Layout ergonômico e eficiente para o setor de injeção de uma indústria de artefatos plásticos

Authors

  • Evelyn Magalhães Rodrigues
  • Giselen de Souza
  • Rafael Rodrigo Gonçalves
  • Rosilda do Rocio do Vale
  • Tailaine Pereira da Silva

DOI:

https://doi.org/10.54021/seesv4n1-019

Keywords:

ergonomia, layout, otimização do espaço, saúde, segurança do trabalho

Abstract

O presente estudo é uma pesquisa de campo e tem como principal objetivo apresentar uma proposta para implantação de um layout ergonômico eficiente para o setor de injeção de uma empresa de fabricação de artefatos de material plástico para usos industriais. No desenvolvimento da pesquisa foram utilizadas das metodologias pesquisa de campo, observação não participativa, pesquisa bibliográfica, pesquisa de internet, entrevista informal e brainstorming, além do diagrama de Ishikawa para categorização das causas. Por meio do da observação não participativa e do brainstorming realizado entre os autores foram identificadas nove causas que estão contribuindo para a ocorrência do problema em estudo, com a utilização do gráfico de Pareto foram priorizadas as quatro causas que mais impactam no problema, sendo o espaço de trabalho desorganizado, o excesso de objetos nas bancadas, a ausência de ajuste de altura nas bancadas e a perda de tempo de deslocamento das peças finalizadas até os racks. Para o plano de ação foi utilizado o 5W2H e foram sugeridas como solução que: sejam retiradas as caixas ou objetos que estão espalhados embaixo ou nos arredores das bancadas e sejam realocadas nos locais corretos, aplicar um 5S nas bancadas juntamente com a colocação de painéis para ferramentas, alterar o layout dos racks para reduzir o deslocamento do operador e alterar as bancadas por modelos de mesas flutuantes. A implementação das ações propostas poderá agregar melhorias como a redução de 15% no desperdício de tempo com movimentação no setor, melhorar o desempenho dos colaboradores em até 40% e diminuir em 20% os riscos de acidentes ocupacionais, contribuindo para o bem-estar dos colaboradores e maior eficiência no processo produtivo.

References

AMAZON. Painel para ferramentas em plástico perfurado – organizador. Disponível em: <https://www.amazon.com.br/PainelParaFerramentasPl%C3%A1sticoPerfurado/dp/B078HMX9FG/ref=asc_df_B078HMX9FG/?tag=googleshopp0020&linkCode=df0&hvadid=574616889118&hvpos=&hvnetw=g&hvrand=3399657789111797874&hvpone=&hvptwo=&hvqmt=&hvdev=c&hvdvcmdl=&hvlocint=&hvlocphy=9102047&hvtargid=pla-1638925570240&psc=1>. Acesso em: 23 out. 2022.

BARBOSA, Rildo Pereira; BARSANO, Paulo Roberto. Segurança do Trabalho Guia Prático e Didático. 2. ed. São Paulo: Saraiva Educação S.A., 2018.

BARBOSA FILHO, A. N. Segurança do trabalho e gestão ambiental. São Paulo: Atlas, 2010.

BUETTGEN, John Jackson. Administração da produção. Indaial: UNIASSELVI, 2012.

CAMISASSA, Mara Queiroga. Segurança e saúde no trabalho: NRs 1 a 36 comentadas e descomplicadas. São Paulo: Método, 2015.

CAMPOS, L. M. F, Administração estratégica: planejamento, ferramentas e implantação. 1. ed. Curitiba: Intersaberes, 2016.

CASE, Thomas A.; MARTINEZ, Mateus A.; MACHARELLI, Filipe W. O trabalho e a relação com os pés, tornozelos e joelhos: um estudo com 2.940 trabalhadores brasileiros. 2017. Disponível em: <https://www.pessemdor.com.br/o-trabalho-e-a-relacao-com-os-pes-tornozelos-e-joelhos/.>. Acesso em: 27 nov. 2022.

CUSTODIO, M. F. Gestão da qualidade e produtividade. São Paulo: Pearson, 2015.

DAYCHOUM, Merhi. 40+20 ferramentas e técnicas de gerenciamento. Rio de Janeiro: Brasport, 2018.

ELLAN. Mesas com Regulagem de Altura. Disponível em:

<https://loja.ellan.com.br/home>. Acesso em: 22 out. 2022.

FERREIRA, G.L.; MORGADO, T.S.V. Melhoria dos processos produtivos através da aplicação das ferramentas de gestão de produção: estudo de caso em uma empresa do ramo de navegação. Curitiba: Brazilian Journal of Development, 2019.

FIGUEIREDO, Luís Henrique Wanderley de. Aplicação dos tipos de layout: uma análise da produção científica. Universidade de Brasilia. Brasília. 2016.

GUIMARÃES, L. B. M, Manual de ergonomia: adaptando o trabalho ao homem. 5. ed. Curitiba: Bookman, 2007.

