Educação socioambiental: desafios e contribuições do Programa Nacional Escolas Sustentáveis

Authors

  • Alexandre Nicolette Sodré Oliveira
  • Kátia Helena Serafina Cruz Schweickardt

DOI:

https://doi.org/10.54033/cadpedv21n1-155

Keywords:

ensino fundamental, programa escolas sustentáveis, ações socioambientais

Abstract

As questões ambientais têm alcançado cada vez mais relevância nos debates e discussões políticas, econômicas e sociais. No âmbito educacional, tem sido objeto de atenção pela necessidade de formação para o desenvolvimento de valores e atitudes condizentes com a sustentabilidade socioambiental. Nesta perspectiva, este artigo é parte de uma tese de doutorado que tem por objetivo geral compreender as contribuições do Programa Nacional Escolas Sustentáveis (PNES) para que escolas públicas participantes se tornassem territórios educadores sustentáveis. Trata-se de uma pesquisa bibliográfica de base qualitativa. Os resultados indicam que, a nível nacional, apesar dos desafios enfrentados no processo de sua implementação e desenvolvimento, o PNES conseguiu estimular uma maior integração entre escola e comunidade, envolvendo os estudantes em atividades socioambientais.

References

ABRUCIO, F. L. Uma breve história da educação como política pública no Brasil. In: DALMON, D. L.; SIQUEIRA, C.; BRAGA, F. M. (org.). Políticas Educacionais no Brasil: o que podemos aprender com casos reais de implementação. São Paulo: Editora SM, 2018, p. 37-58.

ANDRADE, D. F.; LUCA, A. Q.; SORRENTINO, M. O diálogo em processos de políticas públicas de educação ambiental no Brasil. Educação & Sociedade, v. 33, p. 613-630, 2012. DOI: https://doi.org/10.1590/S0101-73302012000200015

AMARAL, S. D. S; FIGUEIREDO, J. A. S. Educação formal e a constituição de espaços educadores sustentáveis. Ambientalmente Sustentável, ano X, v. II, n. 20, p. 1347-1354, 2015.

ARRAIS, A. A. M. Escolas sustentáveis: uma análise de experiências a partir do pensamento Freireano. Tese (Doutorado). Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências. Universidade de Brasília, 2021.

BASTOS, D. B. D. Reflexões sobre o Programa Nacional Escolas Sustentáveis. Dissertação (Mestrado em Sustentabilidade na Gestão Ambiental). Universidade Federal de São Carlos, Sorocaba, 2016.

BARDIN. L. Análise de Conteúdo. São Paulo: Edições 70, 2016.

BARRETO, Y. S. O espaço escolar sustentável como educador. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-graduação em Rede Nacional para Ensino das Ciências Ambientais. Universidade de São Paulo, São Paulo, 2021.

BIANCHI, C. S. T. Programa Nacional Escolas Sustentáveis: o fluxo de uma ideia no campo das políticas públicas de educação ambiental. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Educação. Universidade de Brasília, 2016.

BORGES, J. A. S. Inclusão e Acessibilidade: Contribuição ao Programa Nacional Escolas Sustentáveis. AmbientalMenteSustentable, v. 1, n. 15-16, p. 83-92, 2012.

BRASIL. Processo Formativo Escolas Sustentáveis e Com-Vida. Brasília: Ministério da Educação, Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade, 2010.

BRASIL. Vamos Cuidar do Brasil com Escolas Sustentáveis: educando-nos para pensar e agir em tempos de mudanças socioambientais globais. Brasília: Ministério da Educação – Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão, 2012.

BRASIL. Ministério da Educação. Manual Escolas Sustentáveis. Resolução CD/FNDE nº 18, de 21 de maio de 2013.

BRASIL. Ministério da Educação. Programa Nacional Escolas Sustentáveis. Versão Preliminar, 2014.

CRESWELL, J. W. Projeto de pesquisa: método qualitativo, quantitativo e misto. 3. ed. Porto Alegre: Artmed, 2010.

