Formação docente: competências para incorporação das TDICs na prática docente na educação infantil

Authors

  • Guiomar Damasio Silva dos Reis
  • Adriana Rodrigues
  • Leonardo Augusto Couto Finelli

DOI:

https://doi.org/10.54033/cadpedv21n5-087

Keywords:

Competências Docentes, Educação Infantil, Ensino-Aprendizagem, TDICs

Abstract

O cenário educacional contemporâneo é marcado por contínuas mudanças. Tais redesenham os espaços de ensino-aprendizagem com a apresentação da necessidade da inserção das Tecnologias Digitais de Informação e Comunicação (TDICs) no âmbito da educação. Pesquisas na área de formação de professores, tecnologia e educação apontam para a necessidade da (re)formulação do papel e do trabalho do professor diante da cultura digital. Esse contexto demanda características e potencialidades dadas pelas tecnologias que implicam em produzir novas formas de ensinar e aprender. As TDICs intensificam mudanças no contexto da formação docente com a incorporação dos aparatos tecnológicos nas metodologias de ensino. Desta forma, este artigo tem por objetivo refletir sobres as competências docentes que, pelo perfil das crianças do século XXI, exigem a apropriação das TDICs de forma protagonista, reflexiva, interativa e criativa. Desenvolvemos este artigo a partir de uma revisão bibliográfica, que buscou considerações relevantes a respeito das competências docentes necessárias para o desafio da incorporação consciente das TDICs na prática docente. A partir dessa reconhecemos que não se tratar de temática nova, essa ainda se encontra em desenvolvimento. Autores já considerados clássicos indicaram já há mais de uma década a necessidade de a formação docente contemplar capacitação para o uso das TDICs. Isso porque a realidade fora das escolas passou a ser caracterizada pela integração da comunicação eletrônica, pelo fim da audiência de massa, e, pelo surgimento das redes interativas, formando um supertexto, uma metalinguagem, que integram no mesmo sistema as modalidades escrita, oral, e, audiovisual da comunicação humana. Dessa forma, a literatura indicou uma série de competências necessárias à docência. Tais contemplam tanto competências didático-pedagógicas, quanto técnico-digitais. Nesse sentido, concluímos que as inovações tecnológicas não terão chances de sucesso, se os atores não as aceitarem na perspectiva de ensino-aprendizagem. Assim é necessário promover o diálogo entre professores, pesquisadores e profissionais, de modo a contribuir para a superação dos desafios da inclusão digital do professor. Esperamos com este estudo contribuir para a reconstrução do fazer pedagógico que impactará na formação humana das novas gerações.

References

ALVES, E. J.; SILVA, B. D. Literacia digital de professores: Competências e habilidades para o uso das TDIC na docência. In: XVII Encontro Nacional de Prática de Ensino, ENDIPE, 2014, Fortaleza. E-book Didática e prática de ensino na relação com a escola. Fortaleza: EdUECE, 2015.

AMARAL, S. F. Principios y reflexiones del lenguaje digital interactivo. In: AMARAL, S. F.; GARCÍA, F. G.; MEDINA, A. R. (Orgs.). Aplicaciones educativas y nuevos lenguajes de las TIC. Campinas: Graf. FE, 2008. p. 15-25.

BARRETO, R. G. Formação de professores, tecnologias e linguagens: Mapeando velhos e novos (des)encontros. São Paulo: Loyola, 2002.

BEHRENS, M. A. A prática pedagógica e o desafio do paradigma emergente. Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos, Brasília, v. 80, n. 196, p. 379-635, 1999. DOI: https://doi.org/10.24109/2176-6681.rbep.80i196.977

BELLONI, M. L. Mídia-educação: conceitos, história e perspectivas. Educação & Sociedade, Campinas, v. 30, n. 109, dez. 2009. DOI: https://doi.org/10.1590/S0101-73302009000400008

BRASIL. Câmara dos Deputados. Plano Nacional de Educação 2014-2024. Lei nº 13.005, de 25 de junho de 2014, que aprova o Plano Nacional de Educação (PNE) e dá outras providências. Brasília: Câmara dos Deputados, Edições Câmara, 2014. Disponível em: https://bd.camara.leg.br/bd/handle/bdcamara/20204. Acesso em: 13 jan. 2024.

BRASIL. Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular. Brasília: MEC, 2017. Disponível em: http://basenacionalcomum.mec.gov.br/. Acesso em: 27 mar. 2023.

CASTELLS, M. O poder da comunicação. 5. ed. São Paulo: Paz & Terra, 2016.

CECÍLIO, S.; SANTOS, J. F. Sociedade em rede, trabalho docente e sociabilidades contemporâneas. In: GARCIA, D. M. F.; CECÍLIO, S. (Orgs.). Formação e profissão docente em tempos digitais. Campinas: Alínea, 2009. p. 165-197.

