Energia solar fotovoltaica no setor vitivinícola: estudo de caso em Portugal

Authors

  • Adriana de Souza Nascimento
  • Mário Eduardo Rangel Moreira Cavalcanti Mata
  • Ana Isabel Palmero Marrero
  • Miguel Otávio Barreto Campelo de Melo
  • Ricardo Moreira da Silva
  • Viviane Farias Silva

DOI:

https://doi.org/10.54033/cadpedv21n3-013

Keywords:

energia solar fotovoltaica, autoconsumo, estudo de viabilidade, sustentabilidade no setor vitivinícola

Abstract

Portugal destaca-se globalmente na transição para uma matriz energética mais limpa, centrada em renováveis e eficiência energética, com foco no consumidor. Enquanto o setor vitivinícola enfrenta desafios socioeconômicos e ambientais, exigindo práticas mais sustentáveis devido à sua relevância como produtor e consumidor de vinhos globalmente. Este artigo teve como objetivo analisar a viabilidade da implantação de um sistema fotovoltaico em uma Adega Portuguesa localizada na Região do Dão. A metodologia utilizada foi estudo de caso. Para verificação da viabilidade da Unidade de produção de Autoconsumo, foram utilizados indicadores de desempenho económico. Através de uma revisão de literatura, visitas in loco, análise dos consumos energéticos e utilização do software Size Pro, foi possível simular e realizar um dimensionamento do sistema a ser implantado. Verificou-se que a Adega possui picos de maiores consumos de energia elétrica em época de vindimas, totalizando uma produção anual de eletricidade de 330 MWh O custo estimado da instalação foi de um total de €54.164,74. O consumidor que pagava 34.824,63 €/ano, com a instalação do sistema, passará a pagar 26.259,38 €, o que resultará em uma economia financeira anual de 7.958,36 €. Os indicadores financeiros, como TIR de 19,65%, VPL de 229.053€ e o payback de aproximadamente 5,6 anos, demonstraram a viabilidade do projeto. A unidade geradora terá uma cobertura energética de quase 25% sobre o total de consumo. Esta pesquisa pretende encorajar as empresas do setor a adotarem soluções sustentáveis, contribuindo para a redução do uso de fontes de energia não renováveis e promovendo uma economia mais sustentável.

References

ABBAS, N.; RAUF, S.; SALEEM, M. S.; et al. Análise de Viabilidade Tecnoeconômica de Usina Solar Fotovoltaica de 100 MW no Paquistão. Technol Econ Smart Grids Sustain Energy, v. 7, n. 16, 2022. https://doi.org/10.1007/ DOI: https://doi.org/10.1007/s40866-022-00139-w

s40866-022-00139-w

AHMAD, M.; KHATTAK, A.; JANJUA, A. K.; ALAHMADI, A. A.; KHAN, M. S.; ULLAH, N. Techno-economic Feasibility Analyses of Grid-Connected Solar Photovoltaic Power Plants for Small Scale Industries of Punjab, Pakistan. Frontiers in Energy Research, v. 10, 2022. https://doi.org/10.3389/fenrg.2022. DOI: https://doi.org/10.3389/fenrg.2022.1028310

APA (2021). Plano Nacional Energia e Clima 2021-2030, v. 2030, n. Pnec 2030, p. 1-200.

ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE ENERGIAS RENOVÁVEIS (APREN). Anuário 2022.

ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE ENERGIAS RENOVÁVEIS (APREN). Evolução da produção de eletricidade por fonte em Portugal Continental. Recuperado de https://www.apren.pt/pt/energias-renovaveis/producao Acesso em Janeiro de 2023

BRASIL. Ministério da Infraestrutura. (2022). Banco de Informações de Transportes – BIT.

COELHO, M. F. R. Promoção do uso eficiente de água e energia em unidades de produção vitivinícola. Mestrado Integrado em Engenharia da Energia e do Ambiente. Departamento de Engenharia, Geografia, Geofísica e Energia, Universidade de Lisboa, 2018.

COSTA, J. M.; CATARINO, S.; ESCALONA, J. M.; COMUZZO, P. (). Achieving a more sustainable wine supply chain—Environmental and socioeconomic issues of the industry. In: COSTA, J. M.; CATARINO, S.; ESCALONA, J. M.; COMUZZO, P. (Eds.). Improving Sustainable Viticulture and Winemaking Practices. Academic Press, 2022. p. 1-24. ISBN 9780323851503. https://doi.org/10. DOI: https://doi.org/10.1016/B978-0-323-85150-3.00009-8

/B978-0-323-85150-3.00009-8.

COMISSÃO VITIVINÍCOLA REGIONAL DO DÃO. CVRDAO. Terroir. 2021. Disponível em: https://www.cvrdao.pt/pt/terroir/

DIREÇÃO GERAL DE ENERGIA E GEOLOGIA (DGEG)(2022). Energia em números. Junho de 2022. Disponível em: https://www.dgeg.gov.pt/media/zuffm

fm4/dgeg-aen-2022e.pdf.

DGEG (2022). Balanço Energético Nacional 2021. Portugal. Novembro de 2022. Disponível em: https://www.dgeg.gov.pt/media/kmoblfag/dgeg-ben-2021.pdf.

DGEG (2023). Estatísticas rápidas das renováveis. n. 222, maio 2023. Disponível em: https://www.dgeg.gov.pt/media/wynbbu0w/dgeg-arr-2023-05.pdf.

DIÁRIO DA REPÚBLICA ELETRÔNICO (DRE). Sumário: Aprova o Plano Nacional Energia e Clima 2030 (PNEC 2030). Resolução do Conselho de Ministros n.º 53/2020 / nº 133. Disponível em: https://dre.pt/application/file/a/

Acesso em: 10 jul. 2020.

