Modelagem matemática do jogo de cartas Yu-Gi-Oh! para o ensino de inequações polinomiais do 1º grau

Authors

  • Lucas da Silva Barreto
  • João Carlos Caldato
  • Leandro de Oliveira Pereira

DOI:

https://doi.org/10.54019/sesv5n2-007

Keywords:

Modelagem Matemática, Inequação, YU-GI-OH!, Ensino de Matemática

Abstract

O objetivo deste artigo é apresentar uma proposta de sequência didática, em que é explorada uma aplicação da modelagem matemática no contexto do jogo de cartas Yu-Gi-Oh, para o ensino de inequações polinomiais de 1º grau. Nesta sequência didática trazemos uma Modelagem Matemática associada ao uso de jogos educacionais, sala de aula invertida e aprendizagem em grupo com o propósito de proporcionar um ambiente de aprendizado que promova a compreensão crítica e prática da Matemática, preparando os alunos para enfrentar problemas do mundo real. A sequência proposta incorpora estratégias pedagógicas inovadoras, incluindo a aprendizagem em grupo, que promove a colaboração entre os alunos, a sala de aula invertida, na qual os alunos adquirem conhecimento prévio antes das aulas para aproveitar ao máximo o tempo em sala, e a gamificação, que transforma o processo de aprendizagem em uma experiência envolvente e lúdica. A abordagem proposta visa não apenas promover o entendimento das inequações polinomiais de 1º grau, mas também desenvolver habilidades críticas e de resolução de problemas nos alunos. Além disso, buscamos fornecer insights sobre as potencialidades do uso de jogos no ensino de Matemática, explorando suas aplicações em sala de aula e o possível impacto no engajamento e na aprendizagem significativa dos alunos. Ao tornar o processo de aprendizagem mais agradável e significativo para os alunos, a combinação de Modelagem Matemática, gamificação, sala de aula invertida e aprendizagem em grupo abre novas perspectivas para a Educação Matemática, promovendo um ambiente de aprendizado estimulante e eficaz. Espera-se que as percepções e resultados deste estudo inspirem educadores a explorar abordagens pedagógicas inovadoras e aprimorar continuamente a qualidade do ensino de Matemática.

References

ALVES, R. M. M., GEGLIO, P. C., MOITA, F. M. G. S. C., SOUZA, C., & ARAÚJO, M. O quiz como recurso pedagógico no processo educacional: apresentação de um objeto de aprendizagem In: Congresso Internacional de Tecnologia na Educação, nº 13, 2015, Pernambuco.

ARAÚJO, J. L. Uma abordagem sócio-crítica da modelagem matemática: a perspectiva da educação matemática crítica. Alexandria: Revista de Educação em Ciência e Tecnologia, v. 2, n. 2, p. 55-68, 2009.

AUSUBEL, David P. A aprendizagem significativa. São Paulo: Moraes, 1982.

BACICH, L.; TANZI NETO, A.; TREVISANI, F. M. Ensino híbrido: personalização e tecnologia na educação. Porto Alegre/RS: Penso, 2015.7

BARBOSA, J. C. Modelagem Matemática: O que é? Por quê? Como? Veritati, n. 4, p. 73-80, 2004.

BARROS, J. S. O. Análise do impacto do uso de gamificação na educação. 2021. 22 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Tecnologias em Sistemas para Internet) - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sertão Pernambucano, Salgueiro/PE, 2021.

BERRETT, D. How ‘flipping’ the classroom can improve the traditional lecture. The chronicle of higher education, v. 12, n. 19, p. 1-14, 2012.

BRASIL. Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular: educação é a base. Brasília/DF, 2018. Disponível em: http://basenacionalcomum.mec.gov.br/. Acesso em: 27 set. 2023.

BRASIL. Ministério da Educação. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira. Diretoria de Avaliação da Educação Básica. SAEB 2021. Brasília/DF, 2022. Disponível em: https://download.inep.gov.br/saeb/resultados/apresentacao_saeb_2021.pdf. Acesso em: 27 set. 2023.

