Avaliação comparativa do nível de glicose em cães e gatos pelo método de glicosímetro portátil e método laboratorial

Authors

  • Mariza Fordellone Rosa Cruz
  • Ana Luiza Dalava Carone
  • Maria Carolina Pansanato José
  • Ellen de Souza Marquez
  • Bruna Fernanda Firmo
  • Diego Resende Rodrigues
  • Flavia Debiagi
  • Celmira Calderón
  • Julia Diehl Marcio

DOI:

https://doi.org/10.54033/cadpedv21n5-123

Keywords:

Animais de Companhia, Controle Glicêmico, Monitoramento Domiciliar de Glicemia, Sangue

Abstract

A mensuração da glicose faz parte da rotina clínica os médicos veterinários, devido a sua importância para detecção de muitas alterações fisiológicas e patológicas. Os aparelhos portáteis para glicemia vêm sendo amplamente utilizados recentemente por sua facilidade e resultado imediato, porém muitos deles foram projetados para mensurar a glicose em humanos e não em animais, portanto o objetivo dessa pesquisa foi avaliar a confiabilidade dos resultados obtidos com o glicosímetro Accu Chek® Guide em comparação com o exame laboratorial bioquímico automático. Foram coletadas amostras sanguíneas de 50 caninos para a pesquisa, tanto machos, quanto fêmeas, todos em condições corporais hígidas, nas idades de 6 meses a 8 anos de idade. Dentre os 50 animais, 19 estavam no Centro de Controle de Zoonoses, em Sorocaba – SP, três eram pacientes do Hospital Veterinário da Universidade Estadual do Norte do Paraná, em Bandeirantes e 28 animais cujos tutores permitiram a participação na pesquisa. Após a realização das analises comparando-se o método portátil com o metodo bioquimico automático laboratorial, a análise estatística dos dados apontou que houve diferença de 7,96% entre os dois tipos de mensuração, porém o resultado não induz a tratamento ou diagnóstico errôneo, visto que está dentro da margem de segurança preconizada pela Associação Americana de Diabetes (15% de variação) e a FDA/ Food and Drug Administration (20% de variação). Portanto o aparelho glicosímetro Accu Chek® Guide pode ser utilizado com segurança esta margem pode assegurar a qualidade desse produto, indicando que este modelo de glicosímetro portátil pode ser utilizado na rotina clínica e para coleta de dados, tendo como vantagem o baixo custo e a agilidade em relação ao método laboratorial. Este aparelho testado pode ser utilizado na rotina clínica de veterinários, esta margem apresentada não irá causar erros diagnósticos em relação às alterações metabólicas, possíveis doenças, ou condutas clínicas

References

ALEIXO, G. A. S. Mensuração da glicemia em cães mediante a utilização do glicosímetro portátil: comparação entre amostras de sangue capilar e venoso. Medicina Veterinária, Pernambuco, v. 1, n. 1, p. 9-13, 2007.

ALEIXO, G. A. S.; COELHO, M. C. O. C.; GUIMARÃES, A. L. N.; ANDRADE, M. B.; LOPES, C. G..; SILVA, R. A. de A.; CAVALCANTI, H. B. Fatores que podem invalidar os resultados da mensuração dos níveis glicêmicos em cães utilizando o glicosímetro portátil. Ciência Animal Brasileira, Goiânia, v. 7, n. 4, p. 447-454, 2006.

BATISTA, K. A. S.; SANTOS, C. B.; SHIHADEH, M. S. S.; TOLEDO, D. R.; LANDA, E. D.; MENDES, P. F. Fisiologia e histopatologia do pâncreas na diabetes mellitus canina: Revisão. Pubvet, v. 15, p. 188, 2021.

BLUWOL, K.; DUARTE, R.; LUSTOZA, M. D.; SIMÕES, D. M. N.; KOGIKA, M. M. Avaliação de dois sensores portáteis para mensuração da glicemia em cães. Arquivo Brasileiro de Medicina Veterinária e Zootecnia. São Paulo, v. 59, n. 6, p.1408-1411, 2007.

BRIGGS, A. L.; CORNELL, S. Self-monitoring blood glucose (SMBG): now and the future. Journal of Pharmacy Practice, USA, v.17, p. 29-38, 2004.

CASELLA, M. Home monitoring of blood glucose by owners of diabetic cats and dogs: tecnicalproblems and evaluation of differences between homeand hospital blood glucose curves. 2003. 44 f. Tese (Doutorado em Medicina Veterinária) – Universidadede Zurich, Zurich, 2003.

CLARKE, W.L.; COX, D.; GONDER-FREDERICK, L. A.; CARTER, W.; POHL, S. L. Evaluating clinical accuracy of systems for self-monitoring of blood glucose. Diabetes Care, USA, v. 10, p. 622-628, 1987.

COHN, L. A.; MCCAW, D. L.; TATE, D. J.; JOHNSON, J. C. Assessment of five portable blood glucose meters, a point-of-care analyzer, and color test strips for measuring blood glucose concentration in dogs. Journal of the American Veterinary Medical Association, USA, v. 216, n. 2, p. 198-202, jan. 2000.

