Educação inclusiva: práticas pedagógicas para alunos com TEA

Authors

  • Andressa Vieira Seixas Uribe
  • Adilson Sousa da Silva
  • Eliana Batista Soares
  • Kelly Karoline Nunes Sousa
  • Sandra de Oliveira Botelho
  • Suzely da Silva Nobre
  • Tatiana de Souza Leal
  • Victor Hugo de Oliveira Magalhães

DOI:

https://doi.org/10.54033/cadpedv21n4-022

Keywords:

Educação Inclusiva, Transtorno do Espectro Autista, Práticas Pedagógicas, Tecnologias Assistivas, Formação de Educadores

Abstract

Esta revisão bibliográfica abordou o desafio de implementar práticas pedagógicas inclusivas para alunos com Transtorno do Espectro Autista (TEA) no Brasil. O objetivo geral foi investigar estratégias eficazes que promovam a inclusão educacional desses alunos. A metodologia adotada consistiu em uma revisão de literatura, analisando estudos nacionais e internacionais que discutem abordagens metodológicas, adaptações curriculares e o uso de tecnologias assistivas na educação de alunos com TEA. Os resultados evidenciaram a importância da formação específica para educadores, a adaptação de infraestruturas escolares e a integração de recursos tecnológicos como pilares para uma educação inclusiva eficaz. Além disso, destacou-se a necessidade de práticas pedagógicas individualizadas e o envolvimento da comunidade escolar no processo inclusivo. As considerações finais reiteraram o potencial de avanços na educação inclusiva através de investimentos contínuos em capacitação profissional, inovação pedagógica e políticas públicas de suporte.

References

BEZERRA, G. F. A Política Nacional de Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva: a problemática do profissional de apoio à inclusão escolar como um de seus efeitos. Revista Brasileira de Educação Especial, v. 26, n. 4, 2020. Disponível em: https://doi.org/10.1590/1980-54702020v26e0184. DOI: https://doi.org/10.1590/1980-54702020v26e0184

BRASIL. Lei nº 13.146, de 6 de julho de 2015. Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência (Estatuto da Pessoa com Deficiência). Diário Oficial da República Federativa do Brasil, Brasília, DF, 07 jul. 2015. Disponível em: https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2015-2018/2015/lei/l13146.htm.

CAMPOS, F. R. Robótica Educacional no Brasil: questões em aberto, desafios e perspectivas futuras. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, v. 12, n. 4, p. 2108–2121, 2017. Disponível em: https://doi.org/10.21723/riaee.v12.n4.out/dez.2017.8778. DOI: https://doi.org/10.21723/riaee.v12.n4.out./dez.2017.8778

CARVALHO, R. E. Educação Inclusiva com os pingos nos "is". Brasília: UNB, 2004. Disponível em: http://bds.unb.br/handle/123456789/143.

DRAGO, R.; MANGA, V. P. B. B. Deficiência visual e formação de professores: para uma revisão conceitual. Crítica Educativa, v. 3, n. 3, p. 292–310, 2018. Disponível em: https://doi.org/10.22476/revcted.v3i3.239. DOI: https://doi.org/10.22476/revcted.v3i3.239

LOPES, L. M. D.; VIDOTTO, K. N. S.; POZZEBON, E.; FERENHOF, H. A. Inovações educacionais com o uso da realidade aumentada: Uma revisão sistemática. Educação em Revista, v. 35, e197403, 2019. DOI: 10.1590/0102-4698197403. DOI: https://doi.org/10.1590/0102-4698197403

Published

2024-04-04

How to Cite

Uribe, A. V. S., Silva , A. S. da, Soares, E. B., Sousa, K. K. N., Botelho, S. de O., Nobre, S. da S., Leal, T. de S., & Magalhães , V. H. de O. (2024). Educação inclusiva: práticas pedagógicas para alunos com TEA. Caderno Pedagógico, 21(4), e3581. https://doi.org/10.54033/cadpedv21n4-022

Issue

Section

Articles