Avaliação da qualidade da água subterrânea em área de aterro sanitário na região metropolitana de Fortaleza – Ceará/Brasil

Authors

  • Ana Carolina Correia de Oliveira Gomes
  • Ronaldo Stefanutti
  • Liliane Farias Guedes Lira
  • Edilson Holanda Costa Filho

DOI:

https://doi.org/10.54033/cadpedv21n2-090

Keywords:

resíduos sólidos, monitoramento ambiental, contaminação, poços de monitoramento, impactos ambientais

Abstract

O aterro sanitário é uma técnica de disposição de resíduos sólidos ainda muito utilizada em países em desenvolvimento, como o Brasil. Entretanto, sua operação pode ocasionar vários impactos ambientais negativos como a contaminação das águas subterrâneas, sendo assim, é necessária a realização de monitoramento ambiental. Diante disso, este trabalho teve como objetivo avaliar a qualidade da água subterrânea em área de aterro sanitário localizado na região metropolitana de Fortaleza/CE no decorrer do tempo. Para obtenção dos dados foi realizada uma consulta a Superintendência Estadual do Meio Ambiente para análise dos laudos de licenciamento ambiental. Foram identificados 3 poços a montante e 3 à jusante do aterro. Os parâmetros foram selecionados conforme a maior periodicidade de dados, sendo escolhidos 30 parâmetros. Foram captados os dados de 12 coletas realizadas entre novembro de 2018 à março de 2023. Os parâmetros foram analisados em dois grupos, montante e jusante, utilizando o teste de Normalidade Shapiro-Wilk, ANOVA e Kruskal-Wallis com intervalo de confiança de 95%. Os parâmetros com diferença estatística significativa foram comparados com os valores de referência de consumo humano da Resolução CONAMA n° 396 (2008). Dentre os parâmetros analisados, apenas a condutividade, os cloretos, pH e molibdênio apresentaram maiores valores a jusante com diferença estatística significativa. Pelo período e parâmetros considerados neste estudo, o Aterro Sanitário Metropolitano Oeste de Caucaia (ASMOC) não interferiu na qualidade da água subterrânea, com exceção do parâmetro cloreto. É importante a caracterização da água subterrânea antes da implantação do empreendimento para que se obtenha valores de referência da qualidade natural da água.

References

ABIRIGA, D.; VESTGARDEN, L. S.; KLEMPE, H. Groundwater contamination from a municipal landfill: Effect of age, landfill closure, and season on groundwater chemistry. Science of the Total Environment, v. 737, 1 out. 2020.

BENADDI, R. et al. Impact of Landfill Leachate on Groundwater Quality – A Comparison Between Three Different Landfills in Morocco. Journal of Ecological Engineering, v. 23, n. 11, p. 89–94, 2022.

BORBA, W. F. et al. Water quality analysis of monitoring wells in a urban solid waste disposal area in southern Brazil. Revista de Geociências do Nordeste, v. 7, n. 2, p. 306–316, 16 jul. 2021.

CARVALHO, M. L. F. DE et al. Impactos ambientais decorrentes do processo de instalação e operacionalização da Usina de Biogás GNR de Fortaleza (CE): a Educação Ambiental como via de transformação social. Revista Brasileira de Educação Ambiental (RevBEA), v. 16, n. 4, p. 227–247, 1 ago. 2021.

CONAMA. Resolução CONAMA no 396, 08 de abril de 2008. Brasília Diário Oficial da União, 2008. Disponível em: https://www.ibama.gov.br/sophia/cnia/

legislacao/MMA/RE0396-030408.PDF. Acesso em: 23 jan. 2024

LINARD, A. DE F. G.; AQUINO, M. D. DE. Biogás de aterro sanitário: análise de duas medidas mitigadoras das mudanças climáticas sob a perspectiva do mecanismo de desenvolvimento limpo. Revista DAE, v. 64, n. 201, p. 21–32, 2015.

MONDELLI, G.; GIACHETI, H. L.; HAMADA, J. Avaliação da contaminação no entorno de um aterro de resíduos sólidos urbanos com base em resultados de poços de monitoramento. Engenharia Sanitária e Ambiental, v. 21, n. 1, p. 169–182, 1 jan. 2016.

NAJAFI SALEH, H. et al. Assessment of groundwater quality around municipal solid waste landfill by using Water Quality Index for groundwater resources and multivariate statistical technique: a case study of the landfill site, Qaem Shahr City, Iran. Environmental Geochemistry and Health, v. 42, n. 5, p. 1305–1319, 1 maio 2020.

NAKAMURA, C. Y. et al. Avaliação da qualidade da água subterrânea no entorno de um aterro sanitário. Águas Subterrâneas, v. 28, n. 2, 23 set. 2014.

OMS. Guidelines for drinking-water quality. In: Health criteria and other supporting information. 4. ed. [s.l.] Organização Mundial de Saúde, 2022.

SÁNCHEZ, L. E. Avaliação de impacto ambiental. 3. ed. São Paulo: Oficina de Textos, 2020.

SILVA, A. K. M.; MOTA, F. S. B. Caracterização dos resíduos sólidos urbanos: aproveitamento do biogás. Curitiba: Appris, 2019.

YE, J. et al. Emerging sustainable technologies for remediation of soils and groundwater in a municipal solid waste landfill site – A review. Chemosphere, v. 227, p. 681–702, 1 jul. 2019.

ZHANG, C. et al. Greenhouse gas emissions from landfills: A review and bibliometric analysis. Sustainability (Switzerland), v. 11, n. 8, p. 1–15, 2019.

Published

2024-02-22

How to Cite

Gomes, A. C. C. de O., Stefanutti, R., Lira, L. F. G., & Costa Filho, E. H. (2024). Avaliação da qualidade da água subterrânea em área de aterro sanitário na região metropolitana de Fortaleza – Ceará/Brasil. Caderno Pedagógico, 21(2), e2824. https://doi.org/10.54033/cadpedv21n2-090

Issue

Section

Articles