Avaliação do uso de óleo de girassol ozonizado no controle de verminoses gastrointestinais em ovinos

Authors

  • Mariza Fordellone Rosa Cruz
  • Ana Luiza Dalava Carone
  • Maria Carolina Pansanato José
  • Ellen de Souza Marquez
  • Bruna Fernanda Firmo
  • Diego Resende Rodrigues
  • Julia Diehl Marcio
  • Luciane Holsback
  • Flavia Debiagi

DOI:

https://doi.org/10.54033/cadpedv21n5-124

Keywords:

Ozônio, Ozonioterapia, Ovinocultura, Doenças dos Ovinos, Helmintíase, Contagem de Ovos (OPG)

Abstract

A ovinocultura é uma importante fonte de renda para produtores, na qual o controle dos parasitas gastrointestinais é um desafio na produção. Desta forma, novas tecnologias estão sendo estudadas de forma a contribuir com o controle dessas parasitoses e dentre elas está a ozonioterapia. O objetivo do estudo foi avaliar o uso do óleo de girassol ozonizado no controle das verminoses em ovinos. Foram utilizados 48 ovinos, dividos em 4 grupos de tratamento: grupo 1 – controle, grupo 2 – 3 ml de óleo de girassol ozonizado via oral, grupo 3- 6 ml de óleo de girassol ozonizado via oral e grupo 4 – vermífugo (Levamisol injetável). Foi realizado o número de ovos por grama de fezes do animal nos dias D0, D14, D28 e D42 e o tratamento realizado nos dias D0 e D28. Foi possível constatar que os animais que receberam óleo de girassol ozonizado tiveram redução da carga parasitária, com um resultado mais expressivo nos animais do grupo 3, que receberam 6 ml do óleo, concluindo que a ozonioterapia se mostrou eficaz. A ozonioterapia se mostrou viável com facilidade de aplicação, com grande potencial de ser empregada na produção animal com perspectivas encorajadoras para se tornar a principal forma de eliminação de ovos de helmintos. Estudos futuros são necessários para complementar os resultados apresentados e determinar as doses e número de aplicações necessárias para a ação antiparasitária do óleo de girassol ozonizado, bem como análise molecular a fim de acompanhar a possibilidade de resistência à terapia.

References

BOCCI, V. Autohaemotherapy after treatment of blood with ozone. A repraissal. J. Int. Med. Res., v.22, p.131-144, 1994.

BOCCI, V. Scientific and Medical Aspects of Ozone Therapy. State of The Art. Archieves of Medical Research: 37, 425-435, 2006.

BOCCI, V.; VALACCHI, G. Nrf2 activation as target to implement therapeutic treatments. Frontires in Chemistry: 3, 1 –6, 2015

BORGES GA; ELIAS ST; SILVA, SMM; MAGALHÃES PO; MACEDO, SB; RIBEIRO, APD; GJERRA, EN. In vitroevaluation of wound healing and antimicrobial potential of ozonetherapy. Journal of Cranio-Maxillo-Facial Surgery: 45(3), 364-370, 2017

BORGES L; OLIVEIRA A L; MENDONÇA LR et al. Resistência anti-helmíntica em rebanhos caprinos nos biomas Caatinga e Mata Atlântica Pesq. Vet. Bras. 35(7):643-648, julho 2015.

BASILE RC; BACCARIN RY. A ozonioterapia em animais domésticos: conceitos básicos e diretrizes. ARS Veterinaria, Jaboticabal, SP, v.38, n.4, 199-207, 2022.

BRITO B, ROIER, EECR, LEMOS FO, SANTOS FILHO M. Aplicação da ozonioterapia na clínica de pequenos animais: vias de administração, indicações e efeitos adversos: Revisão. PUBVET, Londrina, v.15, n.07, 2021.

FERREIRA DOL. Modelo experimental de urolitíase em ovinos: estudo clínico, laboratorial e hemogasométrico. 2013. 199f. Tese (doutorado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Botucatu, SP.

FONTES B, HEIMBECKER, AMC; BRITO GS; COSTA S.F; HEIJDEN IM; LEVIN AS; RASSLAN S. Effect of low-dose gaseous ozone on pathogenic bacteria. BMC Infectious Diseases 12: 358, 6, 2012

GORDON HM, WHITLOCK HV. A new technique for counting nematode eggs in sheep feces. J. Council Sci Ind Res. 1939;12(1):50-2.

