Adaptação educacional na era contemporânea respondendo à modernidade líquida e às gerações diversificadas

Authors

  • Alessandra Rodrigues Florentino Curã
  • Angélica Giro Valdo
  • Camila Mendes Costa Carvalho
  • Dalvânia Laurindo Alves
  • Emily Silva Maciel Serrano
  • Fabio Junior da Silva
  • Ítalo Martins Lôbo
  • Ianan Eugênia de Carvalho

DOI:

https://doi.org/10.54033/cadpedv21n3-074

Keywords:

Modernidade Líquida, Metodologias Ativas, Gerações Diversas

Abstract

Este trabalho investiga como a educação pode ser ajustada para se alinhar com a Modernidade Líquida, um conceito cunhado por Zygmunt Bauman, e para atender às variadas exigências das gerações de estudantes, que vão dos mais antigos, os Veteranos, até a mais recente, a Geração Alpha. O propósito central deste estudo foi identificar abordagens pedagógicas efetivas em um contexto de mudanças constantes e aceleradas, e uma população estudantil diversificada. Através de uma revisão de literatura, o estudo examinou teorias e práticas educativas pertinentes para compreender tanto as necessidades da sociedade moderna quanto as expectativas das várias gerações de alunos. Os achados indicam a importância de se adotar uma estratégia de ensino adaptável e dinâmica, integrando tecnologia e interatividade para atender às necessidades das gerações mais novas. A pesquisa enfatizou a relevância de adotar metodologias de ensino que sejam ativas e focadas no estudante, além da necessidade de desenvolvimento profissional contínuo para educadores. A conclusão é que a evolução na educação deve levar em conta tanto as características da Modernidade Líquida quanto as necessidades específicas das diferentes gerações, destacando a necessidade de um processo educacional que seja continuamente inovador e adaptável.

References

Bernardo-Rocha, E. E. R., & Arata, R. N. (2010). E-learning. O desenvolvimento do aprendizado eletrônico para treinamento interno: uma proposta para uma instituição de ensino profissionalizante. Anais do III EGEPE – Brasília/DF. Disponível em: https://bit.ly/00vq17sd.

Di Palma, M. S. (2012). Organização de trabalho pedagógico. São Paulo: Editora InterSaberes.

Elias, M. (2010). O que é o Mundo VUCA. Blog. Disponível em: https://bit.ly/amv8sa. Acessado em 14 de setembro de 2023.

Fava, R. (2018). Educação do século 21 requer menos ensino e mais aprendizagem. Disponível em: https://bit.ly/086zgs.

Fonseca, J., et al. (2015). Feedback na prática letiva: Uma oficina de formação de professores. Revista Portuguesa de Educação, 28(1), 171-199. Disponível em: https://bit.ly/j89dgt2.

Gripp, A. (2015). PDCA. Saiba como melhorar produtos e processos. Disponível em: https://bit.ly/t1r0yv2.

Mello, C., Almeda Neto, J., & Petrillo, R. (2002). Educação 5.0 - Educação para o Futuro. São Paulo: Editora Proesso.

SBerbel, N. A. N. (2011). As metodologias ativas e a promoção da autonomia dos estudantes. Semina: Ciências Sociais e Humanas, 32(1), 25-40. Disponível em: https://bit.ly/h7v1ads.

Soares, V. (2022). Diagrama de Ishikawa: o que é, para que serve e como usar. Disponível em: https://bit.ly/s6ha.

Published

2024-03-15

How to Cite

Curã, A. R. F., Valdo, A. G., Carvalho, C. M. C., Alves , D. L., Serrano , E. S. M., Silva, F. J. da, Martins Lôbo, Ítalo, & Carvalho , I. E. de. (2024). Adaptação educacional na era contemporânea respondendo à modernidade líquida e às gerações diversificadas. Caderno Pedagógico, 21(3), e3165. https://doi.org/10.54033/cadpedv21n3-074

Issue

Section

Articles