Ética e responsabilidade social: uma perspectiva responsável

Authors

  • Vellyan José dos Santos Ferreira
  • Marcello Pires Fonseca
  • Francisco Lucio Pinto de Lima
  • Eliane Gonçalves Craveiro
  • Marinilson Rodrigues da Silva
  • Sergio da Silva Pessoa
  • Viviane da Silva Costa Novo Moçambite
  • Wlademir Leite Correia Filho

DOI:

https://doi.org/10.54033/cadpedv21n5-145

Keywords:

Ética, Responsabilidade Social, Organizações, Contribuições

Abstract

O presente estudo tem como principal propósito investigar o papel da ética e da responsabilidade social no contexto das organizações contemporâneas. Para atingir esse objetivo, uma extensa pesquisa bibliográfica foi realizada, compreendendo uma análise detalhada de obras e textos de renomados autores, além de artigos científicos e teses pertinentes ao tema. Os materiais selecionados foram criteriosamente extraídos de plataformas acadêmicas como scielo e google acadêmico, garantindo a qualidade e relevância das fontes utilizadas. A análise efetiva desses recursos proporcionou uma visão abrangente dos estudos relacionados à ética e responsabilidade social em seu contexto empresarial atual, revelando suas implicações e contribuições. Verificou-se que a prática desses valores não apenas beneficia as organizações em si, mas também são responsáveis por impactos positivos na comunidade local, na sociedade em geral e em seus clientes. Uma das conclusões destacadas é que a adoção de práticas éticas e responsáveis não é apenas uma questão de cumprimento de normas e regulamentos, mas também uma estratégia inteligente para o sucesso sustentável das organizações. Além de promover a confiança e a credibilidade junto aos stakeholders, essas práticas têm o potencial de gerar vantagens competitivas, fortalecendo a imagem da empresa e favorecendo sua perenidade no mercado. Assim, a pesquisa valida a relevância e o impacto positivo da prática ética e responsabilidade social no contexto empresarial moderno, ao evidenciar os amplos benefícios associados a essas práticas, utilizando se como um incentivo para uma reflexão mais profunda e uma ação proativa por parte das organizações, visando um futuro mais ético, sustentável e socialmente responsável para todos os envolvidos.

References

ALBUQUERQUE, J.D. Gestão ambiental e responsabilidade social: ideias, ferramentas e formulários. São Paulo: Atlas, 2009.

AZEVÊDO, I.P. Responsabilidade social corporativa: benefícios para a sociedade gerando lucrativo para as empresas. No IX Congresso Nacional de Excelência em Gestão, Vol. 20, 2013.

AZIM, M.T. Responsabilidade Social Corporativa e Comportamento funcionário: papel mediador do comprometimento organizacional. Revista brasileira gestão de negócios, 2016.

BAPTISTA, H.C. Adoção da responsabilidade social pelas micro e pequenas e médias empresas portuguesas: uma analisar entidades em dois distritos de Bragança e Vila Real, 2015.

CABRAL, A.R, & RAMOS, G.Â. Responsabilidade social corporativa: Hum estudar de um caso em uma microempresa do Distrito Federal. Negócios em Projeção, 9 (2), 30-43, 2018.

CHIAVENATO, Idalberto. Administração de novos tempos: novos horizontes em administração. Na Administração em novos tempos: novos horizontes na administração, 2015.

CHIAVENATO, Idalberto. Recursos Humanos – O Capital Humano das Organizações – 11ª Ed. | 2020.

DIAS, R. Gestão Ambiental: responsabilidade social e sustentabilidade. 2ª edição. Atlas, 2011.

GERMANO, F.D, CARON, A., & PONCHIROLLI, O. Interdependência: lucro, ética, responsabilidade social e estratégias você dá organizações. Caderno PAIC, 21 (1), 2020.

INSTITUTO ETHOS DE EMPRESAS E RESPONSABILIDADE SOCIAL - ETHOS. Guiado para elaboração do relatório de equilíbrio social e sustentabilidade. Coord. Ana Lúcia de Mello Custódio e Renato Moya, Instituto Ethos, 2007.

MAXIMIANO, ACA. Teoria Administração Geral: a revolução urbana revolução digital. 6. Ed.-5. Reimprimir São Paulo: Atlas, 2009.

MAXIMIANO, ACA. Teoria Administração Geral: a revolução urbana revolução digital. 8. Ed.-5. Reimprimir São Paulo: Atlas, 2018.

PARRA, Mário da Silva. ISO 26000: da ética à responsabilidade social. Cadernos de

Economia, abril de 2013.

QUEIROZ, A.D.S.L e PIMENTEL, R.C. Responsabilidade social corporativa seu compromisso com o desenvolvimento social local. Brasileiro Diário de Desenvolvimento,6, 2020. DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n12-231

RODRIGUES, M. G. Qualidade, Sustentabilidade e Responsabilidade Social Corporativa. Revista Brasileira de Administração Científica, v.4, n.1, p.144-154, 2013. DOI: https://doi.org/10.6008/ESS2179-684X.2013.001.0009

SANTANA, T.P e OLIVEIRA, Y.L. Os benefícios da Responsabilidade Social Negócio: uma analisar organizações municipais baiano de Vitória da Conquista. Cadernos de Ciências Membros Aplicado, 2017.

SALES, MM, de Freitas FONSECA, J.C, & SILLA, B.C. Uma perspectiva crítica dá responsabilidade sociais corporativos: histórico, prático correntes e controvérsias. Pretextos-Revista da Graduação em Psicologia da PUC Minas, 4 (8), 2019.

SILVA, DSD, Rolin, GO, MARANHÃO, RCDA, & GONÇALVES, PA. Contribuição da logística reversa para responsabilidade social corporativa. Revista Mangaio Acadêmico, 2 , 2017.

TRANSFERETTI, J. Ética e responsabilidade sociais. Alinhar Editor. 2006.

Published

2024-05-20

How to Cite

Ferreira, V. J. dos S., Fonseca, M. P., Lima, F. L. P. de, Craveiro, E. G., Silva, M. R. da, Pessoa, S. da S., Moçambite, V. da S. C. N., & Correia Filho, W. L. (2024). Ética e responsabilidade social: uma perspectiva responsável. Caderno Pedagógico, 21(5), e4371. https://doi.org/10.54033/cadpedv21n5-145

Issue

Section

Articles