Impactos decorrentes do turismo e do lazer na Praia da Graciosa em Palmas, Tocantins

Authors

  • Eduardo Almeida do Vale
  • Rosane Balsan
  • José Marcelo Martins Medeiros
  • Mafalda Fabiene Ferreira Pantoja
  • João da Costa Pantoja

DOI:

https://doi.org/10.54033/cadpedv21n3-160

Keywords:

Turismo de Praia, Impactos Ambientais, Praias Fluviais, Praias Artificiais

Abstract

O turismo possui potencial para se tornar uma atividade sustentável e economicamente viável quando é cuidadosamente planejado. Em Palmas, foram criadas cinco praias artificiais, incluindo a Praia da Graciosa, Praia do Prata, Praia dos Buritis, Praia do Caju e Praia das Arnos, todas com expressivo potencial turístico que atrai muitos visitantes durante todo o ano. O estudo dos processos que envolvem as praias fluviais de Palmas, os impactos decorrentes do seu uso, assim como o seu potencial para o desenvolvimento da economia local, os processos de planejamento e gestão e políticas públicas, bem como os impactos antropogênicos, evidenciam uma demanda urgente e necessária para apontar caminhos para o desenvolvimento sustentável do turismo local. O objetivo deste estudo é analisar os impactos socioeconômicos e ambientais do uso e ocupação na Praia da Graciosa em Palmas - TO. Durante a temporada de 2022, foi conduzida uma coleta de dados por meio de pesquisa de campo para avaliar o perfil socioeconômico dos visitantes. Para isso, foram utilizadas entrevistas semiestruturadas, seguindo um roteiro predefinido. Os resultados da pesquisa revelam uma visão predominante entre os entrevistados de que os impactos ambientais na Praia da Graciosa são negativos, especialmente na qualidade da água. No aspecto social, destaca-se a percepção negativa sobre os impactos do turismo, evidenciando um aumento da desigualdade social devido à elitização do comércio local. Esses impactos encontram-se intrinsecamente relacionados à atividade turística, uma vez que a concentração da demanda por espaços de lazer, a infraestrutura criada para esse fim e o investimento na beleza da região resultaram nos impactos negativos mencionados, com a possibilidade de surgirem impactos adicionais, dada a rápida expansão da área.

References

ALVES, Raimundo Nonato de Pinho; BARROS, Luciano Cintrão. Avaliação Socioambiental dos Frequentadores da Praia de Muro Alto, Município de Ipojuca–PE. REMEA-Revista Eletrônica do Mestrado em Educação Ambiental, v. 28, 2012.

BRITO, N.F.C. Aspectos da dinâmica de resíduos sólidos nas praias de Jardim Armação, Salvador, Bahia. Monografia de graduação. Universidade Católica do Salvador, Salvador, BA, Brasil, 2009.

CALDAS, A.H.M. Análise da disposição de resíduos sólidos e da percepção de usuários em áreas costeiras – um potencial de degradação ambiental. Monografia de conclusão de pós-graduação. Universidade Federal da Bahia, Salvador, BA, Brasil, 2007.

SANTANA NETO, Sérgio; SILVA, Iracema; CERQUEIRA, Maria; TINÔCO, Moacir. Perfil sócioeconômico de usuários de praia e percepção sobre a poluição por lixo marinho: Praia do Porto da Barra, BA, Brasil. Revista de Gestão Costeira Integrada-Journal of Integrated Coastal Zone Management, v. 11, n. 2, p. 197-206, 2011.

SENNA, M. A aplicabilidade do índice de qualidade de vida, da pegada ecológica do turismo e dos indicadores de sustentabilidade da organização das nações unidas para destinos turísticos de pequeno porte: um estudo de caso no Jalapão – TO. Tese. Ipen – Autarquia Associada à Universidade de São Paulo, São Paulo, 2016.

FERREIRA, Seila; COSTA, Madalena; COSTA, Vanda; BEZERRA, Valdenir; SILVA, Rita. História dos Povos Reassentados da Comunidade Mundo Novo de Miracema do Tocantins. Humanidades & Inovação, v. 7, n. 16, p. 433-442, 2020.

LIRA, Letícia Silva de. Impactos sociais do turismo no município de Alto Paraíso de Goiás (GO). Monografia de Graduação em Turismo. Universidade de Brasília, UnB, 2017.

VALE, Eduardo; SENNA, Mary; DUTRA, Veruska; PESTANA, Fernanda. Análise dos impactos ambientais pós-temporadas da Praia da Graciosa em Palmas-TO/Brasil. Revista Acadêmica Observatório de Inovação do Turismo, V. 14, n. 2, p. 82-102, 2020. Núcleo de Pesquisa em Turismo da Unigranrio. http://dx.doi.org/10.17648/raoit.v14n2.5795

Published

2024-03-22

How to Cite

Vale, E. A. do, Balsan, R., Medeiros, J. M. M., Pantoja, M. F. F., & Pantoja, J. da C. (2024). Impactos decorrentes do turismo e do lazer na Praia da Graciosa em Palmas, Tocantins. Caderno Pedagógico, 21(3), e3334. https://doi.org/10.54033/cadpedv21n3-160

Issue

Section

Articles