A importância das matas ciliares: um estudo de florística e fitossociologia

Authors

  • Daniela Aparecida Freitas

DOI:

https://doi.org/10.54020/seasv4n1-005

Keywords:

mata ciliar, florística e fitossociologia, plano de manejo sustentável

Abstract

O trabalho teve como objetivo principal o estudo da florística e da fitossociologia das Matas Ciliares do Parque Estadual da Lapa Grande em Montes Claros no norte do estado de Minas Gerais. As áreas de mata ciliar foram amostradas lançando-se em cada trecho identificado em mapas temáticos e indicados pela gerência da unidade de conservação, parcelas de 20x20 m (400 m²), obtendo 24 unidades amostrais, totalizando um hectare amostrado. Foram amostrados todos indivíduos lenhosos, vivos com diâmetro a 1,30 m do solo (DAP) acima de 3 cm. A coleta de dados baseou-se na medição do DAP e a obtenção da altura total foi estimada visualmente, também foram coletadas amostras botânicas dos indivíduos. Com especificidade, avaliou-se a caracterização florística da área, a estrutura vertical e horizontal da vegetação por meio da utilização de parâmetros como abundância, densidade absoluta, dominância, área basal, cobertura, frequência, agregação, riqueza de espécies, raridade, diversidade de espécies, equabilidade, similaridade, índice de valor de importância e o índice de valor de cobertura. Desse modo, o estudo colaborou-se para a caracterização das Matas Ciliares para que planos de manejos sustentáveis possam ser feitos para estas formações florestais.

References

BERG, E. V. D.; FILHO, A. T. O. Composição florística e estrutura fitossociológica de uma floresta ripária em Itutinga, MG, e comparação com outras áreas. Revista brasil. Bot., São Paulo, V.23, n.3, p.231-253, 2000.

CARVALHO, F. N. Recomendações para o planejamento de uso publico em unidades de conservação. Belo Horizonte-MG, IEF/IBAMA/Fundação Biodiversitas/GFA/IF – GTZ, 7p, 2005.

DURÃES, M. C. O. Estrutura e variação florística da comunidade arbórea-arbustiva de uma floresta ciliar do Córrego dos Bois, Parque Estadual Lapa Grande,Montes Claros/ MG, ICA/UFMG, 2011.

MARTINS, S. V. Recuperação de matas ciliares. Viçosa: Aprenda Fácil, p.143, 2001.

VILELA, E. A.; OLIVEIRA-FILHO, A. T.; CARVALHO, D. A.; GAVILANES, M. L. Fitossociologia e fisionomia de mata semidecídua margeando o reservatório de Camargos em Itutinga, Minas Gerais. Ciência e prática, v. 18, n. 4, p. 415-424, 1994.

Downloads

Published

2023-03-22

How to Cite

Freitas, D. A. (2023). A importância das matas ciliares: um estudo de florística e fitossociologia. STUDIES IN ENVIRONMENTAL AND ANIMAL SCIENCES, 4(1), 65–70. https://doi.org/10.54020/seasv4n1-005