DEMO, P. Conhecimento, tecnologia e formação dos professores das séries iniciais. In: Reunião anual ANPEd, GT 13 – Ensino Fundamental, 23, Caxambu. Rio de Janeiro: ANPEd, 2000. Disponível em: http://23reuniao.anped.org.br/textos/te13a. Acesso em: 15 nov. 2023.

GARCIA, M. F.; RABELO D. F.; SILVA, D.; AMARAL, S. F. Novas competências docentes frente às tecnologias digitais interativas. Rev. Teoria e Prática da Educação, v. 14, n. 1, p. 79-87, jan./abr., 2011.

GATTI, B. A.; BARRETO, E. S. S.; ANDRÉ, M. E. D. A. (Coord.). Políticas docentes no Brasil: Um estado da arte. Cadernos de Pesquisa, v. 42 n. 145, p. 298-329, jan./abr., 2012. DOI: https://doi.org/10.1590/S0100-15742012000100021

GIL, A. C. Método e técnicas de pesquisa social. São Paulo: Atlas. 1999.

KENSKI, V. M. Novas tecnologias na educação presencial e a distância I. In: BARBOSA, R. L. L. (Org.). Formação de educadores: Desafios e perspectivas. São Paulo: Editora UNESP, 2003a, p. 91-107.

KENSKI, V. M. Aprendizagem mediada pela tecnologia. Revista Diálogo Educacional, v. 4, n. 10, set./dez. 2003b. DOI: https://doi.org/10.7213/rde.v4i10.6419

KENSKI, V. M. Educação e tecnologias: O novo ritmo da informação. Campinas, SP: Papirus, 2009.

KENSKI, V. M. Tecnologias e ensino presencial e a distância. 9. ed. Campinas, SP: Papirus, 2012.

MARINHO, S. P.; LOBATO, W. Tecnologias digitais na educação: Desafios para a pesquisa na pós-graduação em educação. In: Colóquio de Pesquisa em Educação, 6, 2008, Anais... Belo Horizonte: [s.n.], 2008, p. 1-9.

MAURI, T.; ONRUBIA, J. O professor em ambientes virtuais: Perfil, condições e competências. In: COLL, C.; MONEREO, C. (Orgs.). Psicologia da educação virtual: aprender e ensinar com as tecnologias da informação e comunicação. Porto Alegre: Artmed, 2010. p. 118-135.

MORAN, J. M. Ensino e aprendizagem inovadores com tecnologias audiovisuais e telemáticas. In: MORAN, J. M.; MASETTO, M. T.; BEHRENS, M. A. Novas tecnologias e mediação pedagógica. Campinas, SP: Papirus, 2013. p. 11-65.

MORIN, E. A cabeça bem-feita, repensar a reforma, reformar o pensamento. 8. ed. Rio de Janeiro: Bertrand: 2003.

NÓVOA, A. (Org.). Vida de professores. 2. ed. Porto (Portugal): Porto Editora, 1992.

OLIVEIRA, Z. M. F. Fatores influentes no desenvolvimento do potencial criativo. Estudos de Psicologia, Campinas, v. 27, n. 1, p. 83-92, mar. 2010. DOI: https://doi.org/10.1590/S0103-166X2010000100010

PEIXOTO, J. Relações entre sujeitos sociais e objetos técnicos: Uma reflexão necessária para investigar os processos educativos mediados por tecnologias. Revista Brasileira de Educação, Rio de Janeiro, v. 20. n. 61, p. 317-332, abr./jun. 2015. DOI: https://doi.org/10.1590/S1413-24782015206103

TARDIF, M. Saberes docentes e formação profissional. Petrópolis: Vozes, 2010.

TEDESCO, J. C. O novo pacto educativo: Educação, competitividade e cidadania na sociedade moderna. São Paulo: Ática, 1998.

VALENTE, J. A. Integração, currículo e tecnologia digitais de informação e comunicação: A passagem do currículo da era do lápis e papel para o currículo da era digital. In: CAVALHEIRI, A.; ENGERROFF, S. N.; SILVA, J. C. (Orgs.). As novas tecnologias e os desafios para uma educação humanizadora. Santa Maria: Biblos, 2013, p. 113-132.

VEIGA, I. P. A. Inovações e projeto político-pedagógico: Uma relação regulatória ou emancipatória? Caderno Cedes, Campinas, v. 23, n. 61, p. 267-281, dez. 2003. DOI: https://doi.org/10.1590/S0101-32622003006100002

Published

2024-05-13

How to Cite

Reis, G. D. S. dos, Rodrigues, A., & Finelli, L. A. C. (2024). Formação docente: competências para incorporação das TDICs na prática docente na educação infantil. Caderno Pedagógico, 21(5), e4259. https://doi.org/10.54033/cadpedv21n5-087

Issue

Section

Articles