Adição ao trabalho e engajamento em profissionais de enfermagem com formações paralelas

Authors

  • Douglas Bertoloto Lima
  • Clarissa Pinto Pizarro de Freitas
  • Paula Andrea Prata-Ferreira
  • Jaqueline de Carvalho Rodrigues

DOI:

https://doi.org/10.54033/cadpedv21n3-250

Keywords:

Enfermagem, Engajamento, Gestão, Saúde do Trabalhador

Abstract

O objetivo deste estudo foi analisar as percepções de profissionais de enfermagem que buscam formações paralelas, investigando suas motivações e possíveis associações com estados de engajamento e adição ao trabalho. Trata-se de um estudo descritivo, de abordagem qualitativa, realizado com 20 profissionais de enfermagem atuantes ou não na profissão. Os participantes responderam um questionário sociodemográfico e uma entrevista semiestruturada. Os participantes eram em sua maioria do sexo feminino (80,0%), com uma carga horária de trabalho superior a 40h semanais de trabalho (55,0%) e uma média de 13,5 anos (DP = 5,96) de experiência profissional. Para a análise e o tratamento dos dados qualitativos utilizou-se o software IRaMuTeQ (Interface de R pour les Analyses Multidimensionnelles de Textes et de Questionnaires), para a análise textual e sugestão de categorias e temas relevantes. Foi reconhecido o corpus de 20 entrevistas, decomposto em 92 segmentos de texto. Foram reconhecidos 3103 números de ocorrências. O número de hápax reconhecido foi de 691 casos e o número de formas de 796. A análise realizada trouxe a retenção de 79,22 % do corpus e um gráfico composto por seis classes, nomeados conforme suas características. As situações geradoras de motivação para que os profissionais busquem por formações paralelas envolvem a desvalorização profissional, estresse, excesso de responsabilidades, falta de apoio social e altas demandas de trabalho. Melhor percepção de apoio social e comportamentos resilientes estão entre as estratégias mitigadoras a serem adotadas. Compreender os fenômenos da busca por formação paralela e pelo abandono da profissão pelo profissional da enfermagem pode contribuir para traçar estratégias de intervenção individuais e por gestores no contexto laboral.

References

ALMEIDA, Laio Preslis Brando Matos de et al. Workaholism entre docentes de pós-graduação stricto sensu em enfermagem no Brasil. Revista Latino-Americana de Enfermagem, v. 28, 2020. http://dx.doi.org/ 10.1590/1518-8345.4071.3326 DOI: https://doi.org/10.1590/1518-8345.4071.3326

ALVES, Sidnei Roberto et al. Serviços de saúde mental: percepção da enfermagem em relação à sobrecarga e condições de trabalho. Revista Pesquisa [Internet], v. 10, n. 1, p. 25-9, 2018. . http://dx.doi.org 10.9789/2175-5361.2018.v10i1.25-29 DOI: https://doi.org/10.9789/2175-5361.2018.v10i1.25-29

ATROSZKO, Paweł Andrzej; ATROSZKO, Bartosz. Integrating national and international research, and exploring country-specific factors contributing to work addiction; Commentary to “Workaholism–psychological and social determinants of work addiction”. Current Problems of Psychiatry, v. 21, n. 4, p. 189-192, 2020. http://dx.doi.org/10.2478/cpp-2020-0017 DOI: https://doi.org/10.2478/cpp-2020-0017

BARBOSA, G. S.; SOCIEDADE BRASILEIRA DE RESILIÊNCIA (SOBRARE). Resiliência e enfermagem: caminhos de superação para o estresse. Sociedade Brasileira de Resiliência (SOBRARE). Resiliência e enfermagem: caminhos de superação. São Paulo: SOBRARE, caderno, v. 2, 2011.