DRE (2022). Decreto Lei. Disponível em: https://diariodarepublica.pt/dr/detalhe/

decreto-lei/15-2022-177634016. Acesso em Junho de 2023.

DUFFIE, J. A.; BECKMAN, W. A. Solar Engineering of Thermal Processes. 4. ed. John Wiley & Sons, Inc, 2013. https://doi.org/10.1002/9781118671603.ch2 DOI: https://doi.org/10.1002/9781118671603

ENTIDADE REGULADORA DOS SERVIÇOS ENERGÉTICOS (ERSE). Estrutura tarifária do setor elétrico em 2022. Portugal, Dezembro de 2021. Disponível em: https://www.erse.pt/media/s3mdkbcx/estrutura-tarif%C3%A1ria-se-2022.pdf.

ERSE. Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos. Regulamento. O Decreto-Lei n.º 15/2022. (s.d). Disponível em: https://www.erse.pt/atividade/

regulamentos-eletricidade/autoconsumo/. Portugal. Acesso em: jul2023.

ERSE. Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos. Tarifas e preços para a energia elétrica e outros serviços em 2023. Portugal. dez. 2022

FERREIRA, M. M. S. Sustentabilidade na Indústria Vinícola: Energia. ISEP – Instituto Superior de Engenharia do Porto. Nov. 2017. Disponível em: https://recipp.ipp.pt/bitstream/10400.22/12053/1/DM_MarianaFerreira_2017_MEQ.pdf. Acesso em: fev. 2023.

INTERNATIONAL ENERGY AGENCY (IEA). World Energy Outlook 2022. IEA, Paris. 2022. Disponível em: https://www.iea.org/reports/world-energy-outlook-2022.

INFOVINI. Disponível em: http://www.infovini.com/. Acesso em: fev. 2023.

INSTITUTO DA VINHA E DO VINHO (IVV). (s.d). Disponível em: https://www.ivv.gov.pt/np4/7726.html. Acesso em: fev. 2023.

JUNEDI, M. M.; LUDIN, N. A.; HAMID, N. H.; KATHLEEN, P. R.; HASILA, J.; & AHMAD AFFANDI, N. A. Environmental and economic performance assessment of integrated conventional solar photovoltaic and agrophotovoltaic systems. Renewable and Sustainable Energy Reviews, v. 168, p. 112799, 2022. https://doi.org/10.1016/j.rser.2022.112799 DOI: https://doi.org/10.1016/j.rser.2022.112799

MAINARDIS, M.; GUBIANI, R. Energy use and management in the winery, 2022. In: COSTA, J. M.; CATARINO, S.; ESCALONA, J. M.; COMUZZO, P. (Eds.). IMPROVING Sustainable Viticulture and Winemaking Practices Academic Press. p. 221-238. ISBN 9780323851503. https://doi.org/10.1016/B978-0-323-85150-3.00014-1. DOI: https://doi.org/10.1016/B978-0-323-85150-3.00014-1

MALVONI et al. Analysis of energy consumption: a case study of an Italian winery. Energy Procedia, v. 126, p. 227–233, 2017. DOI: https://doi.org/10.1016/j.egypro.2017.08.144

MARRERO, A. I. P. Study of a thermal solar system using louvre shading devices. 2004. Tesis (Doctorado) – Universidad de La Laguna, Departamento de Física Fundamental y Experimental, Electronica y Sistemas, La Laguna.

NATIONAL RENEWABLE ENERGY LABORATORY (NREL). (). Documenting a Decade of Cost Declines for PV Systems. July 2023. Available in: https://www.nrel.gov/news/program/2021/documenting-a-decade-of-cost-declines-for-pv-systems.html

PILA, J. F.; GARCIA, J. L. TESLA. Transfering Energy Save Laid on Agroindustry. Manual de Eficiência Energética em Adegas. Universidad Politécnica de Madrid. Jun. 2014. Disponível em: http://teslaproject.chil.me/

download-doc/63908 – IEE/12/758/SI2.644752

REDES ENERGÉTICAS NACIONAIS (REN). Disponível em: https://www.ren.pt/. Acesso em: fev.2023.

SILVA, Ellen; PRESUMIDO, Pedro Henrique; GONÇALVES, Artur; SARAIVA, artur; SILVA, Pedro Oliveira e; RAMÔA, Sofia; BINELI, Aulus; OLIVEIRA, Margarida; FELICIANO, Manuel. Avaliação dos impactes ambientais da produção de vinho na região sul de Portugal, 2019. In: Atas da Conferência SGA'19. Lisboa, p. 59-66. ISBN 978-989-20-9623-0.

TENG, Jia; YANJUN, Dai; RUZHU, Wang. Refining energy sources in winemaking industry by using solar energy as alternatives for fossil fuels: A review and perspective. Renewable and Sustainable Energy Reviews, v. 88, p. 278-296, 2018. doi:10.1016/j.rser.2018.02.020. DOI: https://doi.org/10.1016/j.rser.2018.02.008

VINHA. pt. (s.d). Disponível em: https://www.vinha.pt/sulfitos-no-vinho/ Acesso em: fev. 2023.

WOILER, S.; MATHIAS, W. F. Projetos: planejamento, elaboração, análise. 2. ed. São Paulo: Atlas. 2008.

Published

2024-03-01

How to Cite

Nascimento , A. de S., Mata, M. E. R. M. C., Marrero , A. I. P., de Melo, M. O. B. C., da Silva , R. M., & Silva , V. F. (2024). Energia solar fotovoltaica no setor vitivinícola: estudo de caso em Portugal. Caderno Pedagógico, 21(3), e2946. https://doi.org/10.54033/cadpedv21n3-013

Issue

Section

Articles