GOZZI, Marcelo Pupim. Gestão da qualidade em bens e serviços. 1. ed. São Paulo: Pearson Education do Brasil, 2015.

IIDA, Itiro; BUARQUE, Lia. Ergonomia Projeto e Produção. 3. ed. São Paulo: Blucher, 2018.

KAPAZZI ONLINE. Tapete Antifadiga Industrial 80cm x 120cm. Disponível em:

<https://loja.kapazi.com.br/tapete-antifadiga-industrial-80cm-x-120cm/p?idsku=194663&gclid=EAIaIQobChMInr_2idmN-wIVRBvUAR2Nmgh9EAQYAyABEgLHM_D_BwE>. Acesso em: 22 out. 2022.

KRAJEWSKI, L. J; RITSMAN, L. P; MALHOTRA, M. K. Administração de produção e operações. 8. ed. São Paulo: Person, 2009.

LEMES, Giovanni Bugni. Teoria geral da administração. 1. ed. Rio de Janeiro: Clube de Autores, 2018.

MARCONI, Maria de Andrade; LAKATOS, Eva Maria. Fundamentos da metodologia científica. 7. ed. São Paulo: Atlas, 2010.

MARQUES, Vanessa. A importância da saúde e segurança no trabalho. 2020. Disponível em:<https://www.jornalcontabil.com.br/a-importancia-da-saude-e-seguranca-no-trabalho/>. Acesso em: 11 ago. 2022.

NEUMANN, C; SCALICE, R. K. Projeto de Fábrica e Layout. Rio de Janeiro: Elsevier, 2015.

OLIVEIRA, C. L; PIZA, F. T. Segurança e Saúde no trabalho. 3. ed. São Paulo: Difusão, 2016.

OLIVEIRA, Uanderson Redula de. Noções de Ergonomia: conceitos básicos, legislação aplicada, LER/DOR e manuais técnicos. São Paulo: Saraiva Publique-se, 2017.

PAES, E. S.; VILGA, V. F. Gestão de Projetos. Londrina: Editora e distribuidora Educacional S.A, 2016.

PEGATIN, Thiago de Oliveira. Segurança no trabalho e ergonomia. Curitiba: Intersaberes, 2020.

PEREIRA, C. Planejamento de comunicação: conceitos, práticas e perspectiva. 1. ed. Curitiba: Intersaberes, 2017.

POLLI, Michelen. Administração da produção: uma proposta de projeção do uso dos conceitos métodos, e ferramentas para a administração da produção, um estudo de caso na empresa do ramo saneante e veterinário. Lajeado, 2016.

PRODANOV, Cleber Cristiano; FREITAS, Ernani Cesar. Metodologia do trabalho científico: métodos e técnicas da pesquisa e do trabalho acadêmico. 2.ed. Novo Hamburgo: Feevale, 2013.

RODRIGUES, Ana Luzia. Saúde e segurança no trabalho: o que é e qual importância? Disponível em:<https://www.jornalcontabil.com.br/saude-e-seguranca-no-trabalho-o-que-e-e-qual-importancia/>. Acesso em: 11 ago. 2022.

RODRIGUES, M.; MARÇAL, R. F. Projeto de Fábrica e Manutenção Industrial. Santa Catarina: Uniasselvi, 2011.

SANTOS, A. R. M. O ministério do trabalho e emprego e a saúde e segurança no trabalho: aspectos institucionais, sistemas de informação e indicadores. 2. ed. São Paulo: IPEA: Fundacentro, 2012.

SANTOS, M. B. Mudanças Organizacionais: métodos e técnicas para a inovação. 3 ed. Curitiba: Juruá, 2011.

SELEME, R.; STANDLER, H. Controle da qualidade: as ferramentas essenciais. 1. ed. Curitiba: Intersaberes, 2012.

SEVERINO, Antônio Joaquim. Metodologia do Trabalho Científico. 1. ed. São Paulo: Cortez, 2013.

SILVA, Alexandre Pinto da. Ergonomia Interpretando a NR-17: manual técnico e prático para interpretação da norma regulamentadora n.17. São Paulo: LTR, 2019.

TAJRA, Sanmya Feitosa; RIBEIRO, Joana Ramos. Inovação na Prática: Design Thinking e Ferramentas Aplicadas e Startups. [recurso eletrônico]. Rio de Janeiro: Alta Books, 2020.

TREIN, Fabiano André. Análise e melhoria de layout de processo na indústria de beneficiamento de couro. Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Porto Alegre, 2001.

Published

2023-10-30

How to Cite

Rodrigues, E. M., de Souza, G., Gonçalves, R. R., do Vale, R. do R., & da Silva, T. P. (2023). Layout ergonômico e eficiente para o setor de injeção de uma indústria de artefatos plásticos. STUDIES IN ENGINEERING AND EXACT SCIENCES, 4(1), 295–325. https://doi.org/10.54021/seesv4n1-019

Most read articles by the same author(s)