DANTAS, A. P. T. S. Formação em educação ambiental: resultados didáticos pedagógicos de um curso de especialização. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Rede Nacional para o Ensino das Ciências Ambientais, Instituto de Geociências. Universidade Federal do Pará, Belém, 2018.

DOURADO, J.; BELIZÁRIO, F.; PAULINO, A. Escolas Sustentáveis. São Paulo: Oficina de textos, 2015.

FORQUIN, C. Escola e cultura: as bases sociais e epistemológica do conhecimento escolar. Tradução: Guacira Lopes Louro. Porto Alegre: Artes Médicas, 1993.

FRANCO, M. A. R. S. Prática pedagógica e docência: um olhar a partir da epistemologia do conceito. Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos, v. 97, p. 534-551, 2016. DOI: https://doi.org/10.1590/s2176-6681/288236353

FREITAS, M. E. M. Programa Vamos Cuidar do Brasil com Escolas Sustentáveis: análise de uma experiência na Escola Estadual Antonio Padilha no munícipio de Sorocaba-SP. Dissertação (Mestrado). Universidade Federal de São Carlos, 2015.

GADOTTI, M. Educar para a sustentabilidade: uma contribuição à década da educação para o desenvolvimento sustentável. São Paulo: Instituto Paulo Freire, 2008.

GIL, A. C. Métodos e técnicas de pesquisa social. 6. ed. São Paulo: Atlas, 2008.

GROHE, S. L. S. Escolas Sustentáveis como proposta de Política Pública no Brasil. Anais ... X ANPED SUL, Florianópolis, p. 1-15, 2014.

GROHE, S. L. S. Escolas Sustentáveis: Três experiências no município de São Leopoldo – RS. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Educação. Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, 2015.

MAIA, J. S. S.; TEIXEIRA, L. A. Formação de professores e educação ambiental na escola pública: contribuições da pedagogia histórico-crítica. Revista HISTEDBR On-line, Campinas, SP, v. 15, n. 63, p. 293–305, 2015. DOI: https://doi.org/10.20396/rho.v15i63.8641185

MELLO, R. D. V. Escolas sustentáveis: limites e possibilidades para a educação. Dissertação (Mestrado). Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências, Bauru, 2016.

ELO, C. S. Formação continuada de professores em educação ambiental: o curso de extensão em educação ambiental, escolas sustentáveis e Com-Vida no município de Capitão Poço – PA, processos e resultados. Dissertação (Mestrado em Educação). Universidade Federal do Pará, Belém, 2018.

MINAYO, M. C. S. O desafio da pesquisa social. In: MINAYO, M.C.S. (org.). Pesquisa social: teoria, método e criatividade. 27. ed. Petrópolis: Vozes, p. 9-29, 2008.

MOTA, J. C. Possibilidades e limitações na transição de escolas para espaços educadores sustentáveis. Anais... XI ANPED SUL: Reunião Científica Regional da ANPED: Educação, movimentos sociais e políticas governamentais, v. 11, p. 1-15, 2016.

PAULA, A.; BERTE, R; SELEME, R. Uma experiência em EaD: a construção de uma rede virtual colaborativa no projeto escolas sustentáveis. Revista Intersaberes, v. 8, n. 16, p. 176-188, 2013.

PAVESI, A.; FREITAS, D. Educação e escolas sustentáveis: aprender para transformar. Atas do IX Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências–IX ENPEC Águas de Lindóia, SP–10 a, v. 14, 2013.

PAZ, A. B. Por uma educação ambiental transformadora: o Programa Nacional Escolas Sustentáveis-PNES na DRE de Colinas do Tocantins – TO. Dissertação (Mestrado). Universidade Federal do Tocantins, 2019.

PEREIRA. A. S. Políticas públicas de educação ambiental: caminhos viáveis e factíveis trilhados para a implementação do programa nacional escolas sustentáveis na rede estadual de ensino em Sergipe. Tese (Doutorado). Universidade Federal de Sergipe, São Cristóvão, 2020.

PÉREZ GÓMEZ, A. I. A cultura escolar na sociedade neoliberal. Porto Alegre: Artmed, 2001.

