A ética, o amor e o afeto no processo de superação da angústia da adolescência na perspectiva freudiana

Authors

  • Ademilson Marques de Oliveira

DOI:

https://doi.org/10.54033/cadpedv21n3-120

Keywords:

Psicanálise, Freud, Adolescência

Abstract

Neste trabalho, reflete-se sobre a angústia da adolescência na perspectiva da Psicanálise Freudiana. Promove-se o diálogo entre temas relacionados à existência humana, tais como ética, afeto e amor. Dessa forma, propôs-se uma investigação voltada para as Ciências Humanas, focalizando-se a fase da adolescência sob o olhar de Sigmund Freud, a fim de se responder a seguinte questão: por que a busca da identidade gera angústias no período da adolescência? Logo, este estudo tem como objetivos estudar a angústia do adolescente e verificar se os inúmeros conflitos emocionais vividos nesta fase decorrem dela. É na adolescência que o sujeito desenvolve os pré-requisitos de crescimento fisiológico, maturidade mental e responsabilidade social que o preparam para experimentar e superar a angústia e ultrapassar a crise de identidade. De tal forma, o procedimento metodológico adotado foi a análise bibliográfica. Esta pesquisa se caracteriza como qualitativa. Conclui-se que ela poderá colaborar com o processo de compreensão de questões próprias dos adolescentes, principalmente, no relacionamento consigo mesmo, com o outro, com a natureza e com o mundo.  Portanto, esta pesquisa poderá auxiliar a sociedade e a academia em vários aspectos, como no processo de análise dos adolescentes em processos de terapia psicanalítica, nos tratamentos de sintomas causadores de angústia, na mediação reflexiva de descoberta do que o adolescente é e o que ele quer na sociedade. Ela poderá ser de alta relevância para a academia, visto que as reflexões realizadas neste estudo visam colaborar para pensarmos o processo de ensino e aprendizagem para os adolescentes. Pois, conhecendo qualitativamente este público, é possível desenvolver práticas de aprendizagens mais dinâmica e prazerosa por meio de intervenções adequadas a cada caso. Consequentemente, espera-se que os resultados das aprendizagens sejam mais eficientes e eficazes.

References

ABBGNANO, Nicola. Dicionário de Filosofia. Alfredo Bosi (Trad.). São Paulo: Martins Fontes, 2007.

BONIFACIO, Cláudia Maria. Ética – Ética - O que significa Ethos? Disponível em: 27 nov. 2009.<https://www.webartigos.com/artigos/etica-o-que-significa-ethos/28870>. Acessado em: 26 set. 2023.

BRITTO, Arthur Heller. O conhecimento afetivo em Tomás de Aquino [Affective knowledge by Thomas Aquinas]. Revista Ágora Filosófica, [S.l.], v. 1, n. 1, p. 7-14, jan. 2012. ISSN 1982-999X. Disponível em: <http://www.unicap.br/ojs/index.php/agora/article/view/40/24>. Acesso em: 20 fev. 2024. doi: https://doi.org/10.25247/P1982-999X.2010.v1n1.p7-14.

DIAS, Sandra. A Inquietante estranheza do corpo e o diagnóstico na adolescência. Psicologia USP, v. 11, n. 1, p. 119-135, 1 jan. 2000. Disponível em:< https://www.revistas.usp.br/psicousp/article/view/108083/0>. Acessado em: 20 fev. 2024.

FREUD, Sigmund, 1856 1939. Obras completas, volume 17: Inibição, sintoma e angústia, O futuro de uma ilusão e outros textos (1926 1929). Tradução Paulo César de Souza. — 1 a ed. — São Paulo: Companhia das Letras, 2014. Disponível em: <https://www.companhiadasletras.com.br/trechos/13383.pdf>. Acessado em: 16 fev.2024.

________. O Futuro de uma Ilusão, O Mal-Estar da Civilização e Outros Trabalhos (1927/2015). Disponível em: <http://conexoesclinicas.com.br/wp-content/uploads/2015/01/freud-sigmund-obras-completas-imago-vol-21-1927-1931.pdf>. Acessado em: 15 fev. 2024.

________. Um Estudo Autobiográfico; Inibições, Sintomas e Ansiedade e A Questão da Análise Leiga. (1925-26) Rio de Janeiro: Imago, 1976. ESB vol. XX.

GERHARDT, Tatiana Engel; SILVEIRA, Denise Tolfo Silveira. Métodos de Pesquisa. Porto Alegre: Editora da UFRGS. Disponível no ano de 2009, em: <http://www.ufrgs.br/cursopgdr/downloadsSerie/derad005.pdf>. Acesso em: 14 fev. 2024.

MARTINS, Ana Rita. A Busca da Identidade na Adolescência. Disponível em: 01 março de 2010.< https://novaescola.org.br/conteudo/401/a-busca-da-identidade-na-adolescencia>. Acessado em: 29/ fev. 2024.

MURTA, Cláudia; PESSOA, Fernando. Angústia em filosofia e psicanálise. Vitória: Universidade Federal do Espírito Santo, Secretaria de Ensino a Distância, 2017.

MURTA, Cláudia. A Angústia entre a Psicanálise e a Tecnociência [recurso eletrônico]. Vitória: Universidade Federal do Espírito Santo, 2017.

KOOGAM, Abrahão; HOUAISS, Antônio. Enciclopédia e Dicionário Ilustrado da Língua Portuguesa. Rio de Janeiro, Ed. Delta, 1997.

PAUSEIRO, E. et al. Angústia na Adolescência. Disponível em 2009. <https://www.redalyc.org/pdf/3498/349832320026.pdf>. Acessado em: 25 set. 2023.

PERES, Daniel Omar. Ética da psicanálise. Vitória: Universidade Federal do Espírito Santo, Secretaria de Ensino a Distância, 2017.

RAMOS, Graciliano. Angústia. Campinas, SP. Editora Folha, 2003.

ROCHA, Zeferino. Os destinos da angústia na psicanálise freudiana. Perdizes, SP Editora Escuta, 2000.

ROUDINESCO, Elisabeth; PLON, Michel. Dicionário de Psicanálise. Rio de Janeiro: Zahar, 1998. Disponível em: <http://professor.pucgoias.edu.br/SiteDocente/admin/arquivosUpload/8941/material/Roudinesco_Elisabeth_Plon_Michel_Dicionario_de_psicanalise_1998.pdf>. Acessado em: 20 fev.2024.

SPARANO, Maria Cristina de Távora. Epistemologia da Psicanálise. Vitória, ES: UFES, 2017.

Published

2024-03-20

How to Cite

Oliveira, A. M. de. (2024). A ética, o amor e o afeto no processo de superação da angústia da adolescência na perspectiva freudiana. Caderno Pedagógico, 21(3), e3263. https://doi.org/10.54033/cadpedv21n3-120

Issue

Section

Articles