O(a) professor(a) com deficiência da educação básica nos estudos da pós-graduação brasileira: uma análise integrativa

Authors

  • Valber de Resende Taveira
  • Luiz Paulo Ribeiro

DOI:

https://doi.org/10.54033/cadpedv21n3-240

Keywords:

Professor com Deficiência, Inclusão, Revisão Integrativa, Pós-Graduação

Abstract

Ao considerarmos que as preocupações a respeito da escola se dão em torno dos processos de ensino e aprendizagem, a figura do professor se torna um dos temas centrais em diferentes investigações e, nesse contexto, vai se inserir a pessoa com deficiência (PCD) que trabalha na função de professor. Ao longo da história da humanidade, a PCD vai quase sempre estar segregada e diferentes abordagens vão dar base a esse comportamento social, até que surja na atualidade o modelo social da deficiência (e da inclusão). Esse modelo preconiza que as limitações não estão nas pessoas com deficiência, mas sim na sociedade que se mostra ineficiente em eliminar as barreiras que impedem as PCDs de acessar direitos básicos como saúde, educação e locomoção. Este artigo se dedica a analisar os trabalhos de pós-graduação brasileiros a respeito dessa figura através de uma revisão integrativa de literatura, de forma a se conhecer a produção acadêmica nos programas de pós-graduação brasileiros sobre o tema. Foi realizada uma busca de trabalhos no banco de teses e dissertações da Capes, disponíveis através plataforma Sucupira, com os descritores “professor com deficiência” no período de 2002 a 2023 e que tivessem o professor com deficiência da educação básica como tema de estudo. Dessa busca, foram selecionadas 13 dissertações que atendiam aos parâmetros busca e nenhuma tese. As dissertações foram analisadas, tiveram seus elementos de concordância categorizados e apresentados nesta análise. Das conclusões destaca-se o fato que todos os trabalhos tratam em algum momento das dificuldades/desafios percebidos pelos professores com deficiência para a realização do seu trabalho, sendo esse enfoque predominante nas dissertações analisadas.

References

AMADO, J.; FERREIRA, S. Entrevista na investigação qualitativa. In: AMADO, J. Manual de investigação qualitativa em educação. Coimbra: Imprensa da Universidade de Coimbra, 2017. p. 209-227.

ARAUJO, N. R. D. O Trabalho De Professoras Com Deficiência Visual: Uma Análise Político-Social Da Inclusão Profissional Na Rede Regular De Ensino De Belo Horizonte. Belo Horizonte: Universidade Federal de Minas Gerais, 2020.

FIGUEIREDO, P. S. M. Trajetória De Vida E Atuação Docente De Professores Com Deficiência No Município De Campos Dos Goytacazes/Rj. Campos dos Goytacazes: Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro, 2019.

FRANÇA, G. S.; MARTINS, B. G. Pessoas com deficiência: definição, tipos, e trajetória histórica. Anais do Encontro Toledo de Iniciação Científica Prof. Dr. Sebastião Jorge Chammé. Presidente Prudente: Centro Universitário Antônio Eufrásio de Toledo. 2019.

JUNIOR, M. C. D. S. Histórias E Percepções De Um Professor De Matemática Com Deficiência Física. Belém: Universidade Federal do Pará, 2020.

KLAUMANN, M. Formação e Práxis do Educador Cego ou com Baixa Visão de Manaus. Curitiba: Universidade Federal do Paraná, 2009.

LEMOS, C. D. Formação e Práxis do Educador Cego ou com Baixa Visão de Manaus. Manaus: Universidade Federal do Amazonas, 2008.

LIMA, C. K. T. D. O Ensino De Arte Da Educação Básica À Formação Docente: Relatos De Professoras Com Deficiência. Londrina: Universidade Norte do Paraná, 2017.

MARIANO, C. A. B. D. S. Formação Continuada Na/Da Escola: Contribuições Para A Inclusão De Crianças E De Professores Com Deficiência Na Educação Infantil. Alegre: Universidade Federal do Espírito Santo, 2018.

MARTINS, N. A.; BORGES, G.. O corpo com deficiência: uma reflexão sobre os modelos de saúde. Saúde e Pesquisa, p. 378-185, 2012.

OLIVEIRA, M. D. S. Exercício Profissional Do Professor Com Deficiência Visual (Cego Ou Baixa Visão): Acessibilidade Para Quem? Chapecó: Universidade Comunitária da Região de Chapecó, 2021.

ROMA, A. D. C. A Trajetória De Formação E Atuação Profissional De Professores Com Deficiência Visual. Taubaté: Universidade de Taubaté, 2020.

SANTOS, C. R. D. Professores com deficiência no município de Vitória: Vidas que compõem histórias. Vitória: Universidade Federal do Espírito Santo, 2013.

SANTOS, R. D. Estratégias De Ensino De Um Professor Com Deficiência Visual Que Trabalha Com Estudantes Com Deficiência Em Uma Escola Pública Do Mato Grosso. Lajeado: Universidade de Vale do Taquari, 2022.

SILVA, O. M. D. Epopéia Ignorada: a Pessoa Deficiente na História do Mundo de Ontem e de Hoje. São Paulo: CEDAS, 1986.

SOUZA, M. T. D.; SILVA, M. D. D.; CARVALHO , D. Revisão integrativa: O que ée como fazer. Einstein, p. p. 102-106, 2010. Disponivel em: <https://www.scielo.br/j/eins/a/ZQTBkVJZqcWrTT34cXLjtBx/?lang=pt#>. Acesso em: 14 mar. 2024.

THOMAZ, D. Os Desafios Do Trabalho Docente Pela Voz De Professores Com Deficiência. Joinville: Universidade Norte do Paraná, 2016.

Published

2024-03-29

How to Cite

Taveira, V. de R., & Ribeiro, L. P. (2024). O(a) professor(a) com deficiência da educação básica nos estudos da pós-graduação brasileira: uma análise integrativa. Caderno Pedagógico, 21(3), e3522. https://doi.org/10.54033/cadpedv21n3-240

Issue

Section

Articles