Contribuições do PIBID para a (des/re)construção da educação física escolar

Authors

  • Marinete da Frota Figueredo
  • Marlon Messias Santana Cruz

DOI:

https://doi.org/10.54033/cadpedv21n5-031

Keywords:

Educação Física Escolar, Escola, PIBID, Formação de Professores, Atuação Profissional

Abstract

Este escrito distendeu-se das primeiras experiências relacionadas ao subprojeto “Educação Física na Escola: fundamentos e propostas em uma perspectiva crítica”, ligado ao Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (PIBID) da Capes e tem como intento problematizar as implicações desse programa no processo de buscas pela ressignificação da Educação Física na escola, pois, embora essa área tenha passado por profundas transformações nas últimas décadas, sua prática pedagógica e sua função no currículo ainda são bastante questionadas, quadro que coloca o componente curricular perante um período de críticas, desconstrução e reconstrução. O subprojeto supracitado permite que licenciandos/as, bem como profissionais da área reflitam sobre essas questões. As atividades foram desenvolvidas da seguinte forma: discussões sobre os princípios norteadores do trabalho, inserção do/a bolsista no espaço escolar e grupo de estudo. Durante esse período inicial de envolvimento com o subprojeto, os/as bolsistas puderam conhecer e refletir sobre o cotidiano da escola, de modo a estabelecer ligações com as discussões abordadas no grupo de estudo que, a partir de um suporte teórico crítico propõe a problematização da realidade e a formação de cidadãos para intervir criticamente sobre ela. Através da experiência é possível constatar que o contato com a escola possibilitado pelo programa consente ao/à acadêmico/a à adoção de uma postura investigativa sobre as práticas da profissão docente, sobretudo, do componente curricular em estudo, e isso representa um passo a favor de sua reconstrução. Considera-se, portanto, o PIBID como uma alternativa significativa para o processo de ressignificação da Educação Física na escola.

References

CAPARROZ, F. E.; VALTER B. O tempo e o lugar de uma didática da Educação Física. Revista Brasileira de Ciências do Esporte. Campinas, v. 28, n. 2, p. 21-37, jan. 2007.

IMBERNÓN, F. Formação docente e profissional: formar-se para a mudança e a incerteza. São Paulo: Cortez, 2006.

MOLINA NETO, V; MOLINA, R. K. Capacidade de escuta: questões para a formação docente em educação física. Movimento, Porto Alegre. V. 8, n. 01, p. 57 – 66, jan/abr. 2002.

PIMENTA, S.G. A formação de Professores – saberes da docência e identidade do professor. Revista da Faculdade de Educação de São Paulo. V. 22, n.2. p. 72-89 jul/dez, 1996.

PIMENTA, S.G.; LIMA, M.S.L. Estágio e docência. São Paulo: Cortez, 2004.

SAVIANI, D. Escola e Democracia. Edição comemorativa. Campinas: Autores Associados; 2008.

TARDIF, M. Saberes docentes e formação profissional. Petrópolis: Vozes, 2002.

Published

2024-05-06

How to Cite

Figueredo, M. da F., & Cruz, M. M. S. (2024). Contribuições do PIBID para a (des/re)construção da educação física escolar. Caderno Pedagógico, 21(5), e3855. https://doi.org/10.54033/cadpedv21n5-031

Issue

Section

Articles