Gestão ágil de projetos na tecnologia da informação: o papel das competências digitais

Authors

  • Rommel Gabriel Gonçalves Ramos
  • Ana Maria Di Grado Hessel
  • Estefânia Portomeo Cançado Lemos
  • João Vitor da Silva Pereira

DOI:

https://doi.org/10.54033/cadpedv21n3-018

Keywords:

gestão de projetos, abordagens ágeis, competências digitais, tecnologia da informação

Abstract

Com o crescente aumento da competitividade do mercado e das mudanças tecnológicas é inegável que as instituições vêm se preocupando com a adoção de metodologias de gerenciamento de projetos, com o intuito de alcançar melhores resultados e ganhos para os seus empreendimentos. Devido a isso, passaram-se a buscar por abordagens ágeis como alternativa para negócios mais dinâmicos em que os resultados necessitam ser entregues com intervalos de tempo cada vez menores. Ademais, o aumento da utilização das Tecnologias digitais em todas as etapas do ciclo de vida do projeto, desde a identificação do problema até a entrega do produto final, passou a exigir dos profissionais o desenvolvimento de Competências Digitais. As CDs em gestão ágil envolvem uma série de habilidades e conhecimentos necessários, que incluem não somente hard skills, como também soft skills, para liderar e gerenciar projetos utilizando metodologias ágeis, entregando valor de forma mais rápida e eficiente. Esses atributos se tornaram importantes para comunicação e colaboração em equipes, resolução de problemas, compartilhamento de informações em tempo real e enfrentamento de desafios, como por exemplo, segurança cibernética e privacidade de dados. Visto isso, o objetivo do trabalho é investigar o papel das competências digitais na gestão ágil de projetos, especialmente na área de Tecnologia da Informação visando compreender sua importância, como são desenvolvidas e aplicadas para melhorar a eficiência e flexibilidade dos projetos. Dessa forma, com a execução desse trabalho espera-se evidenciar o papel das CDs na gestão ágil de projetos contribuindo para uma melhor compreensão da importância dessas habilidades, como são desenvolvidas e quais são os desafios.

References

ADELL, J. Tecnologias de la informatión y La comunicación. Sevilla: Eduforma, 2005.

ALA-MUTKA, Kirsti. Mapping digital competence: Towards a conceptual understanding. Sevilla: Institute for Prospective Technological Studies, p. 7-60, 2011.

BARBOZA, L. F.; VAZ, A. C. F.; ANTUNES, T. G. P.; SALUME, P.K. Análise comparativa entre as abordagens ágil e tradicional de gestão de projetos: Um estudo de caso no setor industrial. Disponível em: https://singep.org.br/

singep/resultado/289.pdf. Acesso em: 27 mar. 2023.

BARROS, R. S. Competências Digitais para o trabalho na sociedade conectada: Estudo de caso em uma organização pública. Fundação Getúlio Vargas- Escola Brasileira de Administração pública e de empresas. Rio DE Janeiro. 2016.

BASTOS, Athena. Digital Skills: as competências digitais e a transformação digital nas empresas. Alura para empresas. Disponível em: https://www.alura.

com.br/empresas/artigos/digital-skills. Acesso em: 02 jul. 2023.

BASTOS, Athena. O papel da educação corporativa nos resultados das empresas. Alura para empresas. Disponível em: https://www.alura.com.br/

empresas/artigos/educacao-corporativa. Acesso em: 03 ago. 2023.

BECK, K. et al. Manifesto for Agile Development. USA. 2001. Disponível em: http://agilemanifesto.org/. Acesso em: 29 de mar de 2023.

CALVANI, A. et al. Models and instruments for assessing digital competence at school. Journal of e-Learning and Knowledge Society, v. 4, n. 3, p. 183-193, 2008.

CERVO, Amado Luiz; BERVIAN, Pedro Alcino. Metodologia científica. 5. ed. São Paulo: Prentice Hall, 2002.

