10.1590/S1516-44462010000500006

Downloads

Published

2023-04-13

How to Cite

Ferreira, G. I., Barros, G. A., Sobreiro, J. L., Gonçalves, L. F., Matos, M., & Mattos, S. (2023). O impacto dos fatores biopsicossociais no desenvolvimento do transtorno por abuso de substâncias em adolescentes. STUDIES IN HEALTH SCIENCES, 4(1), 244–254. https://doi.org/10.54022/shsv4n1-026