Invest game: educação empreendedora na engenharia

Authors

  • Lucio Garcia Veraldo Junior
  • Stefanny Vieira Fernandes
  • Lucas de Paula Carvalho
  • Luiz Rogério Galam

DOI:

https://doi.org/10.54021/sesv4n1-004

Keywords:

empreendedorismo, investimento, gamificação, engenharia

Abstract

Como um mercado de trabalho competitivo na qual máquinas estão substituindo seres humanos em diversas atividades, se faz necessário desenvolver competências para identificação de oportunidades e empreender. Nesse propósito, utilizar de métodos que facilitem este aprendizado promovendo a conexão teorico e prática e, principalmente, o engajamento dos estudantes. Esta pesquisa abordou a utilização da gamificação na disciplina de Empreendedorismo quanto aos investimentos de acordo com a evolução do desenvolvimento do negócio.

References

BAGGIO, A. F.; BAGGIO, D. K. Empreendedorismo: Conceitos e Definições. Revista de Empreendedorismo, Inovação e Tecnologia, v. 1, n. 1, 2014.

CAMPOS, N. A.; DUARTE, F. J. da C. M. A dimensão social da atividade empreendedora. Cadernos de Psicologia Social do Trabalho, v. 16, n. especial 1, p. 13- 23, 2013.

CHIAVENATO, Empreendedorismo: dando asas ao espírito empreendedor. São Paulo: Saraiva, 2004.

DIAS, T. R. F. V.; NARDELLI, P. M.; VILAS BOAS, A. A. Competências empreendedoras: Um estudo sobre os empreendedores ganhadores do prêmio TOP Empresarial. In: ENCONTRO DE ESTUDOS SOBRE EMPREENDEDORISMO E GESTÃO DE PEQUENAS EMPRESAS, 5, 2008. São Paulo. Anais... São Paulo/SP: EGEPE, 2008.

DOLABELA, F. Oficina do empreendedor. Rio de Janeiro: Sextante, 2008.

DOLABELA, F. A corda e o sonho. Revista HSM Management, 80, pp. 128, 2010.

DOLABELA, F.; FILION, L. J. Fazendo revolução no Brasil: a introdução da pedagogia empreendedora nos estágios iniciais da educação. Revista de Empreendedorismo e Gestão de Pequenas Empresas, v.3, n.2, p. 134-181, 2013.

GUERRA, M. J.; GRAZZIOTIN, Z. J. Educação empreendedora nas universidades brasileiras. In: LOPES, R. M. A. (Org.). Educação empreendedora: conceitos, modelos e práticas. Rio de Janeiro: Elsevier: São Paulo: SEBRAE, 2010.

HENRIQUE, D. C.; CUNHA, S. K. Práticas didático-pedagógicas no ensino de empreendedorismo em cursos de graduação e pós-graduação nacionais e internacionais. RAM – Revista de Administração Mackenzie, v. 9, n. 5, p. 112-136, 2008.

LIMA, E.; HASHIMOTO, M.; MELHADO, J.; ROCHA, R. Brasil: em busca de uma educação superior em empreendedorismo de qualidade. In: GIMENEZ, F. A. P. et. al. (org.) Educação para o empreendedorismo. Curitiba: Agência de Inovação da UFPR, 2014a.

LORENTZ, M. H. N. O comportamento empreendedor de diretores da UFSM e sua percepção quanto à universidade empreendedora. 2015. 155 p. Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal de Santa Maria, Programa de Pós-graduação em Administração. 2015.

MALACARNE, R.; BRUSTEIN, J.; BRITO, M. D. Formação de técnicos agropecuários empreendedores: o caso do IFES e sua participação na OBAP. In:

GIMENEZ, F. A. P. et. al. Educação para o empreendedorismo. Curitiba: Agência de Inovação da UFPR, 2014.

MELLO, S. C. B. de; LEÃO; A. L. M. de S.; PAIVA JÚNIOR, F. G. de. Competências empreendedoras de dirigentes de empresas brasileiras de médio e grande porte que atuam em serviços da nova economia. Revista de administração contemporânea, 2006, 10: 47-69.

MENDES, M. T. T. Educação Empreendedora: uma visão holística do empreendedorismo na educação. Dissertação de Mestrado em Ciências da Educação - Universidade Católica Portuguesa – Faculdade de Educação e Psicologia. Lisboa, 2011. 288 p.

SCHUMPETER, J. A. A teoria do desenvolvimento econômico. São Paulo, Nova Cultura, 1988.

Downloads

Published

2023-01-27 — Updated on 2023-06-30

Versions

How to Cite

Junior, L. G. V., Fernandes, S. V., Carvalho, L. de P., & Galam, L. R. (2023). Invest game: educação empreendedora na engenharia. STUDIES IN ENGINEERING AND EXACT SCIENCES, 4(1), 55–66. https://doi.org/10.54021/sesv4n1-004 (Original work published January 27, 2023)