Avaliação da inserção do CCIP (cateter central de inserção periférica) em uma unidade de terapia intensiva neonatal

Authors

  • Nélia Cristiane Almeida Caldeira
  • Natasha Lunara Machado e Silva
  • Hannah Gabrielle de Siqueira
  • Rejane Urcino Figueiró Pereira dos Santos
  • Aline Oliveira Silveira
  • Priscila Antunes de Oliveira
  • Patrícia Maria da Silva Gusmão
  • Adriana Santos Sousa Ribeiro

DOI:

https://doi.org/10.54033/cadpedv21n5-120

Keywords:

Cateter Central de Inserção Periférica, Unidade de Terapia Intensiva Neonatal, Recém-nascido, Enfermagem Neonatal

Abstract

INTRODUÇÃO: A primeira alternativa de acesso venoso prolongado, seguro e eficaz para a terapia intravenosa no período neonatal é o Cateter Central de Inserção Periférica (CCIP). Para manter a inserção e a manutenção do CCIP alinhadas às boas práticas, as enfermeiras da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Neonatal de um hospital escola do DF (Distrito Federal) vem registrando o procedimento em um checklist específico. OBJETIVO: Avaliar a inserção dos CCIPs a partir do levantamento dos dados registrados em uma UTI Neonatal do DF. MÉTODO: Trata-se de um estudo retrospectivo quantitativo com delineamento transversal. O estudo foi realizado em um Hospital Escola do DF, com avaliação de registros de inserção do CCIP no período de julho de 2021 a setembro de 2022. Os dados foram digitados e tabulados através do aplicativo Jamovi e submetidos à análise crítica dos resultados. RESULTADOS: O estudo mostrou que a adesão ao preenchimento  do checklist  precisa ser melhorada e que o mesmo precisa ser revisado. A técnica de inserção do CCIP  precisa ser revista, garantindo a minimização de riscos. As ações  quanto à localização ideal da ponta devem ser otimizadas, para evitar as complicações decorrentes do mau posicionamento. CONSIDERAÇÕES FINAIS: Possibilitou conhecer a realidade que envolve a prática do uso do CCIP. Alertou para a reflexão e revisão da prática atual, apesar da limitação devido à falha no preenchimento dos checklists.Recomenda-se que pesquisas sobre esta temática sejam  feitas na unidade periodicamente, no intuito de conhecer a realidade sobre o uso do CCIP e de mantê-la adequada às melhores práticas.

References

BAGGIO, M.A.; BAZZI, F.C.S.; BILIBIO, C.A.C. Cateter central de inserção periférica: descrição da utilização em UTI Neonatal e Pediátrica. Rev Gaúcha Enferm., Porto Alegre (RS) 2010 mar; 31(1):70-6. Disponível em:http://seer.ufrgs.br/index.php/

BARBOSA, MARIA TERESA DE SOUZA ROSA et al. Indicadores de qualidade na assistência de terapia intravenosa em um hospital universitário: uma contribuição da enfermagem/Quality indicators in support of intravenous therapy in a university hospital: a contribution of nursing/Indicadores de calidad en apoyo de la terapia intravenosa en un hospital universitario: una contribución de la enfermería. Revista de Pesquisa, Cuidado é Fundamental Online, Rio de Janeiro, v. 7, n. 2, p. 2277-2286, Apr 2015.

BRASIL. Ministério da Saúde. Principais questões sobre inserção e manuseio de cateteres em unidade neonatal.Portal de Boas Práticas em Saúde da Mulher, da Criança e do Adolescente. 2018. Disponível em: https://portaldeboaspraticas.iff.fiocruz.br/atencao-recem-nascido/principais-questoes-sobre-insercao-e-manuseio-de-cateteres-em-unidade-neonatal/. Acesso em: 10 set. 2022.

CAMARGO, Patrícia Ponce de. Efetividade analgésica da combinação da oferta oral de glicose 25% e sucção não nutritiva na inserção do cateter percutâneo em neonatos: ensaio clínico randomizado de superioridade. 2013. Tese (Doutorado em Cuidado em Saúde) - Escola de Enfermagem, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2013. DOI: 10.11606/T.7.2013.tde-14072014-085830. Acesso em: 2023-04-14.

