Reimaginando o ensino metodologias ativas e ferramentas digitais

Authors

  • José de Miranda Freire Junior
  • Danylo Soeiro da Rocha
  • Elionides José da Costa
  • Geraldo Lopes da Silva Filho
  • Juliana Alves Miranda Andrade
  • Leonora Patricia Kussler
  • Rodrigo Vieira Ribeiro
  • Telma Silva de Paula Castro

DOI:

https://doi.org/10.54033/cadpedv21n3-005

Keywords:

metodologias ativas, ferramentas digitais, educação inovadora

Abstract

Esta pesquisa realizou uma investigação sobre a integração de Metodologias Ativas e Ferramentas Digitais no contexto educacional, com um foco específico no impacto dessa combinação no engajamento e desempenho dos alunos. O principal objetivo foi avaliar como essa junção inovadora de práticas pedagógicas e recursos tecnológicos influencia o processo de aprendizagem, bem como identificar os desafios e oportunidades que emergem dessa interseção. A metodologia adotada baseou-se na revisão de literatura, permitindo uma análise de estudos relevantes que abordam tanto as teorias pedagógicas quanto as aplicações práticas dessa integração. Os resultados obtidos revelaram que a implementação de metodologias ativas, em conjunto com o uso efetivo de ferramentas digitais, resulta em um ambiente de aprendizagem mais dinâmico, interativo e personalizado. Esta abordagem contribui significativamente para o aumento do engajamento dos alunos e para o desenvolvimento de habilidades críticas necessárias no século XXI, como pensamento crítico, colaboração e adaptabilidade. Contudo, a pesquisa também destacou desafios importantes, incluindo a necessidade de formação contínua para os educadores, além de enfatizar a importância da acessibilidade e inclusão no uso de tecnologias digitais em ambientes educacionais. As conclusões desta pesquisa sublinham a relevância da integração entre metodologias ativas e ferramentas digitais como uma estratégia essencial para a evolução da educação contemporânea. Esta integração não apenas enriquece o processo de ensino-aprendizagem, mas também prepara os alunos para enfrentar os desafios de um mundo em constante mudança. A pesquisa ressalta, ainda, a necessidade de superar os obstáculos identificados para maximizar o potencial desta abordagem inovadora, visando uma educação mais eficaz e adaptada às exigências do futuro.

References

BARDIN, L. Análise de conteúdo. São Paulo: Edições 70, 2011. Acesso em 23 de janeiro de 2024.

BECHARA, J. J. B.; HAGUENAUER, C. J. Por uma aprendizagem adaptativa baseada na plataforma Moodle. 2009. Disponível em: https://d1wqtxts1xzle7.

cloudfront.net/32848083/1552009231402-libre.pdf. Acesso em: 23 jan. 2024.

BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil. 1988. Disponível em: https://www.jusbrasil.com.br/legislacao/1503907193/constituicao-federal-constituicao-da-republica-federativa-do-brasil-1988. Acesso em: 23 jan. 2024.

BRASIL. Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/seb/arqui

vos/pdf/LDB.htm.pdf. Acesso em 23 de janeiro de 2024.

BRASIL. Lei nº 13.146, de 6 de julho de 2015. Institui a Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência. Disponível em: https://siteal.iiep.unesco.

org/pt/bdnp/904/lei-131462015-institui-lei-brasileira-inclusao-da-pessoa-com-de

ficiencia-estatuto-da-pessoa. Acesso em 23 de janeiro de 2024.

BRASIL. Lei nº 13.709, de 14 de agosto de 2018. Lei Geral de Proteção de Dados. Disponível em: https://www.gov.br/mds/pt-br/acesso-a-informacao/priva

cidade-e-protecao-de-dados/lgpd. Acesso em: 23 jan. 2024.

GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. São Paulo: Atlas, 2018. Disponível em: https://wwwp.fc.unesp.br/Home/helberfreitas/tcci/gil_como_ela

borar_projetos_de_pesquisa_-anto.pdf. Acesso em: 23 jan. 2024.

GUDOLLE, L. S.; FLACH, L.; ANTONELLO, C. S. Aprendizagem situada, participação e legitimidade nas práticas de trabalho. Revista de Administração Mackenzie, v. 13, n. 1, p. 14-39, 2012. DOI: https://doi.org/10.1590/S1678-69712012000100002. Acesso em: 23 jan. 2024.

KIRNER, C.; TORI, R. Fundamentos e Tecnologia de Realidade Virtual e Aumentada. Disponível em: http://fabiopotsch.pbworks.com/w/file/fetch/4893

/Fundamentos_realidade_aumentada.pdf. Acesso em: 23 jan. 2024.

LIMA, M. D. B. As tecnologias emergentes e os planos de ação para o desenvolvimento digital das escolas. Dissertação (Mestrado) – Universidade de Lisboa, 2022. Disponível em: http://hdl.handle.net/10451/56616. Acesso em: 23 jan. 2024.

LOPES, P. A.; PIMENTA, C. C. C. O uso do celular em sala de aula como ferramenta pedagógica: Benefícios e desafios. Revista Cadernos de Estudos e Pesquisa na Educação Básica, v. 3, n. 1, p. 52-66, 2017. CAp UFPE. Acesso em: 23 jan. 2024.

MULINARI, M. H.; FERRACIOLI, L. A utilização da tecnologia da informação no ensino de biologia: um experimento com um ambiente de modelagem computacional. Revista Brasileira de Ensino de Ciência e Tecnologia, v. 1, n. 1, 2008. DOI: https://doi.org/10.3895/S1982-873X2008000100007. Acesso em 23 jan. 2024.

MUSSI, R. F. F.; FLORES, F. F.; ALMEIDA, C. B. Pressupostos para a elaboração de relato de experiência como conhecimento científico. Revista Práxis Educacional, v. 17, n. 48, p. 60-77, 2021. DOI: https://doi.org/10.22481/

praxisedu.v17i48.9010. Acesso em: 23 jan. 2024.

PEREIRA, A. S. T.; SAMPAIO, F. F. AVITAE: Desenvolvimento de um ambiente de modelagem computacional para o ensino de biologia. Ciências & Cognição, v. 13, n. 2, p. 51-70, 2008. Disponível em: https://cienciasecognicao.

org/revista/index.php/cec/article/view/219. Acesso em: 23 jan. 2024.

RIBEIRO, A. H. Experimento pedagógico com o uso da sala de aula invertida no ensino de biologia do ensino médio. Tese de Doutorado. Universidade Federal do Rio Grande do Norte, 2023. Disponível em: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/54879. Acesso em: 23 jan. 2024.

Published

2024-03-01

How to Cite

Freire Junior, J. de M., da Rocha, D. S., da Costa, E. J., da Silva Filho, G. L., Andrade, J. A. M., Kussler, L. P., Ribeiro, R. V., & Castro, T. S. de P. (2024). Reimaginando o ensino metodologias ativas e ferramentas digitais. Caderno Pedagógico, 21(3), e2935. https://doi.org/10.54033/cadpedv21n3-005

Issue

Section

Articles