CORRÊA, M. N.; GONZÁLEZ, F. H. D.; SILVA, S. C. Transtornos metabólicos nos animais domésticos. 2.ed. Pelotas: Universitária, 2010. 520 p.

COURA, F. M.; LOPES, M. C.; LEME, F. O. P.; VAL, A. P. C. interferência do hematócrito sobre o desempenho de dois glicosímetros veterinários em cães. Ars Veterinaria, v. 36, n. 1, p. 47-51, 2020.

CUNNINGHAM, J. Tratado de fisiologia veterinária. 6. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2021.

HIGBIE, C. T.; ESHAR, D.; BELLO, N. M. Evaluation of three point-of-care meters and a portable veterinary chemistry analyzer for measurement of blood glucose concentrations in black-tailed prairie dogs (Cynomys ludovicianus). American Journal of Veterinary Research. International diabetes federation. Idf diabetes atlas - 7th edition, 76(6), 532–539, 2015.

JENNINGS, R.; PREMANANDAN, C.; DUFFY, A.; MILLER, A.; SHIFLET, M.; RHODES-DISALVO, M.; HSIAO, J.; KENDZIORSKI, J.; CIANCIOLO, R.; WILKIE, D.; WONG, A.; LIN, M.; VOJT, T. Veterinary Histology. Ontário: Ohio State University Libraries, 2017.

JOHNSON, R. N.; BAKER, J. R. Error detection and measurement in glucose monitors. Clínica Chimica Acta, Nova Zelândia, v. 307, p. 61-67, 2001.

JOSÉ, M.C.P. (2024). Imagens, adaptação de tabelas JOHNSON, R. N.; BAKER, J. R (2001)

KONING, H. E.; LIEBIECH, H. G. Anatomia dos animais domésticos texto e atlas colorido, 6. ed. Porto Alegre: Artmed. Marcato, J. A., 2011.

KUMAR, G.; LEONG, B.; KUMAR, S.; Correlation of capillary and venous blood glucometry with laboratory determination. Prehospital Emergency Care, USA, v. 8, n. 4, p. 378 – 383, 2004.

MIGLIORINI, R. H.; KETTELHUT, I. C. O pâncreas endócrino. In: AIRES, M. M. Fisiologia. 2ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan,1999. cap. 71, p. 842-854.

NEGRATO, C.; ZAJDENVERG, L. Esclarecimentos quanto à metodologia utilizada nos monitores de glicemia capilar (glicosímetros) e erros mais frequentes na prática clínica. Sociedade Brasileira de Diabetes, São Paulo, 2012.

NELSON, R. W. Beta-cell neoplasia: insulinoma. In: FELDMAN, E. C.; NELSON R. W. Canine and feline endocrinology and reproduction. 4 ed. Phildelphia: W. B. Saunders, 2015. p. 348-375.

PARKES, J. L.; SLATIN, S. L.; PARDO, S.; GINSBERG, B. H. A new consensus error grid to evaluate the clinical significance of inaccuracies in the measurement of blood glucose. Diabetes Care, USA, v. 23, p.1143–1148, 2000.

PASCALI, P. M. Monitorização da glicemia capilar. BD Terapêutica em Diabetes, local, n. 31, p. 4-5, 2004.

PICA, C. Q.; MENEZES, J. R.; ALBERTAZZI, J. R. A.; CAMIÑA, R. M. Avaliação comparativa de glicosímetros portáteis através de curva glicêmica induzida. Congresso Brasileiro de Metrologia, Brasil, v. 3, p. 1-7, 2003.

POPPL, A. G. Estudos clínicos sobre os fatores de risco e a resistência à insulina na diabetes mellitus em cães. Acta Scientiae Veterinariae, Porto Alegre, v. 33, p. 33-40, 2013.

RODRIGUES, D. Análises estatisticas (2024). Laboratório de Bioinformática UENP-CLM.Paraná-Brasil.

RSTUDIO TEAM. RStudio: Integrated Development for R, Version 2021.09.0 Build 351. Rstudio, Boston, 2023

SILVA JÚNIOR, J. W.; MURGAS, L. D. S; VALÉRIO, A. G.; MEDEIROS, G. C; VIANA, R.; LIMA, L. M. S. Digestibilidade de dietas com diferentes fontes de carboidratos e sua influência na glicemia e insulinemia de cães. Ciência e Agrotecnologia, Lavras, v. 29, n.2, p. 436–443, 2005.

WESS. G.; REUSCH, C. Evaluation of five portable blood glucose meters for use in dogs. Journal of the American Veterinay Medical Association, USA, v. 216, n. 2, p. 203-209, 2000.

Published

2024-05-15

How to Cite

Cruz, M. F. R., Carone, A. L. D., José, M. C. P., Marquez, E. de S., Firmo, B. F., Rodrigues, D. R., Debiagi, F., Calderón, C., & Marcio, J. D. (2024). Avaliação comparativa do nível de glicose em cães e gatos pelo método de glicosímetro portátil e método laboratorial. Caderno Pedagógico, 21(5), e4308. https://doi.org/10.54033/cadpedv21n5-123

Issue

Section

Articles