CARNEIRO, T.A.; NOBRE, K.S.S.; FONTENELE, F.C.; FAÇANHA, A.P.M.; FERREIRA, R.P. Peripherally inserted central catheter in newborns: association of number of punctures, vein, and tip positioning. Rev. esc. enferm. USP [Internet]. 2021;55:e20210043. Available from: https://doi.org/10.1590/1980-220X-REEUSP-2021-0043

CHENG, H.Y; LU, C.Y.; HUANG, L.M.; LEE, P.I.; CHEN, J.M.; CHANG, L.Y. Increased frequency of peripheral venipunctures raises the risk of central-line associated bloodstream infection in neonates with peripherally inserted central venous catheters. J Microbiol Immunol Infect. 2016;49(2):230-6. DOI: https://dx.doi.org/10.1016/j.jmii.2014.06.001

CONSELHO FEDERAL DE ENFERMAGEM (COFEN). Resolução COFEN 258/2001. Inserção de cateter periférico central pelos enfermeiros [Internet]. São Paulo; 2001. Disponível em: http://www.cofen.gov.br/resoluo-cofen-2582001_4296.html

COSTA, P.; KIMURA, A.F.; VIZZOTTO, M. de P.S.; CASTRO, T.E. de; WEST, A; DOREA, E. Prevalência e motivos de remoção não eletiva do cateter central de inserção periférica em neonatos. Rev. Gaúcha Enferm. [Internet]. 2012 Sep; 33(3):126–33. Disponível em: https://doi.org/10.1590/S1983-14472012000300017

COSTA, P.; BUENO, M.; OLIVA, C.L.; CASTRO, T.E.; CAMARGO, P.P.; KIMURA, A.F. Analgesia e sedação durante a instalação do cateter central de inserção periférica em neonatos. Rev esc enferm USP [Internet]. 2013 [cited 2023 Abr 15]; 47(4):801-7. Available from: http://www.scielo.br/pdf/reeusp/v47n4/0080-6234-reeusp-47-4-0801.pdf DOI: 10.1590/S0080-623420130000400005

DÓREA, E; DE CASTRO, T.E.; COSTA, P.; KIMURA, A. F.; DOS SANTOS, F.M. Práticas de manejo do Cateter Central de Inserção Periférica em uma unidade neonatal. Rev Bras Enferm; 2011 nov-dez 64(6):997-1002.

GOLDWASSER, B.; BAIA, C.; KIM, M.; TARAGIN, B.H.; ANGERT, R.M.. Non-central peripherally inserted central catheters in neonatal intensive care: complication rates and longevity of catheters relative to tip position. Pediatr Radiol. 2017;47:1676-81. DOI: https://dx.doi.org/10.1007/ s00247-017-3939-1.

GORSKI L, HADAWAY L, HAGLE ME, MCGOLDRICK M, ORR M, DOELLMA D. Infusion Therapy Standards of Practice. J Infus Nurs[Internet]. 2016 [cited 2023Apr14];39(1S):S1-1S59. Available from: https://source.yiboshi.com/20170417/1492425631944540325.pdf

INFUSION NURSES SOCIETY BRASIL. Diretrizes práticas para a terapia intravenosa. São Paulo; 2008.

INFUSION NURSES SOCIETY BRASIL. Manual de PICC - Peripherally Inserted Central Catheter / Organizadoras: Maria de Jesus Castro Sousa Harada, Aline Nair Biaggio Mota. São Paulo, 2017. 96 p.

LI, R.; CAO, X.; SHI, T.; XIONG, L. Application of peripherally inserted central catheters in critically ill newborns experience from a neonatal intensive care unit.Medicine.2019;98(32):e15837.DOI:http://dx.doi.org/10.1097/MD.0000000000015837

MARGOTTO, P. R.. Assistência ao recém-nascido de risco. Brasília, 2021.

