Atuação benéfica do fungo entomopatogênico Metarhizium anisopliae em mudas pré-brotadas de cana-de-açúcar infectadas com Fusarium

Authors

  • Thiago Marcel Olinto
  • Rachel Reis da Silva
  • Angela Lima Menêses de Queiroz
  • Roberto Balbino da Silva
  • Pedro Henrique Neves de Souza
  • Márcia Michelle de Queiroz Ambrósio
  • Márcia Aparecida Cezar

DOI:

https://doi.org/10.54033/cadpedv21n3-085

Keywords:

Controle Biológico, Promoção de Crescimento, Qualidade, Rendimento

Abstract

Dentre as doenças que limitam a qualidade de produção da cana-de-açúcar, as podridões do colmo merecem atenção devido às perdas que podem ocorrer na indústria. Comumente, o manejo é feito a partir de aplicações de fungicidas, no entanto, o uso de microrganismos antagonistas constitui-se em um método alternativo de controle, pois não acarreta contaminações no ambiente e nem para o aplicador. Metarhizium anisopliae, um agente microbiano de extrema importância no controle de pragas, tem mostrado, potencial efeito inibidor sobre Fusarium spp, patógeno causador da podridão. Objetivou-se avaliar o efeito de M. anisopliae sobre o crescimento inicial da cana-de-açúcar com interação de Fusarium spp. Gemas de colmos sadios de cana-de-açúcar variedade RB867515 foram lavados e submetidos à desinfestação superficial em solução de hipoclorito de sódio e seguida do álcool 70%. Em seguida, ficaram em suspensão de 1x105 esporos/ml de Fusarium, por 30 minutos e foram plantadas em vasos contendo solo devidamente infestado com suspensão de 1x108 esporos/ml de Metarhizium., onde foram realizados os seguintes tratamentos sem aplicação Metarhizium e Fusarium (T0); aplicação de Metarhizium (T1); aplicação de Metarhizium e Fusarium (T2); e aplicação de Fusarium (T3).  Foi utilizado um DIC, de quatro tratamentos e cinco repetições, com as avaliações de altura dos colmos, espessura e quantidade de folhas, feitas nos intervalos de 21, 42 e 62 dias. Posteriormente foram avaliados o peso fresco e seco da parte aérea e das raízes e comprimento das raízes. Plantas tratadas com Metarhizium (T1) tiveram a maior altura em relação às plantas inoculadas com Fusarium (T4). Plantas tratadas com Metarhizium e Fusarium (T2) tiveram a maior espessura até os 42 dias, além de maior número de folhas, e maior média de peso fresco das raízes. A aplicação de Metarhizium (T1) resultou em maiores pesos frescos e secos da parte aérea das plantas.

References

AHMAD, I., JIMÉNEZ-GASCO, M.D.M., LUTHE, D.S., BARBERCHECK, M.E. Systemic colonization by Metarhizium robertsii enhances cover crop growth. Journal of Fungi. 6(64), 1-16. 2020 DOI: https://doi.org/10.3390/jof6020064

ALVES, Gabriel S. Fungos promotores de crescimento do feijoeiro, micorriza arbuscular e atributos bioquímicos do solo. 2019. Dissertação (Mestrado em Qualidade Ambiental) - Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, MG, 22 Fev 2019. Disponível em: https://repositorio.ufu.br/bitstream/123456789/25201/1/FungosPromotoresCrescimento.pdf. Acesso em: 30 ago 2023.

AMANDIO, Dylan, T.T. Avaliação de isolados de Metarhizium spp. (Ascomycota: Hypocreales) nativos de Santa Catarina na promoção de crescimento de gramíneas (Poacea) forrageiras e antagonismo a Spodoptera frugiperda (Lepidoptera: Noctuidae). 2022. Dissertação (Mestrado em Ciências) - Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, SC, 10 nov 2022. Disponível em: https://repositorio.ufsc.br/bitstream/handle/123456789/242670/PRGV0379-D.pdf?sequence=-1&isAllowed=y. Acesso em 17 ago 2023.

CENTRO DE TECNOLOGIA CANAVIEIRA - CTC. Pragas e doenças da cana-de-açúcar. 2018. Disponível em:https://ctc.com.br/produtos/wpcontent/uploads/2018/07/Caderneta-de-Pragas-e-Doen%C3%A7as-da-Cana-dea%C3%A7%C3%BAcar-CTC.pdf>Acesso em 23 ago. 2022.

COMPANHIA NACIONAL DE ABASTECIMENTO - CONAB. Acompanhamento da safra brasileira de cana-de-açúcar, Brasília, v.10 – Safra 2022/23, n. 4 - Quarto levantamento, 50 p, Abril 2023. Disponível em: https://www.conab.gov.br/info-agro/safras/cana/boletim-da-safra-de-cana-de-acucar. Acessado em: ago. 2023.

COOK, R. J.; BAKER, K. F. The nature and practice of biological control of plant pathogens. 1. Ed. Saint Paul: APS Press, 1983.

