Cuidados na prevenção de infecções relacionadas a corrente sanguínea e ao uso de catéter venoso central

Authors

  • Cecilia Lucas Lopes
  • Ana Quitéria Fernandes Ferreira
  • Patrícia Rodrigues Pereira
  • Renato Batista da Silva
  • Marcelo Barros de Valmoré Fernandes
  • Camila Silva Torre Militão
  • Leônidas Nelson Martins Júnior
  • Maria Alice de Abreu Silva
  • Vívian Lopes Miele
  • Aline Moreira Santana

DOI:

https://doi.org/10.54033/cadpedv21n3-209

Keywords:

Infecção, Prevenção, Cuidado

Abstract

As IRAS, são infecções adquiridas pelo paciente durante ou após algum procedimento relacionado a assistência a saúde, independente do âmbito assistencial. Acometendo o paciente e levando a várias complicações, quando essas infecções estão relacionadas a inserção ou manipulação de cateteres, tubos, sondas entre outros, recebem a denominação IRAS por dispositivo invasivo. A prevenção de infecção associada a um cateter venoso central é um grande desafio e a equipe de enfermagem tem um papel fundamental para prevenção e adoção de medidas seguras para controlar esse dano. Tem-se por objetivo: analisar produções científicas sobre o uso de cateter central e sua relação com as infecções venosas. O enfermeiro como agente minimizador dos riscos é de suma importância na manutenção da qualidade assistencial para o paciente, uma vez que esses profissionais precisam basear suas ações de cuidados em evidências científicas. Assim como, estimular a  educação e a incorporação de ações em conjunto no cuidado das infecções é a melhor maneira de prestar assistência aos pacientes portadores de tal dispositivo, promovendo maior segurança e reduzindo custos de uma possível internação prolongada devido às infecções relacionadas à assistência à saúde. Conclui-se que, a participação do enfermeiro como agente minimizador dos riscos é de suma importância na manutenção da qualidade assistencial para o paciente, uma vez que esses profissionais precisam basear suas ações de cuidados em evidências científicas. Assim como, estimular a  educação e a incorporação de ações em conjunto no cuidado das infecções é a melhor maneira de prestar assistência aos pacientes portadores de tal dispositivo, promovendo maior segurança e reduzindo custos de uma possível internação prolongada devido às infecções relacionadas à assistência à saúde.

References

BRASIL. Medidas de Prevenção de Infecção Relacionada à Assistência à Saúde. Série Segurança do Paciente e Qualidade em Serviços de Saúde. Agência nacional DE Vigilância Sanitária – ANVISA. 2017. Disponível em: https://www.gov.br/anvisa/pt-br/centraisdeconteudo/publicacoes/servicosdesaude/publicacoes/caderno-4-medidas-de-prevencao-de-infeccao-relacionada-a-assistencia-a-saude.pdf.

BRASIL. Programa Nacional de Prevenção e Controle de Infecções Relacionadas à Assistência à Saúde (PNPCIRAS) 2021 a 2025. Ministério da Saúde. Agência Nacional de Vigilância Sanitária – ANVISA.BRASIL. 2021. Disponível em: https://www.gov.br/anvisa/ptbr/centraisdeconteudo/publicacoes/servicosdesaude/publicacoes/pnpciras_2021_2025.pdf.

DANTAS, G.D. et al. Adesão da equipe de enfermagem às medidas de prevenção de infecções de corrente sanguínea. Revista de enfermagem UFPE on line, v. 11, n. 10, p. 3698-3706, 2017. Disponível em: https://periodicos.ufpe.br/revistas/index.php/revistaenfermagem/article/view/15018/pdf_.

FARIA, R.V., et. al. Infecção de corrente sanguínea relacionada a cateter venoso central: avaliação dos fatores de riscos. Brazilian Journal of Health Review, Curitiba, v.4, n.3, p. 10143-10158 may./jun. 2021. Disponível em: DOI:10.34119/bjhrv4n3-046. DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv4n3-046

MAEDA, A.G. da S.N. Avaliação dos casos de infecção por bactérias isoladas em hemoculturas de um hospital filantrópico: estratégia de enfrentamento da infecção de corrente sanguínea associada ao cateter venoso central. 2019. Dissertação (Mestrado em Enfermagem Fundamental) - Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto, Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2019. Disponível em: doi:10.11606/D.22.2019.tde-23102019-145426. DOI: https://doi.org/10.11606/D.22.2019.tde-23102019-145426

MARTINS, P. et al. Cuidados para prevenção de infecção de corrente sanguínea em terapia intensiva adulto. Revista Eletrônica Acervo Saúde, v. 23, n. 5, p. e12286, 31 maio 2023. DOI: https://doi.org/10.25248/reas.e12286.2023

NETO, L.V. et. al. Prevenção e controle de infecções: cateter venoso central em unidade de terapia intensiva adulto. Revista Brasileira Interdisciplinar de Saúde ReBIS; 2(4):75-81. 2020. Disponível em: https://faculdadejk.edu.br/wp-content/uploads/2022/05/152-Texto-do-Artigo-371-1-10-20201124.pdf.

SANTOS, B.D. Adoção de Bundles como estratégia para redução de infecção de corrente sanguínea. Pontifícia Universidade Católica de Gois. Escola de Ciências Sociais. Goiana. 2021. Disponível em: https://repositorio.pucgoias.edu.br/jspui/bitstream/123456789/2931/1/TCC-%20ADO%C3%87AO%20DOS%20BUNDLES%20COMO%20ESTRATEGIA%20PARA%20.

SANTOS, J. N. dos; VADOR, R. M. F.; CUNHA, F. V.; BARBOSA, F. A. F. Atuação do enfermeiro na prevenção da infecção associada a Cateter Venoso Central (CVC)/ Nurse’s performance in the prevention of infection associated with Central Venous Catheter (CVC). Brazilian Journal of Health Review, [S. l.], v. 4, n. 3, p. 12328–12345, 2021. Disponível em: https://ojs.brazilianjournals.com.br/ojs/index.php/BJHR/article/view/30859. Acesso em: 17 feb. 2024 DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv4n3-209

SILVA, M.M.M; OLIVEIRA-FIGUEIRÊDO, D.S.T.; CAVALCANTI, A.C; NASCIMENTO, L.C. Bloodstream infections related to central catheters: un-derstanding and practice of the nursing team. 2021 jan/dez; 13:640-645. Disponível em: DOI: http://dx.doi.org/0.9789/2175-5361.rpcfo.v13.9376 DOI: https://doi.org/10.9789/2175-5361.rpcfo.v13.9376

Published

2024-03-27

How to Cite

Lopes, C. L., Ferreira, A. Q. F., Pereira, P. R., Silva, R. B. da, Fernandes, M. B. de V., Militão, C. S. T., Martins Júnior, L. N., Silva, M. A. de A., Miele, V. L., & Santana, A. M. (2024). Cuidados na prevenção de infecções relacionadas a corrente sanguínea e ao uso de catéter venoso central . Caderno Pedagógico, 21(3), e3432. https://doi.org/10.54033/cadpedv21n3-209

Issue

Section

Articles