CAMARGO, Brigido Vizeu; JUSTO, Ana Maria. IRAMUTEQ: um software gratuito para análise de dados textuais. Temas em psicologia, v. 21, n. 2, p. 513-518, 2013. DOI: https://doi.org/10.9788/TP2013.2-16

CAVALCANTE, Francisco et al. Intervenções para promoção da saúde mental durante a pandemia da COVID-19. Psicologia Saúde & Doenças, v. 21, n. 3, p. 582-593, 2020. http://dx.doi.org/10.15309/20psd210304 DOI: https://doi.org/10.15309/20psd210304

CHIN, Weishan et al. Workplace justice and intention to leave the nursing profession. Nursing ethics, v. 26, n. 1, p. 307-319, 2019. http://dx.doi.org/10.1177/0969733016687160 DOI: https://doi.org/10.1177/0969733016687160

CORTESE, Claudio Giovanni et al. Predictors of critical care nurses’ intention to leave the unit, the hospital, and the nursing profession. Open Journal of Nursing, v. 2, n. 3A), p. 311-326, 2012. http://dx.doi.org/10.4236/ojn.2012.223046 DOI: https://doi.org/10.4236/ojn.2012.223046

DAL’BOSCO, Eduardo Bassani et al. A saúde mental da enfermagem no enfrentamento da COVID-19 em um hospital universitário regional. Revista Brasileira de enfermagem, v. 73, 2020. https://doi.org/10.1590/0034-7167-2020-0434 DOI: https://doi.org/10.1590/0034-7167-2020-0434

DA SILVA, Adelaide Mariele Pereira et al. Fatores de motivação e insatisfação da equipe de enfermagem no trabalho em saúde. 2021.

FERNANDEZ, Michelle et al. Condições de trabalho e percepções de profissionais de enfermagem que atuam no enfrentamento à covid-19 no Brasil. Saúde e Sociedade, v. 30, 2021. https://doi.org/10.1590/S0104-12902021201011 DOI: https://doi.org/10.1590/s0104-12902021201011

FERREIRA, S. Auditoria ao Stresse no contexto Laboral: uma proposta de intervenção nos Riscos Psicossociais. Revista Portuguesa de Saúde Ocupacional online, v. 12, p. 1-13, 2021. http://dx.doi.org/10.31252/RPSO.10.07.2021 DOI: https://doi.org/10.31252/RPSO.10.07.2021

HAYES, Laureen J. et al. Nurse turnover: a literature review–an update. International journal of nursing studies, v. 49, n. 7, p. 887-905, 2012. http://dx.doi.org/10.1016/j.ijnurstu.2011.10.001 DOI: https://doi.org/10.1016/j.ijnurstu.2011.10.001

LIMA, Douglas Bertoloto; DE FREITAS, Clarissa Pinto Pizarro. Características sociodemográficas, engajamento e workaholism em profissionais de enfermagem. Revista Recien-Revista Científica de Enfermagem, v. 11, n. 35, p. 03-13, 2021. https://doi.org/10.24276/rrecien2021.11.35.3- DOI: https://doi.org/10.24276/rrecien2021.11.35.3-13

MACHADO, Maria Helena. Perfil da enfermagem no Brasil. Rio de Janeiro: COFEn, Fiocruz, 2017.

MENDES, Felismina Rosa Parreira et al. Social representations of nursing students about hospital assistance and primary health care. Revista Brasileira de Enfermagem, v. 69, p. 343-350, 2016. https://doi.org/10.1590/S1980-220X2017015003353 DOI: https://doi.org/10.1590/0034-7167.2016690218i

NASCIMENTO, Jaqueline Oliveira Valdeviño et al. Trabalho em turnos de profissionais de enfermagem e a pressão arterial, burnout e transtornos mentais comuns. Revista da Escola de Enfermagem da USP, v. 53, 2019. https://doi.org/10.1590/S1980-220X2018002103443 DOI: https://doi.org/10.1590/s1980-220x2018002103443

NORONHA, Maria Glícia Rocha da Costa et al. Resiliência: nova perspectiva na promoção da saúde da família? Ciência & Saúde Coletiva, v. 14, p. 497-506, 2009. https://doi.org/10.1590/S1413-81232009000200018 DOI: https://doi.org/10.1590/S1413-81232009000200018

KASEMY, Zeinab A. et al. Prevalence of Workaholism among Egyptian healthcare workers with assessment of its relation to quality of life, mental health and burnout. Frontiers in Public Health, v. 8, p. 581373, 2020. http://dx.doi.org/10.3389/fpubh.2020.581373 DOI: https://doi.org/10.3389/fpubh.2020.581373

SILVEIRA, Renata Cristina da Penha; DA SILVA, Isabely Karoline; MININEL, Vivian Aline. Qualidade de vida e sua relação com o perfil sociodemográfico e laboral de trabalhadores de enfermagem hospitalar. Enfermería Actual de Costa Rica, n. 41, 2021.

