Políticas públicas e formação docente: reflexões sobre os resultados do Ideb no estado do Rio Grande do Norte

Authors

  • Maria da Luz Duarte Leite Silva
  • Francisco Igo Leite Soares
  • Marco Aurélio Oliveira Santos
  • Netanias Mateus de Souza Castro
  • Glauce Vitor da Silva
  • Marilene Bizerra da Costa
  • Auris Martins de Oliveira
  • Kennedy Paiva da Silva
  • Diego Pereira Costa

DOI:

https://doi.org/10.54033/cadpedv21n1-175

Keywords:

Ideb, formação de professor, processo de ensino-aprendizagem

Abstract

A formação continuada dos professores constitui um dos principais objetivos das políticas públicas educacionais e a reflexão sobre a formulação dessas políticas é fundamental para o desenvolvimento da educação básica. Assim, este trabalho tem por objetivo analisar os resultados do Ideb no Estado do Rio Grande do Norte e sua correlação com as políticas públicas educacionais e a formação docente. Para tanto, foram consultadas informações da Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB) n° 9.394/96, do Ministério da Educação (Mec), do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisa Educacionais Anísio Teixeira (Inep) e do Índice de Desenvolvimento de Educação Básica (Ideb), fazendo-se comparações entre as metas estabelecidas e os resultados obtidos. As reflexões foram embasadas em teóricos que discutem sobre a formação e profissionalização docente, como: Stenhouse (1981), Elliot (1998), Kemmis (1993), Ramalho (1993), Schon (2000), Garrido e Moura (2000) Ramalho, Nuñez e Guarthier (2003) e Imbernón (2010). Portanto, espera-se que os achados, possam enriquecer o debate acadêmico e científico, ampliando estudos sobre essa temática e, sobretudo, sobre o processo de ação-reflexão-ação.

References

AZEVEDO, M. C. P. S. Ensino por investigação: problematizando as atividades de sala de aula. In: Carvalho, A. M. P. (Org.). Ensino de ciências: unindo a pesquisa e a prática. 1. ed. São Paulo: Pioneira Thomson Learning, 2004. p. 19-33.

BARRETO, Elba Siqueira de Sá. Políticas de formação docente para a educação básica no Brasil: embates contemporâneos. Revista Brasileira de Educação, Rio de Janeiro, v. 20, n. 62, p. 679–701, jul./set. 2015. DOI: https://doi.org/ DOI: https://doi.org/10.1590/S1413-24782015206207

1590/S1413-24782015206207. Disponível em: https://www.scielo.br/j/rbedu/

a/6dBCYcmPwf9BM447tNpYpgR/?format=pdf&lang=pt. Acesso em: 27 nov. 2023

BONETI, L. W. Políticas públicas por dentro. Ijuí: Unijuí, 2006.

DELORS, Jacques (org.). Educação. Um tesouro a descobrir. Relatório da Comissão Internacional sobre Educação para o século XXI. São Paulo: Cortez; Brasília, DF: MEC: UNESCO, 2000.

ELLIOT, John. Recolocando a pesquisa-ação em seu lugar original e próprio. In: GERALDI, Corinta Maria Grisolia; FIORENTINI, Dario; PEREIRA, Elisabete Monteiro de A. (orgs.). Cartografia do trabalho docente: professor(a)-pesquisador(a). Campinas, SP: Mercado de Letras do Brasil: ALB, 1998.

GARRIDO, Elsa; MOURA, Manoel & PIMENTA, Selma G. Pesquisa colaborativa na escola; uma maneira de facilitar o desenvolvimento profissional dos professores. Em: MARIN (org.) Formação Continuada. Campinas. Papiro. 2000.

IMBERNÓN, Francisco. Formação docente e profissional: formar-se para a mudança e a incerteza. Tradução Silvana Cobucci Leite. 8. ed. São Paulo: Cortez, 2010.

IMBERNÓN, Francisco. Formação docente e profissional: formar-se para as mudanças e a incerteza. 5. ed. São Paulo: Cortez, 2001.

KEMMIS, Stephen. Action Research and Social Movement: A Challenge for Policy Research. Educational Policy Analysis Archives, Tempe, Arizona, v. 1, n. 1, p. 1-8, jan. 1993. Disponível em: https://www.researchgate.net/publication/ DOI: https://doi.org/10.14507/epaa.v1n1.1993

_Action_Research_and_Social_Movement/link/55e685bc08aede0b57376e90/download. Acesso em: 26 nov. 2023.

NUÑEZ, Isauro Beltrán; RAMALHO, Betânia Leite. A Pesquisa como recurso da formação e da construção de uma nova identidade docente: notas para uma discussão inicial. ECCOS- Revista Científica, São Paulo, v. 7, n. 1, p. 87-111, jun. 2005. Disponível em: https://periodicos.uninove.br/eccos/article/view/404/ DOI: https://doi.org/10.5585/eccos.v7i1.404

Acesso em: 26 nov. 2023.

RAMALHO, Betânia Leite. A Desprofissionalização do Magistério: O caso da Educação Rural do Nordeste Brasileiro. 1993. Tese (Doutorado em Ciências da Educação) – Universidade, Bela Terra, Barcelona, 1993.

RAMALHO, Betânia Leite; NUÑEZ, Isauro Beltrán; GAUTHIER, Clermont. Formar o professor, profissionalizar o ensino. Perspectivas e Desafios. Porto Alegre: Sulina, 2003.

RAMALHO, B.; NUÑEZ, I., y GAUTHIER, C. (2003): Formar o professor, profissionalizar o ensino: perspectivas e desafios. Porto Alegre: Sulinas.

SCHON, Donald A. Educando o profissional reflexivo: um novo design para o ensino e a aprendizagem. Porto Alegre: Artmed, 2000.

SOUSA, Taísa Resende; PEDROZA, Regina Lúcia Sucupira; SOUSA, José Vieira de. A infância em foco: Estado, políticas públicas e educação. Linhas Críticas, Brasília, DF, v. 20, n. 43, p. 643-663, set./dez. 2014. DOI: https://doi.org/10.5965/15164896v20n432014643. Disponível em: https://perio DOI: https://doi.org/10.26512/lc.v20i43.4402

dicos.unb.br/index.php/linhascriticas/article/view/4402/4017. Acesso em: 26 nov. 2023.

STENHOUSE, Lawrence. Investigación y desarrolo del curriculum. Tradução A. Guerra e J. Maestro. Madrid, Espanha: Morata, 1981. [Colección Pedagogia].

TARDIF, Maurice. Saberes Docentes e Formação Profissional. 9. ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2008.

TARDIF, Maurice; LESSARD, Claude; GAUTHIER, Clermont (orgs). Formação de professores e contextos sociais: perspectivas internacionais. Porto: Rés–Editora, 2001.

Published

2024-01-31

How to Cite

Silva, M. da L. D. L., Soares, F. I. L., Santos, M. A. O., Castro, N. M. de S., da Silva, G. V., da Costa, M. B., de Oliveira, A. M., da Silva, K. P., & Costa, D. P. (2024). Políticas públicas e formação docente: reflexões sobre os resultados do Ideb no estado do Rio Grande do Norte. Caderno Pedagógico, 21(1), 3285–3300. https://doi.org/10.54033/cadpedv21n1-175

Issue

Section

Articles