DEZAM, A.P.G.; VASCONCELLOS, V.M.P; LACAVA, T.; FARINAS, C.S. Microbial production of organic acids by endophytic fungi. Biocatalysis and Agricultural Biotechnology, Amsterdam, v. 11, p. 282-287, 2017. Disponível em: https://www.sciencedirect.com/science/article/abs/pii/S1878818117303717. Acesso em: 16 out 2023. DOI: https://doi.org/10.1016/j.bcab.2017.08.001

ELENA, G.J., BEATRIZ, P.J., ALEJANDRO, P., LECUONA, R. Metarhizium anisopliae (Metschnikoff) Sorokin promotes growth and has endophytic activity in tomato plants. Advances in Biological Research. Elmhurst, 5, 22–27, 2011. Disponível em: https://www.researchgate.net/publication/228474280_Metarhizium_anisopliae_Metschnikoff_Sorokin_Promotes_Growth_and_Has_Endophytic_Activity_in_Tomato_Plants. Acesso em: 14 out. 2023.

EMPRESA BRASILEIRA DE PESQUISA AGROPECUÁRIA - EMBRAPA. Pesquisadores identificam fungos que estimulam o crescimento do tomate, 2021. Disponível em: <https://www.embrapa.br/busca-de-noticias/-/noticia/59649663/pesquisadores-identificam-fungos-que-estimulam-o-crescimento-de-tomate>. Acesso em: 28 ago. 2023.

JABER, L.R., ALANANBEH, K.M. Fungal entomopathogens as endophytes reduce several species of Fusarium causing crown and root rot in sweet pepper (Capsicum annuum L.). Biological Control, v. 126, 2018, p.117-126. Disponível em: (https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S1049964418303815). Acesso: 04 dez 2023. DOI: https://doi.org/10.1016/j.biocontrol.2018.08.007

KRELL, V., UNGER, S., JAKOBS-SCHOENWANDT, D., PATEL, A.V. Endophytic Metarhizium brunneum mitigates nutrient deficits in potato and improves plant productivity and vitality. Fungal Ecology, Londres, v. 34, 43–49. 2018. Disponível em: https://www.sciencedirect.com/science/article/abs/pii/S1754504818300539. Acesso em: 11 nov. 2023. DOI: https://doi.org/10.1016/j.funeco.2018.04.002

LIAO, X. G, O'BRIEN, T. R, FANG, W. G. S. T., LEGER, R.J. The plant beneficial effects of Metarhizium species correlate with their association with roots. Applied Microbiology and Biotechnology. Berlim, v. 98, p.7089–7096, 2014. Disponível em: https://link.springer.com/article/10.1007/s00253-014-5788-2. Acesso em 04 ago. 2023. DOI: https://doi.org/10.1007/s00253-014-5788-2

LOPES, L. N. da S.; SILVA, A. S.; PEREIRA, C. C. de O.; MENEZES, I. P. P. de; MALAFAIA, G.; PAZ-LIMA, M. L. da. Sensibilidade de Isolados de Colletotrichum gloeosporioides a Fungicidas. Multi-Science Journal, Urutaí, v. 1, n. 1, p. 106–114, 2018. Disponível em: https://periodicos.ifgoiano.edu.br/multiscience/article/view/46. Acesso em: 10 nov. 2023. DOI: https://doi.org/10.33837/msj.v1i1.46

BRASIL, MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO. Agrofit Consulta Aberta. Disponível em: http://agrofit.agricultura.gov.br/agrofit_cons/principal_agrofit_cons. Acesso em: 03 mai 2023.

MATSUOKA, S. Cana-de-açúcar: do plantio a colheita. Viçosa, Editora UFV, 2016.

MEDEIROS, F.H.V.; SILVA, J.C.P. da; PASCHOLATI, S.F. Controle biológico de doenças de plantas. In: AMORIM, L.; REZENDE, A.M.; BERGAMIN FILHO, A., Manual de fitopatologia: princípios e conceitos. 5ed. Ouro Fino MG: Agronômica Ceres, 2018.

MORAES, W. B. Avanços e desafios no controle químico de doenças. Revista Opiniões. Riveirão Preto, n. 61, p. 56-58, 2020. Disponível em: https://florestal.revistaopinioes.com.br/pt-br/revista/detalhes/14-avancos-e-desafios-no-controle-quimico-de-doenc/#:~:text=O%20controle%20qu%C3%ADmico%20%C3%A9%20uma,no%20campo%20quanto%20em%20viveiros. Acesso em: nov de 2023.

MNYONE, L. L.; RUSSEL, T. L.; LYIMO, I. N.; LWETOIJERA, D. W.; KIRBY, M. J.; LUZ, C. First reportof Metarhizium anisopliae IP 46 pathogenicity in adult Anopheles gambiae s.s. and An. Arabiensis (Diptera: Culicidae). Parasites & Vectors, 1; 2 (1): 59, 2009. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC2791098/. Acesso em 21 nov 2023. DOI: https://doi.org/10.1186/1756-3305-2-59

NANUCI Ricardo L. Aplicação de fungicidas multissítios em mistura e de forma isolada no manejo da resistência de phakopsora pachyrhizi na soja. 2020. Dissertação (Mestrado em Proteção de Plantas) - Instituto Federal Goiano, Urutaí, GO, 03 set 2020. Disponível em: https://repositorio.ifgoiano.edu.br/handle/prefix/1362. Acesso em: 10 nov. 2023.