CUNHA, Rodrigo Leal da. Gestão ágil de projetos: transição do método tradicional para métodos ágeis. 2015.

DENCKER, Ada de Freitas Maneti. Métodos e técnicas de pesquisa em turismo. 4. ed. São Paulo: Futura, 2000.

FIGUEIREDO, António Dias. Compreender e desenvolver as competências digitais. RE@ D-Revista de Educação a Distância e Elearning, v. 2, n. 1, p. 1-8, 2019.

GABRIEL, Rommel Gonçalves Ramos. Competências Digitais na Utilização de Serviços Públicos: A Inclusão do Cidadão Digital nos Meios Midiáticos. TIDD, PUC/SP, 2021.

GABRIEL, Rommel Gabriel Gonçalves. Desenvolvimento de Competências Digitais: Uma Proposta de um Framework para os Profissionais do Futuro. TIDD, PUC/SP. 2023.

GONÇALVES, L. C. C. et al. Competências requeridas em equipes de projetos ágeis: um estudo de caso em uma Edtech. Revista de Gestão e Projetos, v. 11, n. 3, p. 72–93, 17 dez. 2020. DOI: https://doi.org/10.5585/gep.v11i3.18476

LARIEIRA, C. L. C.; ALBERTIN, A. L. Fatores Organizacionais em Gestão de Portfólio de Projetos: Uma Proposta de Estrutura Conceitual à Luz da Literatura. Revista de Gestão e Projetos, v. 4, n. 2, p. 01–26, 1 ago. 2013. DOI: https://doi.org/10.5585/gep.v4i2.97

OLIVEIRA, T. R. D. et al. Um estudo da aplicação de metodologias ágeis em sistemas judiciários. Em: PEDROSA, R. A. (Ed.). Gestão da Produção em Foco – Volume 51. [s.l.] Poisson, 2022. DOI: https://doi.org/10.36229/978-65-5866-156-6.CAP.18

PERIDES, M. P. N.; BARROTE, E. B.; SBRAGIA, R. As competências de gestores de projetos que atuam com métodos ágeis e tradicionais: um estudo comparativo. Revista de Gestão e Projetos, v. 12, n. 1, p. 11–38, 11 mar. 2021. DOI: https://doi.org/10.5585/gep.v12i1.17534

SCATOLINO, A. R.; CAMILO, R. D. Influência da aplicação de métodos ágeis e da gestão do conhecimento na qualidade de software: uma análise multivariada. Revista de Gestão e Projetos, v. 10, n. 3, p. 65–80, 18 dez. 2019. DOI: https://doi.org/10.5585/gep.v10i3.14022

SCHNEIDER, R. M. et al. A influência de fatores organizacionais na gestão de projetos de tecnologia da informação (TI). Revista Gestão & Tecnologia, v. 16, n. 1, p. 157, 28 abr. 2016. DOI: https://doi.org/10.20397/2177-6652/2016.v16i1.768

SILVA, K. K. A. D.; BEHAR, P. A. Competências digitais na educação: uma discussão acerca do conceito. Educação em Revista, v. 35, p. e209940, 2019. DOI: https://doi.org/10.1590/0102-4698209940

SILVA, B. X. F.; NETO, V. C.; GRITTI, N. H. S. Soft skills: rumo ao sucesso no mundo profissional. Revista Interface Tecnológica, v. 17, n. 1, p. 829-842, 2020. DOI: https://doi.org/10.31510/infa.v17i1.797

UNESCO. Padrões de competência em tic para professores: módulos de padrão de competência. e C, 2009.

Published

2024-03-01

How to Cite

Ramos, R. G. G., Hessel, A. M. D. G., Lemos, E. P. C., & Pereira, J. V. da S. (2024). Gestão ágil de projetos na tecnologia da informação: o papel das competências digitais. Caderno Pedagógico, 21(3), e2953. https://doi.org/10.54033/cadpedv21n3-018

Issue

Section

Articles