MOUREAU, N.L. Vessel health and preservation: the right approach for vascular access. Cham: Springer International Publishing; 2019. https:// doi.org/10.1007/978-3-030-03149-7

NOBRE K.S.S., CARDOSO M.V.L.M.L, TEIXEIRA J.L., LOPES M.M.C.O., FONTENELE F.C.. Utilização de Cateter Central de Inserção Periférica em Unidade Neonatal: um estudo descritivo. OBJN, 2016. Disponível em: https://objnursing.uff.br/index.php/nursing/article/view/5420

PIRES A.B.M., LIMA A. F. C. Custo direto da passagem de cateter central de inserção periférica por enfermeiros. Rev. Bras. Enferm. 2019. Disponível em: https://www.scielo.br/j/reben/a/nmRWrDGk5MxXQpZ6JPwjTQt/?lang=pt

PRABHA, L., KHAN, A., GALAL, l. M., SABA, Y.E., SENTHIKUMAR, K.. Central venous catheter-induced cardiac arrhythmias in neonates. In: Lakshmanadoss U, (Ed.). Cardiac arrhythmias. London: InTech Open; 2018. https://www.intechopen.com/chapters/60324

PRADO NCC, SILVA RAR, COSTA 2HS, DELGADO MF. Remoção não eletiva do cateter central de inserção periférica em unidade neonatal. Rev. Eletr. Enf., 2018. Disponível em: https://revistas.ufg.br/fen/article/view/45559

RANGEL, R.J.M. et al. Practice of Insertion, Maintenance and Removal of Peripheral Inserted Central Catheter in Neonates. Revista de Pesquisa, Cuidado é Fundamental Online, Rio de Janeiro, v. 11, n. 2, p. 278-284, Jan 2019. Disponível em: http://seer.unirio.br/index.php/cuidadofundamental/article/view/6425/pdf

REIS, A.T.; SANTOS, S.B.I.; BARRETO, J.M.; SILVA, G.R.G.D. O uso do cateter epicutâneo na clientela neonatal de um hospital público estadual:estudo retrospectivo . Rev. enferm. UERJ; 2011 out-dez 19(4): 592-597.

RODRIGUES FILHO, G.S.; WENTER, M.; GASPAR, F.M.. Cateter Central de Inserção Periférica na Unidade de Terapia Intensiva Neonatal. In : Associação Brasileira de Enfermagem, Associação Brasileira de Obstetrizes e Enfermeiros Obstetras; MORAIS, S.C.R.V.; SOUZA, K.V.; Duarte, E.D., organizadoras.

PROENF Programa de Atualização em Enfermagem: Saúde Materna e Neonatal: Ciclo 11., Porto Alegre: Artmed Panamericana; 2020. p. 137-55 (Sistema de Educação Continuada a Distância; v. 4).

SILVA, R.M.M.; LUI, A.M.; FERREIRA, H.FRANÇA, A.F.O.; LALA, E.R.P.; VIERA, C.S. Analysing the use of peripherally inserted central cateter in neonatology. Journal of nursing UFPE on line [Internet]. 2016 [cited 2023 Abr 15];10(2):796-804. Available from: https://periodicos.ufpe.br/revistas/revistaenfermagem/article/view/11022

TOMAZONI, A.; ROCHA, P.K.; PEDREIRA, M.L.G.; RODRIGUES, E.C.; MANZO, B.F.; SANTOS, L.M.. Methods for measuring venous peripherally serted central catheters in newborns. Rev Bras Enferm. 2022;75(2):e20210045. https://doi.org/10.1590/0034-7167-2021-0045

Published

2024-05-15

How to Cite

Caldeira, N. C. A., Silva, N. L. M. e, Siqueira, H. G. de, Santos, R. U. F. P. dos, Silveira, A. O., Oliveira, P. A. de, Gusmão, P. M. da S., & Ribeiro, A. S. S. (2024). Avaliação da inserção do CCIP (cateter central de inserção periférica) em uma unidade de terapia intensiva neonatal. Caderno Pedagógico, 21(5), e4303. https://doi.org/10.54033/cadpedv21n5-120

Issue

Section

Articles