OLIVEIRA, Ozânia F. Efeito de metarhizium anisopliae sobre fusarium spp. em cana-de-açúcar. 2018. Trabalho de conclusão de curso (Tecnologia em Produção Sucroalcooleira) - Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa, PB, 05 jun 2018.

PAULA, Rafael D. Desenvolvimento inicial e eficiência agronômica de um bioativador na cultura da cana-de-açúcar. 2022. Trabalho de conclusão de curso (Engenharia Agronômica) - Universidade Estadual Paulista, Dracena, SP, 20 jul 2022. Disponível em: https://repositorio.unesp.br/server/api/core/bitstreams/90b1cd02-5220-453a-9206-dc817103af0e/content. Acesso em 11 dez. 2023.

RABUSKE, Jessica E. Trichoderma asperellum no manejo de doenças e na promoção de crescimento de plantas de nogueira-pecã. 2021. Tese (Doutorado em Engenharia Florestal) - Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, RS, 24 mai 2021. Disponível em: https://repositorio.ufsm.br/bitstream/handle/1/23686/TES_PPGEF_2021_RABUSKE_J%c3%89SSICA.pdf?sequence=1&isAllowed=y. Acesso em: 11 dez. 2023.

SANTIAGO, A. D.; ROSSETTO, R. Fitossanidade. 2022. Disponível em :https://www.embrapa.br/agencia-de-informacao-tecnologica/cultivos/cana/producao/manejo/fitossanidade. Acesso em: 23 ago. 2023.

SANTOS JÚNIOR, Amarildo M. Microrganismos eficientes como biofertilizante na cultura da alface. 2022. Trabalho de Conclusão de Curso (Agronomia) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Pato Branco, PR, 09 jun 2022. Disponível em: https://repositorio.utfpr.edu.br/jspui/bitstream/1/29048/1/microrganismoseficientesbiofertilizantealface.pdf. Acesso em: 11 dez 2023.

SASAN, R. K.; BIDOCHKA, M. J. Antagonism of the endophytic insect pathogenic fungus Metarhizium robertsii against the bean plant pathogen Fusarium solani f.sp. phaseoli. Canadian Journal of Plant Pathology, Otawa, v.35, n. 3, p. 288-293, 2013. DOI: https://doi.org/10.1080/07060661.2013.823114

SIQUEIRA, Ana C.O. Uso de Metarhizium spp. na produção de mudas pré-brotadas de cana-de-açúcar e seus efeitos na planta, em pragas e doenças. 2016. Dissertação (Mestrado em Ciências) - Universidade de São Paulo, Piracicaba, SP, 28 jan 2016. Disponível em: https://teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11146/tde-25042016-183101/publico/Ana_Carolina_Oliveira_Siqueira_versao_revisada.pdf. Acesso em: 12 ago 2023.

SHIOMI, H. F.; ACCORDI, S. H.; SABINO, D. C. C. Promoção de crescimento de mudas de eucalipto mediada por bactérias produtoras de auxina. Scientific Electronic Archives, Rondonópolis, v.9, n.4, p. 2016. Disponível em: file:///C:/Users/marci/Downloads/250-Arquivo%20word%20(.docx)-1208-1-10-20160919%20(2).pdf. Acesso em: 20 nov 2023.

SOUTO, A.C.; BELONI, G.D.; AZEVEDO, V.H.; MORAES, C.A.; CAMPOS, D.T.S. Desenvolvimento inicial do milho com uso de microrganismos. Enciclopédia Biosfera, Centro Científico Conhecer - Goiânia, v.17, n.32; p. 277 2020. Disponível em: https://conhecer.org.br/ojs/index.php/biosfera/article/view/36. Acesso em: 30 ago 2023. DOI: https://doi.org/10.18677/EnciBio_2020B60

STATSOFT, Statistica [software]. Versão 5.0. Tulsa: Statsoft, 1995.

TOKESHI, H.; RAGO, A. Cana-de-açúcar. IN: KIMATI, H.; AMORIM, L.; REZENDE, A.M.; BERGAMIN FILHO, A.; CAMARGO, L.E.A. Manual de fitopatologia: doenças das plantas cultivadas. 4 Ed. São Paulo: Agronômica Ceres, 2005.

Published

2024-03-18

How to Cite

Olinto , T. M., Silva , R. R. da, Queiroz , A. L. M. de, Silva , R. B. da, Souza , P. H. N. de, Ambrósio, M. M. de Q., & Cezar, M. A. (2024). Atuação benéfica do fungo entomopatogênico Metarhizium anisopliae em mudas pré-brotadas de cana-de-açúcar infectadas com Fusarium. Caderno Pedagógico, 21(3), e3192. https://doi.org/10.54033/cadpedv21n3-085

Issue

Section

Articles