Os desafios decorrentes da pandemia de Covid-19 na formação continuada de professores e possíveis caminhos para superá-los

Authors

  • Cybele Roncato Zancarli
  • Irinilza Odonor Gianesi Bellintani
  • Silvana Aparecida Santana Tamassia
  • Vera Maria Nigro de Souza Placco

DOI:

https://doi.org/10.54033/cadpedv21n2-109

Keywords:

formação continuada de professores, pandemia, uso das tecnologias

Abstract

Este trabalho refere-se à pesquisa realizada pelo CEPId, iniciada em 2015 e intitulada “Desafios da escola na atualidade: Qual a escola para o século XXI?”, com ênfase na 2ª fase da pesquisa intitulada "Profissionais da educação do século XXI – desafios atuais". Será evidenciado nesse artigo o trabalho realizado pelo eixo Formação Inicial e Continuada, um dos cinco eixos que compõem o grupo de pesquisadores envolvidos nessa pesquisa.   O objetivo do eixo "Formação inicial e continuada de professores'', foi analisar como as alterações no cenário educacional causadas pela pandemia, interferiram na formação continuada de professores da rede pública estadual paulista. Como parte da fundamentação teórica tomamos Porto (2000), Placco (2010), Imbernón (2010), Almeida (2013), Libâneo (2015), Fullan (2017) entre outros. Os dados dessa fase foram produzidos por meio de grupos de discussões e entrevistas realizadas com educadores da referida rede que atuam em sala de aula e na gestão da escola e das diretorias regionais, analisados com base na metodologia de análise de prosa. Destacam-se como alguns dos achados da pesquisa a valorização dos processos de formação continuada e sua relevância no contexto da escola. Um ponto de atenção apontado pelos sujeitos participantes foi o excesso de formações organizadas pela rede, as quais nem sempre se relacionavam entre si, o que causou desgaste na maioria dos profissionais que não viram soluções para os problemas reais do cotidiano, o que nos pareceu revelar uma falta de articulação entre diretorias de ensino e unidades escolares, mantendo-se desarticuladas e distantes das necessidades provocadas pela pandemia, dificultando o alinhamento e impacto necessário para a criação e transformação de práticas mais alinhadas ao contexto da cada escola.

References

ALMEIDA, L. R. Formação centrada na escola: das intervenções às ações. In: ALMEIDA, L. R.; PLACCO, V. M. N. S. (org.). O Coordenador Pedagógico e a formação centrada na escola. São Paulo: Edições Loyola, 2013.

ANDRÉ, M. E. D. A. Texto, contexto e significados: algumas questões na análise de dados qualitativos. Cadernos de Pesquisa, São Paulo, n. 45, p. 66-71, maio 1983. Disponível em: http://publicacoes.fcc.org.br/ojs/index.php/cp/article/view/

Acesso em: 07 out. 2021.

BRASIL. Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Poder Legislativo, Brasília, DF, 23 dez. 1996. Seção 1, n. 248, p. 27833-27841.

BRASIL. Ministério da Educação. Resolução CNE/CP 1/2020. Diário Oficial da União, Brasília, 29 de outubro de 2020, Seção 1, pp. 103-106. Homologada pela Portaria nº 882, de 23 de outubro de 2020. BNC – Formação Continuada. Disponível em http://portal.mec.gov.br/docman/outubro-2020-pdf/164841-rcp00

-20/file Acesso em 24 mar. 2022.

DAY, C. Desenvolvimento Profissional de Professores. Portugal: Porto, 2001.

FRANCO, M. L. P. B. Análise de conteúdo. Campinas: Autores Associados, 2018.

FULLAN, M. Liderar los Aprendizajes: acciones concretas em pos de la mejora escolar. In: WEINSTEIN, J.; MUNHOZ, G. Mejoramento y Liderazgo em la Escuela: once miradas. Santiago do Chile: Ediciones Universidad Diego Portales. Centro de Desarrollo de Liderazgo Educativo (CEDLE), 2017.

GARCÍA, Carlos Marcelo. Formação inicial de professores. Formação de professores para uma mudança educativa. Lisboa: Porto, 1999.

GATTI, B. A. (org.). Análises pedagógico-curriculares para os cursos de licenciatura vinculados às áreas de artes, biologia, história, língua portuguesa, matemática e pedagogia no âmbito da Uab e Parfor. Relatório Técnico. In: ANDRÉ, M. (org.) Práticas Inovadoras na Formação de Professores. São Paulo: Papirus, 2012. p. 35-48.

IMBERNÓN, F. Formação Continuada de Professores. Porto Alegre: Artmed, 2010.

LIBÂNEO, J. C. Formação de Professores e Didática para Desenvolvimento Humano. Educação & Realidade, v. 40, n. 2, p. 629-650, 2015. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/index.php/educacaoerealidade/article/view/46132. Acesso em: 20 maio 2020.

MEINERZ, C. B. Grupos de Discussão: uma opção metodológica na pesquisa em educação. Educação & Realidade, Porto Alegre, v. 36, n. 2, p. 485-504, maio/ago. 1996. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/educacaoerealidade/

article/view/16957. Acesso em: 15 abr. 2021.

PLACCO, V. M. N. S. Formação em serviço. In: OLIVEIRA, D. A.; DUARTE, A. M. C.; VIEIRA, L. M. F. Dicionário: trabalho, profissão e condição docente. Belo Horizonte: UFMG/Faculdade de Educação, 2010. Disponível em https://

gestrado.net.br/wp-content/uploads/2020/08/17-1.pdf. Acesso em: 5 jun. 2021.

PORTO, Y. da S. Formação Continuada: a prática pedagógica recorrente. In: MARIN, A. J. (Org.). Educação Continuada. Campinas: Papirus, 2000.

SIGALLA, L. A. A. Tutoria acadêmica entre pares na pós-graduação stricto sensu: contribuições desse espaço coletivo-colaborativo de trabalho e formação. A experiência do Formep, na PUC-SP. 2018. 251 f. Tese. (Doutorado em Educação: Psicologia da Educação) – Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2018. Disponível em: https://sapientia.pucsp.br/handle/

handle/21050. Acesso em: 07 out. 2021.

TARDIF, M. Saberes Docentes e Formação Profissional. São Paulo: Cortez, 2014.

WELLER, V. Grupos de discussão na pesquisa com adolescentes e jovens: aportes teórico-metodológicos e análise de uma experiência com método. Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 32, n. 2, p. 241-260, 2006. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/ep/v32n2/a03v32n2.pdf. Acesso em: 15 abr. 2021.

Downloads

Published

2024-02-26

How to Cite

Zancarli, C. R., Bellintani, I. O. G., Tamassia, S. A. S., & Placco, V. M. N. de S. (2024). Os desafios decorrentes da pandemia de Covid-19 na formação continuada de professores e possíveis caminhos para superá-los. Caderno Pedagógico, 21(2), e2871. https://doi.org/10.54033/cadpedv21n2-109

Issue

Section

Articles