CALDEIRA, Ademir Donizeti. Modelagem Matemática: um outro olhar. Alexandria: Revista de Educação em Ciência e Tecnologia, v. 2, n. 2, p. 33-54, 2009.

COSTA, L. D. O que os jogos de entretenimento têm que os jogos educativos não têm. In: VIII Brazilian Symposium on Games and Digital Entertainment, nº 8, 2009, Rio de Janeiro.Anais do VIII Brazilian Symposium on Games and Digital Entertainment. 2009, p. 1-20.

KONAMI. YU-GI-OH! DUEL LINKS. VERSÃO 7.7.0 [TÓQUIO]: KONAMI, C2016.

MENDOZA, H. J. G.; DELGADO, O. A atividade de situações problema em matemática. In: LONGAREZI, A. M.; PUENTES, R. V. Ensino, aprendizagem e desenvolvimento: fundamentos psicológicos e didáticos para o ensino desenvolvimental. 1ed.Uberlândia, MG: EDUFU, 2017, v. 1, p. 373-403.

OLIVEIRA, T. L. Prevalência de desgaste dentário e a correlação com fatores etiológicos em adultos jovens. 2007. 72 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Odontologia) - Faculdade de Odontologia de Bauru, Universidade de São Paulo, Bauru, 2007.

PEREIRA, L. O. et al. ANÁLISE DA IMPLEMENTAÇÃO DO CLUBE DE XADREZ ONLINE IFRJ-CHESS COMO FERRAMENTA PEDAGÓGICA PARA O ENSINO DE XADREZ. Revista Mundi Engenharia, Tecnologia e Gestão (ISSN: 2525-4782), v. 7, n. 2, 2022.

ROEHRS, R.; DENARDIN, Ú. F. G.; ESCOTO, D. F.; DENARDIN, E. L. G. Adaptação do Jogo WAR® como ferramenta didática aplicada ao ensino de Geografia – WARGEO. Geografia Ensino & Pesquisa (UFSM), v. 21, p. 99 - 107, 2017.

SILVA FILHO, O. L.; FERREIRA, M. Modelo teórico para levantamento e organização de subsunçores no âmbito da Aprendizagem Significativa. Revista Brasileira de Ensino de Física, v. 44, e20210339, p. 1-13, 2022.

SKOVSMOSE, O.. Cenários para investigação. Bolema, v. 13, n. 14, p. 66-91, 2000.

SOUZA, M. M.; RESENDE R. F.; PRADO L. S.; FONSECA, E. F.; CARVALHO, F. A.; RODRIGUES, A. D. SPARSE: Um Ambiente de Ensino e Aprendizado de Engenharia de Software Baseado em Jogos e Simulação. In: XXI Simpósio Brasileiro de Informática na Educação, João Pessoa, PB, 2010.

TORRES, P. L.; IRALA, E. A. F. Aprendizagem colaborativa: teoria e prática. Coleção Agrinho. v1, p.1-34, 2014.

UM PAPO SOBRE GAMIFICAÇÃO (COM DANILO FILITTO) | HEY DEV PODCAST #31. Vídeo 1h11min25s. Publicado pelo canal Crie seus jogos. 1 fev. 2022. Disponível em: https://www.youtube.com/live/-l2ISuRFr6k?si=DYK-66ZWZicZ2L-8. Acesso em: 16 mar. 2023.

Wikihow. Como Jogar Yu Gi Oh! <https://pt.wikihow.com/Jogar-Yu-Gi-Oh!> Acesso em 27 de março de 2023.

Yu-Gi-Oh! Wiki. Playing Field <https://yugioh.fandom.com/pl/wiki/Playing_Field> Acesso em 05 de março de 2023.

ZABALA, A. A prática educativa: como ensinar. Porto Alegre/RS: Artmed, 1998.

Published

2024-05-21

How to Cite

Barreto, L. da S., Caldato, J. C., & Pereira, L. de O. (2024). Modelagem matemática do jogo de cartas Yu-Gi-Oh! para o ensino de inequações polinomiais do 1º grau. STUDIES IN EDUCATION SCIENCES, 5(2), e4408. https://doi.org/10.54019/sesv5n2-007