Análise comparativa das técnicas de correção cirúrgica e endovascular para lesão contusa da aorta torácica: uma revisão sistemática

Authors

  • Christovam Abdalla Neto
  • Amália Karina Holanda da Silva
  • João Pedro Lemos Ferreira de Freitas
  • Leo Juno Souto Pádua
  • Victor Martins de Andrade
  • Jerônimo Dotta Grasseli
  • Rhael Wilson Bantim Furtado
  • Rebeca Maria de Oliveira Sabino
  • Edmilson Ferreira Correia
  • Luan Cardoso Baía de Souza
  • Kaio Figueiredo da Silva Cruz
  • Samela da Silva Oliveira
  • Fabio de Senna Silva

DOI:

https://doi.org/10.54033/cadpedv21n5-032

Keywords:

Aorta Torácica, Reparo Endovascular, Tratamento Cirúrgico, Trauma Contuso

Abstract

As lesões traumáticas da aorta torácica, principalmente resultantes de trauma contuso, apresentam desafios significativos de manejo devido às suas altas taxas de mortalidade. Avanços recentes em diagnóstico por imagem e abordagens terapêuticas alteraram substancialmente a paisagem terapêutica, mudando as preferências do reparo cirúrgico aberto para procedimentos endovasculares. Este estudo visa realizar uma revisão sistemática comparando técnicas cirúrgicas e endovasculares para o tratamento de lesões contusas da aorta torácica. Avaliando as evidências atuais sobre a eficácia, segurança e resultados a longo prazo de cada intervenção para fornecer uma base para diretrizes clínicas atualizadas e tomada de decisão terapêutica. Foi realizada uma revisão abrangente da literatura, focando em artigos que discutem intervenções cirúrgicas e endovasculares para lesões contusas da aorta torácica. A pesquisa incluiu estudos publicados com ênfase naqueles que oferecem análises comparativas dos resultados do tratamento. As descobertas preliminares sugerem que os tratamentos endovasculares oferecem vantagens significativas em termos de redução das taxas de morbidade e mortalidade, especialmente em pacientes com perfis clínicos complexos e múltiplos traumas. No entanto, a avaliação individual do paciente continua crucial, pois a escolha do tratamento deve ser personalizada com base nos recursos disponíveis, na experiência do centro de trauma e nas condições específicas do paciente. A preferência evolutiva por abordagens endovasculares sobre cirurgias abertas destaca a necessidade de um entendimento matizado das modalidades de tratamento no manejo de lesões contusas da aorta torácica. As diretrizes futuras devem integrar as evidências mais recentes para recomendar estratégias que aprimorem os resultados dos pacientes e acomodem as variadas complexidades do cuidado com traumas.

References

AGOSTINELLI, A. et al. Immediate endovascular treatment of blunt aortic injury: our therapeutic strategy. The Journal of Thoracic and Cardiovascular Surgery, v. 131, n. 5, p. 1053-1057, 2006. Disponível em: <https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/16678589/>. Acesso em 23 abr. 2024.

ANTONOPOULOS, C. N. et al. Epidemiology of concomitant injuries in traumatic thoracic aortic rupture: a meta-analysis. Vascular, v. 22, n. 6, p. 395-405, 2014. Disponível em: <https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/24459130/>. Acesso em 22 abr. 2024.

ASMAT, A. et al. Endovascular management of traumatic thoracic aortic transection. Asian Cardiovascular and Thoracic Annals, v. 17, n. 5, p. 458-461, 2009. Disponível em: <https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/19917784/>. Acesso em 22 abr. 2024.

DEMETRIADES, D. et al. Operative repair or endovascular stent graft in blunt traumatic thoracic aortic injuries: results of an American Association for the Surgery of Trauma Multicenter Study. Journal of Trauma and Acute Care Surgery, v. 64, n. 3, p. 561-571, 2008. Disponível em: <https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/18332794/>. Acesso em 20 abr. 2024.

FOX, N. et al. Evaluation and management of blunt traumatic aortic injury: a practice management guideline from the Eastern Association for the Surgery of Trauma. Journal of Trauma and Acute Care Surgery, v. 78, n. 1, p. 136-146, 2015. Disponível em: <https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/25539215/>. Acesso em 22 abr. 2024.

KATO, N. et al. Acute and contained rupture of the descending thoracic aorta: treatment with endovascular stent grafts. Journal of vascular surgery, v. 37, n. 1, p. 100-105, 2003. Disponível em: <https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/12514584/>. Acesso em 22 abr. 2024.

MERRILL, WALTER H. et al. Surgical treatment of acute traumatic tear of the thoracic aorta. Annals of surgery, v. 207, n. 6, p. 699, 1988. Disponível em: <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC1493532/>. Acesso em 20 abr. 2024.

NZEWI, O.; SLIGHT, R. D.; ZAMVAR, V. Management of blunt thoracic aortic injury. European journal of vascular and endovascular surgery, v. 31, n. 1, p. 18-27, 2006. Disponível em: <https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S1078588405005228>. Acesso em 23 abr. 2024.

PRATESI, C. et al. Acute traumatic rupture of the descending thoracic aorta: endovascular treatment. The American journal of surgery, v. 192, n. 3, p. 291-295, 2006. Disponível em: <https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/16920420/>. Acesso em 23 abr. 2024.

SCALEA, T. M. et al. Blunt thoracic aortic injury: endovascular repair is now the standard. Journal of the American College of Surgeons, v. 228, n. 4, p. 605-610, 2019. Disponível em: <https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/30630086/>. Acesso em 23 abr. 2024.

SERRA, R. et al. Endovascular repair for acute traumatic transection of the descending thoracic aorta: experience of a single centre with a 12-years follow up. Journal of Cardiothoracic Surgery, v. 10, p. 1-6, 2015. Disponível em: <https://link.springer.com/article/10.1186/s13019-015-0388-5>. Acesso em 20 abr. 2024.

SOYER, R. et al. Acute traumatic isthmic aortic rupture. European journal of cardio-thoracic surgery, v. 6, n. 8, p. 431-437, 1992. Disponível em: <https://academic.oup.com/ejcts/article-abstract/6/8/431/393056?login=false>. Acesso em 22 abr. 2024.

XENOS, E. S. et al. Meta-analysis of endovascular vs open repair for traumatic descending thoracic aortic rupture. Journal of vascular surgery, v. 48, n. 5, p. 1343-1351, 2008. Disponível em:<https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/18632242/#:~:text=Conclusions%3A%20Meta%2Danalysis%20of%20retrospective,ischemic%20spinal%20cord%20complication%20rates>. Acesso em 22 abr. 2024.

Published

2024-05-06

How to Cite

Abdalla Neto, C., Silva, A. K. H. da, Freitas, J. P. L. F. de, Pádua, L. J. S., Andrade, V. M. de, Grasseli, J. D., Furtado, R. W. B., Sabino, R. M. de O., Correia, E. F., Souza, L. C. B. de, Cruz, K. F. da S., Oliveira, S. da S., & Silva, F. de S. (2024). Análise comparativa das técnicas de correção cirúrgica e endovascular para lesão contusa da aorta torácica: uma revisão sistemática. Caderno Pedagógico, 21(5), e3943. https://doi.org/10.54033/cadpedv21n5-032

Issue

Section

Articles