Sistema experimental de Aquaponia sustentável energeticamente em ambiente urbano- análise de metais traços

Authors

  • Priscilla Kohiyama de Matos Silva Siqueira
  • Thomaz Aurélio Pagioro
  • Rubia Camila Ronqui Bottini

DOI:

https://doi.org/10.54033/cadpedv21n4-018

Keywords:

Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, Aproveitamento de Água de Chuvas, Agricultura Urbana

Abstract

O objeto de estudo desse artigo é a identificação e análise de metais traço, cromo, cádmio, cobre, chumbo, ferro, manganês, níquel, e zinco em quatro pontos diferenciados de um sistema de aquaponia abastecido com água pluvial e uma amostra de água fluvial de um córrego próximo ao local para comparativo da influência da poluição urbana, as coletas ocorreram nos meses de dezembro de 2022, fevereiro e abril de 2023. O sistema de aquaponia experimental movido por energia fotovoltaica e eólica, sem conexão com o sistema de energia elétrica, possuindo um ciclo fechado apenas com energia limpa e fornecimento de água pluvial. O sistema de aquaponia foi implantado em  uma área urbana, com proximidade de grandes vias com intenso fluxo de veículos, na cidade de Curitiba, Paraná, Brasil. Nas análises os metais traços com concentrações mais elevadas foram o chumbo com 0,047mg/L na coleta de dezembro de 2022 e de 0,011 mg/L em abril de 2023 no ponto de coleta do sistema de água pluvial, sendo o chumbo um elemento traço tóxico ao ser humano, e ao desenvolvimento de plantas, e o índice de 0,128mg/L de chumbo na amostra de água fluvial, em abril de 2023. O elemento cromo não foi identificado nas amostras, em comparativo com outras pesquisas o chumbo apresentou-se em taxas mais elevadas. As concentrações de cobre foram elevadas no ponto 1 de água pluvial de 0,0100125mg/L e no ponto de água fluvial 0,00905 mg/L mesmo constituindo um corpo hídrico altamente poluído. Para verificar a viabilidade do uso exclusivo de água pluvial para o sistema de aquaponia é necessário complementar com análises das concentrações de metais traços nos peixes e verduras.

References

AGENCY FOR TOXIC SUBSTANCES & DISEASE REGISTRY (ATSDR). U.S. Department of Health and Human Services. Toxicological profile for lead Atlanta: ATSDR, 2017. Disponível em: https://www.atsdr.cdc.gov/csem/leadtoxicity/safety_standards.html >. Acesso em: 6 jan. 2023.

ATSDR - AGENCY FOR TOXIC SUBSTANCES AND DISEASE REGISTRY. Toxicological profile for cadmium.

Atlanta, 2012. Disponível em: <https://www.atsdr.cdc.gov/toxprofiles/tp5.pdf >. Acesso em: 11 jan. 2023

ATSDR - AGENCY FOR TOXIC SUBSTANCES AND DISEASE REGISTRY. Toxicological profile for Copper.

Atlanta, 2012. Disponível em: < https://www.atsdr.cdc.gov/toxprofiles/tp132.pdf>. Acesso em: 12 jan. 2023

ATSDR - AGENCY FOR TOXIC SUBSTANCES AND DISEASE REGISTRY. Toxicological profile for Chromium.

Atlanta, 2012. Disponível <https://www.atsdr.cdc.gov/toxprofiles/tp7.pdf>. Acesso em: 22 mai. 2023

ATSDR - AGENCY FOR TOXIC SUBSTANCES AND DISEASE REGISTRY. Toxicological profile for Manganase. Atlanta, 2012. Disponível < https://wwwn.cdc.gov/TSP/ToxProfiles/ToxProfiles.aspx?id=102&tid=23

>. Acesso em: 29 mai. 2023

BRASIL. Ministério da Saúde. Gabinete do Ministro. Portaria nº 888, de 04 de maio de 2021.

BORBA, L. de S., et al. A importância do ferro no organismo humano: uma revisão integrativa da literatura. Research, Society and Development, v. 11, n. 17, p. e151111738965-e151111738965, 2022. DOI: https://doi.org/10.33448/rsd-v11i17.38965

BONANNO, G; BORG, J. A; DI MARTINO, V. Levels of heavy metals in wetland and marine vascular plants and their biomonitoring potential: A comparative assessment. Science of the Total Environment, v. 576, p. 796–806. 2017. DOI: https://doi.org/10.1016/j.scitotenv.2016.10.171

CAMARGO, J. Aquaponia economiza 90% da água usada na produção. Informe técnico. fevereiro/ 2017. Disponível em < http://minilink.es/3q7m>, acessado em 16 de março de 2018.

