A prática pedagógica no ensino superior: reflexões de professores bachareis em administração sobre a profissionalidade e os saberes docentes

Authors

  • Elaine Pontes Bezerra
  • Silvana Malusá Baraúna
  • Darlene Silva dos Santos
  • Celina Maria de Souza Olivindo
  • Auristela do Nascimento Melo
  • Kelsen Arcângelo Ferreira e Silva
  • Cristiana Barra Teixeira
  • Josélia Maria da Silva Farias

DOI:

https://doi.org/10.54033/cadpedv21n5-202

Keywords:

Prática Pedagógica, Docentes Administradores, Profissionalidade, Saberes Docentes

Abstract

Este estudo versa sobre a profissionalidade e saberes docentes na prática pedagógica de professores bachareis em admnistração, sob o questionamento: quais são as reflexões de professores bachareis ema dmnistração sobre a profissionalidade e os saberes docentes em suas práticas pedagógicas?  A sua realização deu-se em função do objetivo de refletir sobre a importância atribuída pelos docentes administradores à sua prática pedagógica no Ensino Superior, considerando a profissionalidade e os saberes docentes. Nesse viés, consideramos que os docentes administradores compreendem a importância das categorias profissionalidade e saberes docentes para a sua profissão, sendo capazes de realizar  uma prática pedagógica condizente com essas categorias. Trata-se de uma pesquisa exploratória, descritiva tipo survey, com abordagens quantitativas e qualitativas. O instrumento de pesquisa utilizado foi um questionário estruturado, desenvolvido na plataforma Google Docs, com questões fechadas dispostas em escala Likert de cinco pontos e outras abertas. Para a análise dos dados quantitativos utilizou-se a estatística descritiva e dos dados qualitativos foi a análise de conteúdo de Bardin. Obteve-se a participação de 51 professores dos cursos de administração das universidades públicas do estado do Piauí. Os resultados permitiram inferir que os docentes de administração consideram muito importante os aspectos da profissionalidade e saberes docentes de sua prática pedagógica, havendo destaque para o fato dos mesmos reconhecerem que há especificidades para a profissionalidade docente, além disso, os partícipes assumem que o contexto de trabalho  afeta a sua profissionalidade, preocupam-se com a formação profissional do aluno e admitiem a necessidade de saberem transformar as informações em conhecimento na vivência  cotidiana.

References

ALVES, C. S.; ANDRÉ, Marli E. D. A. A constituição da profissionalidade docente: os efeitos do campo de tensão do contexto escolar sobre os professores. In: ANPED. 36ª Reunião Anual da ANPED, Goiânia, 2013.

AMBROSETTI, Neusa Banhara; ALMEIDA, Patrícia Cristina Albieri de. Profissionalidade docente: uma análise a partir das relações constituintes entre os professores e a escola. Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos, Brasília, v. 90, n. 226, p. 592-608, set-dez, 2009. ISSN: 2176-6681. DOI: https://doi.org/10.24109/2176-6681.rbep.90i226.475

ANDRÉ, Marli E. D. de; PLACCO, Vera M. N. de S. Processos psicossociais na formação do professor: um campo de pesquisas na Psicologia da Educação. Contrapontos, vol. 7, n. 2, p. 339-346, maio-ago, 2007. ISSN: 1984-7114.

ANDRÉ, Marli. O trabalho docente do professor formador e as práticas curriculares da licenciatura na voz dos estudantes. In: SANTOS, Lucíola; FAVACHO, André (org.). Políticas e práticas curriculares: desafios contemporâneos. Curitiba: CRV, 2012. p. 35-49. ISBN:978-85-8042-453-9.

BARDIN, L. Análise de Conteúdo. São Paulo: Edições 70, 2016. 279p

BRASIL. Resolução CNE/CES nº 1 de 2 de fevereiro de 2004. Institui as Diretrizes Curriculares Nacionais do Curso de Graduação em Administração, Bacharelado, e dá outras providências. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/observatorio-da-educacao/323- secretarias-112877938/orgaos-vinculados-82187207/12707-resolucoes-ces-2004. Aceso em: 13 set 2017.

CEZARINO, L. O.; CORRÊA, H. L. Interdisciplinaridade no ensino em administração: visão de especialistas e coordenadores de cursos de graduação. Administração: ensino e pesquisa 16(4), p. 751-784, 2015. DOI: https://doi.org/10.13058/raep.2015.v16n4.384

COOPER, Donald R.; SCHINDLER, Pámela. Métodos de Pesquisa em Administração. 7. ed. Porto Alegre: Bookman, 2003. ISBN: 9788580555721.

CONTRERAS, J. A autonomia de professores. São Paulo: Cortez, 2012. ISBN: 9788524919237.

CUNHA, M. I. Formação docente e inovação: epistemologias e pedagogias em questão. In: ENDIPE - Encontro Nacional de Didática e Prática de Ensino, 14. 2008. Porto Alegre. Anais. Recife: Edições Bagaço, 2008. v. 1. p.465-476.

D’ÁVILA, Cristina. Ser ou não ser: um estudo sobre a construção da identidade profissional e profissionalidade docente em curso de formação inicial de professores. In: XIV Encontro Nacional de Didática e Prática de Ensino, 2008, Porto Alegre. Anais. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2008. p. 1-14.

FORESTI, M.C.P.; PEREIRA, M.I.T. Didática no Ensino Superior. Revista Interface: comunicação, saúde, educação. São Paulo, v. 5, n. 5, p. 181-182, ago. 1999. DOI: https://doi.org/10.1590/S1414-32831999000200026

GAETA, Cecília; MASETTO, Marcos T. O Professor Iniciante no Ensino Superior: Aprender, Atuar e Inovar. Editora Senac. São Paulo, 2013.

