As dinâmicas do design instrucional e as potencialidades e desafios na educação

Authors

  • Silvana Maria Aparecida Viana Santos
  • Daniela Paula de Lima Nunes Malta
  • Francielle Rodrigues Costa Emiliano
  • Francisco José dos Santos
  • Graciela Brandão da Silva
  • Iraídes Pereira Neto Guimarães

DOI:

https://doi.org/10.54033/cadpedv21n3-073

Keywords:

Design Instrucional, Educação a Distância (EaD), Mídias Digitais, Designer Instrucional, Estratégias Pedagógicas

Abstract

Este artigo científico abordou o tema do Design Instrucional (DI) no contexto da educação contemporânea, visando analisar suas práticas, vantagens e desvantagens, além de destacar o papel fundamental do profissional designer instrucional. Como objetivo principal, buscou-se compreender a interrelação entre esses elementos, promovendo uma visão mais geral do DI e sua aplicação na era da Educação a Distância (EaD). A fundamentação teórica foi embasada em contribuições de autores renomados, como Filatro (2020), Carneiro et al. (2018), e Manovich (2001), proporcionando uma base para a análise crítica das práticas do DI. A metodologia adotada incluiu uma pesquisa bibliográfica, com enfoque na revisão sistemática da literatura, explorando estudos relevantes sobre o tema. A reflexão sobre o papel do profissional designer instrucional revelou a complexidade de suas responsabilidades, indo além da transmissão de informações para a criação de experiências de aprendizado significativas. A análise das mídias digitais no DI destacou a influência cultural dessas tecnologias, ampliando a compreensão sobre sua aplicação pedagógica. As considerações finais consolidaram os objetivos propostos, ressaltando a importância do DI na construção de estratégias instrucionais inovadoras e eficazes, particularmente diante do crescimento da EaD. O estudo contribuiu para uma compreensão do DI, sua relevância na contemporaneidade e o papel vital do profissional designer instrucional, fornecendo subsídios para práticas educacionais inovadoras e alinhadas às demandas do século XXI.

References

Bazzo, B. (2009). O uso dos recursos das novas tecnologias, planilha de cálculo e o geogebra para o ensino de função no Ensino Médio. Em IX Congresso Nacional de Educação. (s.l)

Carneiro, J. R. S., Lopes, A. S. B., & Neto, E. C. (2018). A utilização do Google Sala de Aula na Educação Básica: uma plataforma pedagógica de apoio à Educação Contextualizada. Anais do XXIV Workshop de Informática na Escola (WIE 2018), 1(Cbie), 401. (s.l)

Filatro, A. (2020). Design Instrucional na Prática. p.75. (s.l) Pearson Prentice Hall.

Fontoura, A. M. (2002). EdaDe – Educação de crianças e jovens através do design. [Tese de Doutorado em Engenharia da Produção, Programa de Pós-Graduação em Engenharia da Produção [, Universidade Federal de Santa Catarina. Recuperado de https://repositorio.ufsc.br/bitstream/handle/123456789//186399.pdf. Acessado em: 30 de janweiro de 2024.

Manovich, L. (2001). The language of new media. (s.l). MIT Press.

Prodanov, C. C., & Freitas, E. C. (2013). Metodologia do trabalho científico: métodos e técnicas da pesquisa e do trabalho acadêmico. Novo Hamburgo, RS: Feevale.

Savioli, C., & Torezani, G. (2020). Design Instrucional e Negócio Digital: Como planejar, produzir e publicar um negócio virtual educacional. Brasília: Clube de Autores.

Tobase, L., Peres, H. H. C., Almeida, D. M., Tomazini, E. A. S., Ramos, M. B., & Polastri, T. F. (2017). Design instrucional no desenvolvimento de um curso online sobre Suporte Básico de Vida. p.02. Revista da Escola de Enfermagem da USP, 51, e03288. https://doi.org/10.1590/S1980-220X2016043303288produzir e publicar um negócio virtual educacional. p. 147. Brasília: Clube de Autores.

Published

2024-03-15

How to Cite

Santos, S. M. A. V., Malta, D. P. de L. N., Emiliano, F. R. C., Santos, F. J. dos, Silva, G. B. da, & Guimarães, I. P. N. (2024). As dinâmicas do design instrucional e as potencialidades e desafios na educação. Caderno Pedagógico, 21(3), e3164. https://doi.org/10.54033/cadpedv21n3-073

Issue

Section

Articles