Estabilidade da agregação: indicador da qualidade do solo de grande relevância nas decisões quanto ao uso e ao manejo do solo

Aggregation stability: indicator of soil quality of great relevance in decisions regarding soil use and management

Authors

  • Daniela Aparecida Freitas
  • Felícia Fonseca
  • Tomás de Figueiredo

DOI:

https://doi.org/10.54020/seasv3n3-016

Keywords:

incêndios, agregados dos solos, manejo e conservação dos solos

Abstract

O manejo dos solos impactados pelos incêndios é um dos principais desafios enfrentado atualmente por Portugal. Neste contexto, o estudo de indicadores da qualidade dos solos, como a estabilidade da agregação, tornou-se essencial, pois os mesmos são sensíveis às mudanças provocadas no meio e refletem o seu grau de perturbação. O presente trabalho teve como objetivo analisar áreas ardidas e não ardidas no Distrito de Bragança, Nordeste de Portugal, e avaliar o comportamento da estabilidade da agregação relacionando-a com atributos físicos e químicos do solo. O estudo foi realizado em três áreas de amostragem distintas, Soutelo (ST), Parâmio (PR) e Quintela de Lampaças (QL), afetadas por incêndios, respectivamente, nos anos de 2015, 2016 e 2017. A colheita de amostras de solo realizou-se em zonas vizinhas ardidas e não ardidas, nas profundidades de 0-5 e > 5 cm. Utilizou-se um equipamento denominado estabilizador de agregados com crivos de malha 0,4 mm e crivos de malha 0,25 mm no qual foram estabelecidas duas classes de tamanho de agregados: Classe 0,4 mm e Classe 0,25 mm. Em ST e PR foi avaliado o comportamento da estabilidade dos agregados sob o efeito do fogo, das classes dos agregados e das profundidades, além disso, foi avaliado também a variação temporal da estabilidade da agregação pós fogo. Todo o tratamento estatístico foi efetuado com recurso às ferramentas do software Excel. Como resultado, observou-se que a estabilidade da agregação foi significativamente superior no estado não ardido, na classe 0,25 mm e na profundidade de 0-5 cm. E em relação à variação temporal pós fogo, a área PR, ardida em 2016, foi a que registrou a maior estabilidade. Assim, é notória a importância do estudo da estabilidade da agregação, pois a mesma revela-se como um importante indicador físico da qualidade do solo, de grande relevância nas decisões quanto ao uso e ao manejo do mesmo.

Published

2022-08-12

How to Cite

Freitas, D. A. ., Fonseca, F. ., & Figueiredo, T. de . (2022). Estabilidade da agregação: indicador da qualidade do solo de grande relevância nas decisões quanto ao uso e ao manejo do solo: Aggregation stability: indicator of soil quality of great relevance in decisions regarding soil use and management. STUDIES IN ENVIRONMENTAL AND ANIMAL SCIENCES, 3(3), 680–692. https://doi.org/10.54020/seasv3n3-016