CASTRO, D. C. M. de; CAMPOS, A. C. V., SILVA; S. da C., QUINTELLA, C. M; SANTOS, S. C. dos. Tolerância a Metais Pesados E Produção De Surfactante Por Pseudomonas Fluorescens Slim15. Scientia Plena, 2020, Vol.16 (10). DOI: https://doi.org/10.14808/sci.plena.2020.106201

CETESB. Companhia Ambiental do Estado de São Paulo. Ficha de Identificação Toxicológica (FIT) – Cádmio e seus compostos. São Paulo-SP, 2012b. Disponível em: . Acesso em: 14/11/2013.

CONAMA (Conselho Nacional do Meio Ambiente). RESOLUÇÃO N°357: dispõe sobre a classificação dos corpos de água e diretrizes ambientais para o seu enquadramento. Brasília. 2005

DUTT, S. , HAMZA, I. , BARTNIKAS, T. B. Molecular Mechanisms of Iron and Heme Metabolism Annual Review of Nutrition 2022 42:1, 311-335 DOI: https://doi.org/10.1146/annurev-nutr-062320-112625

GOYER, R. A. Toxic effects of metals. Cassarett and Doull’s Toxicology: The Basic Science of Poisons. New York: McGraw-Hill Publisher; pp. 811–867. 2001.

KRASTANOVA, M., SIRAKOV, I., IVANOVA-KIRILOVA, S., YARKOV, D., OROZOVA, P. Aquaponic systems: biological and technogical parameters. Bioctechnology & Biotechnological Equipament. Vol.36. p.305-316. 2022 DOI: https://doi.org/10.1080/13102818.2022.2074892

LUBICA, C; RUDOLF, M, JIRI. L. 2017. Acute copper sulphate poisoning. J Coll Physicians ;Surg Pak 27(8):527-528. 2690.

IPPUC-Instituto de Pesquisa e planejamento Urbano de Curitiba. Plano Diretot de Drenagem Urbana de Curitiba, volume II, Tomo 4- Caracterizações e Medicadas de Controle Estruturais. Disponível em https://mid.curitiba.pr.gov.br/2018/00238308.pdf

PEREIRA, J. C. Os microrganismos e os metais pesados do solo. Seropédica: Embrapa Agrobiologia, ago. 2001. 14p. (Embrapa Agrobiologia. Documentos, 132).

MERT, R.; ALAS, A.; BULUT, S.; ÖZACAN, M.M. 2014. Determination of heavy metal contents in some freshwater Fishes. Environmental Monitoring and Assessment, 186: 8017–8022. DOI: https://doi.org/10.1007/s10661-014-3984-2

MYERS J. E., WATERNAUDE J, FOURIE, M, et al. 2003a. Nervous system effects of occupational manganese exposure on South African manganese mineworkers. Neurotoxicology 24(4-5):649-656. DOI: https://doi.org/10.1016/S0161-813X(03)00035-4

NASCIMENTO, T. C.; MENDONÇA, A. T. B.; CUNHA, S. K. Inovação e sustentabilidade na produção de energia o caso do sistema setorial de energia eólica no Brasil. Cadernos EBAPE.BR v. 10, n. 3, 2012. DOI: https://doi.org/10.1590/S1679-39512012000300010

NOWACKI, C. D. C. B., & RANGEL, M. B. Química ambiental: conceitos, processos e estudo dos impactos ao meio ambiente. São Paulo: Érica.2014

ORGANIZAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS PARA A EDUCAÇÃO A CIÊNCIA E A CULTURA - UNESCO – Agenda de Desenvolvimento pós-2015 - UNESCO e os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável. Disponível em <http://www.unesco.org/new/pt/brasilia/post-2015-development-agenda/>, acessado em 08 de março de 2018.

ROOSTA, H. R.; AFSHARIPOOR, S. Effects of different cultivation media on vegetative growth, ecophysiolocal traits and nutrients concentration in strawberry under hydroponic and aquaponic cultivation systems. Advances in Environmental Biology, v.6, n.2, p.543-555, 2012.

SANTOS, M. L. Dos, ERVIM, L., and COELHO, A. R. Ocorrência De Metais Pesados No Curso Inferior Do Rio Ivaí, Em Decorrência Do Uso Do Solo Em Sua Bacia Hidrográfica." Acta Scientiarum. Technology 30 (2008): Acta Scientiarum. Technology, 2008, Vol.30. Web. DOI: https://doi.org/10.4025/actascitechnol.v30i1.3219

Published

2024-04-04

How to Cite

Siqueira, P. K. de M. S., Pagioro, T. A., & Bottini , R. C. R. (2024). Sistema experimental de Aquaponia sustentável energeticamente em ambiente urbano- análise de metais traços. Caderno Pedagógico, 21(4), e3577. https://doi.org/10.54033/cadpedv21n4-018

Issue

Section

Articles