Tecnologias inovadoras no ensino médio: estratégias para exames competitivos

Authors

  • Silvana Maria Aparecida Viana Santos
  • Afonso Henrique Souza de Assis
  • Aline Braga Caetano
  • Clebson Correia da Silva
  • Gladys Nogueira Cabral
  • Lorena Karine Santos Sousa
  • Lindoracy Almeida Santos Amorim
  • Miriam Paulo da Silva Oliveira

DOI:

https://doi.org/10.54033/cadpedv21n3-008

Keywords:

tecnologias inovadoras, ensino médio, exames competitivos

Abstract

Este estudo investiga a integração de tecnologias emergentes no ensino secundário, focando especialmente na preparação de alunos para exames competitivos, como o ENEM e outros processos seletivos. O objetivo central foi analisar como o emprego dessas tecnologias, combinadas com abordagens pedagógicas interativas, influencia o desempenho dos alunos nessas provas. Através do exame de bibliografia relevante e da seleção de estudos de caso, este artigo destaca casos de sucesso notável e as dificuldades enfrentadas na adoção dessas inovações. Foi identificada uma tendência positiva em direção à adoção de tecnologias educacionais, destacando sua eficácia em enriquecer o processo de ensino-aprendizagem. Contudo, também foram reconhecidos obstáculos importantes, incluindo a necessidade de treinamento específico para educadores e as disparidades no acesso a recursos tecnológicos. As conclusões enfatizam a importância de superar esses desafios para maximizar os benefícios das inovações tecnológicas na educação. Este documento contribui para a discussão sobre a incorporação eficaz da tecnologia no ensino secundário, oferecendo perspectivas para futuras práticas e pesquisas na área.

References

ALMEIDA DE SOUZA, C.; FERREIRA DA FONSECA, R. Considerações acerca do uso da Aprendizagem Baseada em Problemas (PBL) em um Curso Técnico Integrado ao Ensino Médio. Revista De Educação Matemática, v. 17, p. e020049, 2020. Disponível em: https://doi.org/10.37001/remat25269062

v17id443. Acesso em: 23 jan. 2024.

AQUINO, A. A. de; LAVOR, O. P. Ensino de Eletricidade Através de Gincana Científica com Simulações e Experimentos. Revista Principia, v. 1, n. 55, p. 56-67, 2021. Disponível em: https://doi.org/10.18265/1517-0306a2021id4172. Acesso em: 23 jan. 2024.

BENEVIDES, V. de L.; AMORIM NETO, A. de C. O uso da sala de aula invertida como metodologia no ensino de biologia para o 3º ano do ensino médio em uma escola da rede estadual de Manaus/AM. REAMEC – Rede Amazônica de Educação em Ciências e Matemática, v. 11, n. 1, 2023. Disponível em: https://doi.org/10.26571/reamec.v11i1.13963. Acesso em: 23 jan. 2024.

BERBEL, N. A. N. As metodologias ativas e a promoção da autonomia dos estudantes. Semina: Ciências Sociais e Humanas, v. 32, n. 1, p. 25-40, 2011. https://bit.ly/h7v1ads. Acesso em: 23 jan. 2024.

CARDOSO, C. Os desafios da diversidade e das novas tecnologias. 2011. Acesso em 23 jan. 2024, https://bit.ly/amv81ss2.

COSTA, R. A. R.; SANTOS, W. M. B.; SILVEIRA, M. S. C. da. Educação 4.0 e aprendizagem no contexto da pandemia da COVID-19. Revista Verde Grande – Geografia e Interdisciplinaridade, v. 4, n. 1, 2022. Disponível em:ttps://doi.org/10.46551/rvg2675239520221155173. Acesso em: 23 jan. 2024.

FREIRE, P. Pedagogia da autonomia: Saberes necessários à prática educativa. Paz e Terra, 2014. Disponível em: http://www.apeoesp.org.br/siste

ma/ck/files/4-%20Freire_P_%20Pedagogia%20da%20autonomia.pdf. Acesso em: 23 jan. 2024.

LOPES, A. L. de S.; VIEIRA, M. M. da S. Cultura digital e aprendizagem colaborativa: estratégias virtuais pós-Covid 19. Comunicação & Educação, n. 25, n. 1, p. 200-214, 2020. Disponível em: https://doi.org/10.11606/issn.2316-9125.v25i1p200-214. Acesso em: 23 jan. 2024.

MARTINS, R. A. P.; CORREIA NETO, S. J. As tecnologias digitais educacionais nos Institutos Federais de Educação: um pilar à formação integral. Vértices (Campos dos Goytacazes), v. 24, n. 1, p. 117-133, 2022. Disponível em: https://doi.org/10.19180/1809-2667.v24n12022p117-133. Acesso em: 23 jan. 2024.

MENEZES FILHO, N. A. Os determinantes do desempenho escolar do Brasil. In: O Brasil e a ciência econômica em debate. São Paulo: Saraiva, 2012. v. 1. Disponível em: https://repositorio.usp.br/item/002260457. Acesso em: 23 jan. 2024.

PACHECO, R. S.; ROCHA FILHO, J. B.; LAHM, R. A. Aprendizagem colaborativa desenvolvida em ambientes virtuais. Tear (Canoas), v. 8, n. 2, 2019. Disponível em: https://doi.org/10.35819/tear.v8.n2.a3544. Acesso em: 23 jan. 2024.

PERRENOUD, P. Construir competências desde a escola. Artmed, 1999. Disponível em: https://edisciplinas.usp.br/pluginfile.php/5090801/mod_resource/

content/1/PERRENOUD_Construir%20as%20compete%82ncias%20desde%20a%20escola.pdf. Acesso em: 23 jan. 2024.

Published

2024-03-01

How to Cite

Santos, S. M. A. V., de Assis, A. H. S., Caetano , A. B., da Silva, C. C., Cabral, G. N., Sousa, L. K. S., Amorim, L. A. S., & Oliveira, M. P. da S. (2024). Tecnologias inovadoras no ensino médio: estratégias para exames competitivos. Caderno Pedagógico, 21(3), e2938. https://doi.org/10.54033/cadpedv21n3-008

Issue

Section

Articles