IRIGON, O. C. G. B. Práticas formativas, formação continuada e profissionalidade docente. In: GUIMARÃES, V. S. (coord.) Formação e profissão docente: cenários e propostas. Goiânia: Ed. da PUC Goiás, 2009.

LESSARD, Claude; TARDIF, Maurice. Les identités enseignantes. Sherbrooke: Éditions du CRP, Faculté d’ Éducation, Université de Sherbrooke, 2003.

LIBÂNEO, J.C. Organização e gestão da escola: teoria e prática. 6. ed. rev. e aum. São Paulo: Heccus, 2015.

MASETTO, Marcos T. Docência universitária: repensando a aula. In: TEODORO, Antônio. Ensinar e aprender no ensino superior: por uma epistemologia pela curiosidade da formação universitária. Ed. Cortez: Mackenzie, 2003.

MASETTO, Marcos (org.). Docência na Universidade. 10. ed. Campinas: Papirus, 2012. ISBN: 978-85-308-0509-8.

MASETTO, Marcos T. Competências pedagógicas do professor universitário. São Paulo: Summus, 2015. ISBN: 978-85-323-0641-8.

MELLO, Reynaldo Irapuã Camargo (org.). Pesquisa e Formação de Professores. Cruz Alta: Unicruz, 2002. 137p.

MORGADO, José Carlos. Identidade e profissionalidade docente: sentidos e (im)possibilidades. Ensaio: Avaliação de Políticas Públicas Educacionais, Rio de Janeiro, v. 19, n. 73, p. 793-812, out-dez, 2011. DOI: https://doi.org/10.1590/S0104-40362011000500004

NÓVOA, A. Os professores e as histórias da sua vida. In: NÓVOA, Antônio (org.). Vidas de Professores. 2 ed. Porto: Porto Editora, 1995.

NUÑEZ, I. B., RAMALHO, B. L. A profissionalização da docência: um olhar a partir da representação de professoras do ensino fundamental. Revista Iberoamericana de Educación, n. 49, 2008. ISSN: 1681-5653.

PEREIRA, M. L. T.; FORESTI, M. C. P. P. O professor de Medicina: conhecimento, experiência e formação. Interface (Botucatu), v.3, n.5, p.163-167, 1999. DOI: https://doi.org/10.1590/S1414-32831999000200021

PIMENTA, Selma Garrido (org.). Saberes pedagógicos e atividade docente. 4. ed. São Paulo: Cortez, 2005. p. 35-60. ISBN: 85-249-0711-8.

PIMENTA, Selma Garrido; ANASTASIOU, Léa das Graças Camargo. Docência no ensino superior. São Paulo: Cortez, 2014. ISBN: 85-249-0857-2.

RAMALHO, B.; NUÑEZ, I., y GAUTHIER, C. Formar o professor, profissionalizar o ensino: perspectivas e desafios. Porto Alegre: Sulinas, 2003. ISBN: 978-8520503461.

ROLDÃO, Maria do Céu. Profissionalidade docente em análise: especificidades dos ensinos superior e não superior. Nuances: Estudos Sobre Educação, ano XI, v. 12, n. 13, p. 105-126, jan-dez, 2005. ISSN: 2236-0441. DOI: https://doi.org/10.14572/nuances.v12i13.1692

SACRISTÁN, J. Gimeno. Consciência e acção sobre a prática como libertação profissional dos professores. In: NÓVOA, António (org). Profissão professor. Porto: Porto Editora, 1999. ISBN: 9789720341037.

SANTOS, G. L. S.; MELO JÚNIOR, D. F. A.; SÁ, N. M. N., MELO, T. P. O Ensino da

Administração e o desafio de unir teoria e prática. Uma análise organizacional da AESGA, alicerçados, apenas, nas disciplinas vivenciadas no 1° período. Anais... Congresso Internacional de Administração. Gestão Estratégica: da crise à oportunidade. Natal, RN, 2016.

SILVA, Kelsen Arcângelo Ferreira e. Constituição da professoralidade no ensino superior: percursos de professores bacharéis em administração. 2017. Tese (Doutorado). Universidade Federal do Piaui. Teresina, 2017.

SHULMAN, Lee S. Conocimiento y enseñanza: fundamentos de la nueva reforma. Profesorado. Revista de Currículum y Formación de Profesorado. v.9, n.2, Granada, España, p.1-30, 2005.

SOARES, M. et al. O ensino de ciências por meio da ludicidade: alternativas pedagógicas para uma prática interdisciplinar. Revista Ciências & Ideias, Nilópolis, v. 5, n. 1, p. 939-953, mar. 2014.

TARDIF, M. Saberes docentes e formação profissional. Petrópolis: Vozes, 2002. ISBN 85.326.2668-8.

TARDIF, J.; FAUCHER, C. Um conjunto de balizas para a avaliação da profissionalidade dos professores. In: ALVES, M.; MACHADO, E. (org.). O pólo de excelência: caminhos para a avaliação do desempenho docente. Porto: Areal Editores, 2010. p. 32-53. ISBN 978-989-647- 173-6.

Published

2024-05-27

How to Cite

Bezerra , E. P., Baraúna, S. M., Santos, D. S. dos, Olivindo, C. M. de S., Melo, A. do N., Silva, K. A. F. e, Teixeira, C. B., & Farias, J. M. da S. (2024). A prática pedagógica no ensino superior: reflexões de professores bachareis em administração sobre a profissionalidade e os saberes docentes. Caderno Pedagógico, 21(5), e3912. https://doi.org/10.54033/cadpedv21n5-202

Issue

Section

Articles