KOWALSKI, W. J.; BAHNFLETH, W. P.; WITTAN, T. S. Bactericidal effects of High Airbone Ozone Concentrations on Escherichia coli and Staphylococcus aureus. Ozone Science & Engineering, U.S.A., v. 20, p. 205 – 22, abril 1998.

MCCONNEL, T. The Definitive Guide to Understanding Ozone. Ozone Solutions.2012. 24 p

MOLENTO MB ; VERÍSSIMO A.T; AMARANTE, J.A.;VAN WYK ACS; CHAGAS; ARAÚJO,JV; BORGES FA .Alternativas para o controle de nematoides gastrintestinais de pequenos ruminantes Arq. Inst. Biol., São Paulo, v.80, n.2, p.253-263, abr./jun., 2013

MOREIRA, LH, FIGUEIREDO, TFB, ALVES, L. P., FERNANDES, A. B., ZÂNGARO, R. A., MENDES, A. L. S; LIMA, C. J. Effect of Ozone as Acaricide: Action of the Ozone on the Cuticle and Respiratory Spiracle of Tick Rhipicephalus sanguineus sensu lato. Ozone: Science & Engineering, 40(3):183-190 ,2017.

OLIVEIRA, SN, FARIA, HAB, SANTOS, AFC, MAGALHÃES, MP, BORGHESI, J., SILVA, M. V. M. A utilização da ozonioterapia na medicina veterinária no processo de cicatrização de ferida aberta. Revista Saúde-UNG-Ser, Guarulhos, v.13, n.35, 2019.

PENIDO, B.R., LIMA, C.A. e FERREIRA, L.F.L. Aplicações da ozonioterapia na clínica veterinária. PUBVET, Londrina, V. 4, N. 40, Ed. 145, Art. 978, 2010.

RAMOS CI; BELLATO V; ÁVILA VS; COUTINHO GC; SOUZA AP. Resistência de parasitos gastrintestinais de ovinos a alguns anti-helmínticos no Estado de Santa Catarina, Brasil.Ciência Rural, Santa Maria, v.32, n.3, p.473-477, 2002

RE L. Rectal administration and its application in ozone therapy. International Journal of Ozone Therapy:11, 41-49, 2012

RODRIGUES, D. Análises estatisticas (2024). Laboratório de Bioinformática UENP-CLM.Paraná-Brasil.

SCIORSCI RL; LILLO E; RIZZO A. Ozone therapy in veterinary medicine: A review. Research in Veterinary Science, 2019

SHARMA M; HUDSON J. Ozone gas is an effective and practical antibacterial agent. American Journal of Infection Control: 36, 559-563, 2008.

VELÁSQUEZ, MTO, MARTÍNEZ, JL, MONJE–RAMÍREZ, I. ROJAS VALENCIA, MN. Destruction of helminth (Ascaris suum) eggs by ozone. Ozone: Science and Engineering, 26359–26366, 2004.

ROEBER F, JEX AR, GASSER, RB. Impact of gastrointestinal parasitic nematodes of sheep, and the role of advanced molecular tools for exploring epidemiology and drug resistance - an Australian perspective. Parasites Vectors 6, 153 (2013).

SALGADO J A; SANTOS C P. BRAZ. J. Vet. Parasitol., Jaboticabal, v. 25, n. 1, p. 3-17, jan-mar. 2016

SOUZA, DS, MACIEL, AM, OTENIO, MH et al. Optimization of Ozone Application in Post-Treatment of Cattle Wastewater from Organic Farms. Water Air Soil Pollut 231, 362 (2020).

SOUZA, TIM. et al. Ação da mistura oxigênio-ozônio sobre parasitas intestinais de ovinos e caprinos. PUBVET, Londrina, V. 4, N. 29, Ed. 134, Art. 910, 2010.

ZANARDI I., BORRELI E.; VALACHI G; TRAVAGLI, V; BOCCI, V. Ozone: A multifaceted molecule with unexpected therapeutic activity. Current Medicinal Chemistry 23, 304-314, 2016.

Published

2024-05-16

How to Cite

Cruz, M. F. R., Carone, A. L. D., José, M. C. P., Marquez, E. de S., Firmo, B. F., Rodrigues, D. R., Marcio, J. D., Holsback, L., & Debiagi, F. (2024). Avaliação do uso de óleo de girassol ozonizado no controle de verminoses gastrointestinais em ovinos. Caderno Pedagógico, 21(5), e4317. https://doi.org/10.54033/cadpedv21n5-124

Issue

Section

Articles