SCHAUFELI, Wilmar B. Heavy work investment, personality and organizational climate. Journal of Managerial Psychology, v. 31, n. 6, p. 1057-1073, 2016. . https://doi.org/10.1108/JMP-07-2015-0259 DOI: https://doi.org/10.1108/JMP-07-2015-0259

SCHAUFELI, Wilmar B.; DESART, Steffie; DE WITTE, Hans. Burnout Assessment Tool (BAT)—development, validity, and reliability. International journal of environmental research and public health, v. 17, n. 24, p. 9495, 2020. https://doi.org/10.3390/ijerph17249495 DOI: https://doi.org/10.3390/ijerph17249495

SILVA, Silmar Maria da et al. Fatores relacionados à resiliência em trabalhadores de enfermagem no contexto hospitalar. Revista da Escola de Enfermagem da USP, v. 54, 2020. http://dx.doi.org/10.1590/S1980-220X2018041003550 DOI: https://doi.org/10.1590/s1980-220x2018041003550

SILVA, Raimunda Magalhães da et al. Precarização do mercado de trabalho de auxiliares e técnicos de Enfermagem no Ceará, Brasil. Ciência & Saúde Coletiva, v. 25, p. 135-145, 2019. https://doi.org/10.1590/1413-81232020251.28902019 DOI: https://doi.org/10.1590/1413-81232020251.28902019

SILVEIRA, Renata Cristina da Penha; DA SILVA, Isabely Karoline; MININEL, Vivian Aline. Qualidade de vida e sua relação com o perfil sociodemográfico e laboral de trabalhadores de enfermagem hospitalar. Enfermería Actual de Costa Rica, n. 41, 2021. http://dx.doi.org/10.15517/revenf.v0i41.44769 DOI: https://doi.org/10.15517/revenf.v0i41.44769

SOUSA, Kayo Henrique Jardel Feitosa et al. Fatores associados aos riscos de adoecimento da equipe de enfermagem no trabalho em instituição psiquiátrica. Revista Latino-Americana de Enfermagem, v. 28, 2020. https://doi.org/10.1590/1518-8345.3454.3235 DOI: https://doi.org/10.1590/1518-8345.3454.3235

SOUZA, Diego de Oliveira et al. O trabalho de Enfermagem a partir da experiência de enfermeiras da linha de frente contra Covid-19: na trilha da precarização. Interface-Comunicação, Saúde, Educação, v. 27, p. e230021, 2023. https://doi.org/10.1590/interface.230021 DOI: https://doi.org/10.1590/interface.230286

SUSSMAN, Steven. Workaholism: A review. Journal of addiction research & therapy, n. 1, 2012. http://dx.doi.org/10.4172/2155-6105.S6-001 DOI: https://doi.org/10.4172/2155-6105.S6-001

RUDMAN, Ann; GUSTAVSSON, Petter; HULTELL, Daniel. A prospective study of nurses’ intentions to leave the profession during their first five years of practice in Sweden. International journal of nursing studies, v. 51, n. 4, p. 612-624, 2014. https://doi.org/10.1016/j.ijnurstu.2013.09.012 DOI: https://doi.org/10.1016/j.ijnurstu.2013.09.012

Published

2024-03-29

How to Cite

Lima, D. B., Freitas, C. P. P. de, Prata-Ferreira, P. A., & Rodrigues, J. de C. (2024). Adição ao trabalho e engajamento em profissionais de enfermagem com formações paralelas. Caderno Pedagógico, 21(3), e3533. https://doi.org/10.54033/cadpedv21n3-250

Issue

Section

Articles