REALI, A. M. M. R.; TANCREDI, R. M. S. P. A importância do que se aprende na escola: a parceria escola-famílias em perspectiva. Paidéia, v. 15, n. 31, p. 239-247, 2005. DOI: https://doi.org/10.1590/S0103-863X2005000200011

RIBEIRO, M. G. C. Programa escolas sustentáveis na política pública de educação ambiental no município de Ananindeua: uma análise em três instituições de ensino. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Gestão de Recursos Naturais e Desenvolvimento Local na Amazônia. Universidade Federal do Pará, Belém, 2018.

RUIZ, D. G. A prática pedagógica e a educação ambiental na escola pública: um estudo de caso sobre a possibilidade de construção de uma escola sustentável em Piracicaba, SP. Dissertação (Mestrado em Ciências). Universidade de São Paulo, 2017.

SANTOS, J. M. Escolas Sustentáveis no Brasil: As COM-VIDAS – “Comissões de Meio Ambiente e Qualidade de Vida” – como mobilizadoras da participação da comunidade local e de transformações socioambientais nas escolas. Dissertação (Mestrado). Universidade Estadual Paulista, 2019.

SILVA, L. F. G. Implantação de espaços educadores sustentáveis: estudo de caso em escola pública do município de Poços de Caldas, MG. Dissertação (Mestrado em Ciência e Engenharia Ambiental). Universidade Federal de Alfenas, Campus de Poços de Caldas, MG, 2014. DOI: https://doi.org/10.5902/2236130819488

SILVA, M. A. Políticas públicas de educação ambiental: o caso da implementação do Programa Nacional Escolas Sustentáveis em quatro escolas municipais de João Pessoa/PB. Dissertação (Mestrado). Universidade Estadual Paulista, 2016.

SILVA, M. O. A sustentabilidade e o Desenvolvimento do Programa Dinheiro Direto na Escola- Escolas Sustentáveis, em Aracaju, Sergipe. Educação, Santa Maria, v. 45, p. 1-27, 2020. DOI: https://doi.org/10.5902/1984644439187

SIQUEIRA, J. F. R.; ZANON, A. M. Programa nacional escolas sustentáveis: compreendendo os conceitos de escola sustentável e espaço educador sustentável. Revista Pedagógica, Chapecó, v. 21, p. 539-556, 2019. DOI: https://doi.org/10.22196/rp.v22i0.4987

SIQUEIRA, J. F. R.; SOARES, F. F; ZANON, A. M. PDDE Escolas Sustentáveis: a inclusão da Educação Ambiental no Projeto Político-Pedagógico de escolas públicas em Mato Grosso do Sul. Rev. Eletrônica Mestr. Educ. Ambient., v. 36, n. 3, p. 65-85, 2019. DOI: https://doi.org/10.14295/remea.v36i3.9289

SIQUEIRA, J. F. R.; VARGAS, I. A.; ZANON, A. M. Escola sustentável: uma análise das representações de professores da área de linguagens em Campo Grande (MS). Revbea, São Paulo, v. 15, n. 7, p. 106-122, 2020. DOI: https://doi.org/10.34024/revbea.2020.v15.9970

SIQUEIRA, J. F. R.; VASCONCELOS, A. M.; ZANON, A. M. Programa Nacional Escolas Sustentáveis: um estudo bibliométrico. Ambiente & Educação, v. 26, n.1, p. 541-564, 2021.

SORRENTINO, M. et al. Educação ambiental como política pública. Educação e pesquisa, v. 31, n. 02, p. 287-299, 2005. DOI: https://doi.org/10.1590/S1517-97022005000200010

STEUCK, E. R.; WEILER, J. M. A.; MOTA, J. C. As instituições de ensino como Espaços Educadores Sustentáveis no Brasil: algumas reflexões. AmbientalMenteSustentable, v. 2, n. 20, p. 89-109, 2015.

TOMIO, D.; ADRIANO, G. A. C.; SILVA V. L. S. (Com) viver em espaços de uma escola sustentável e criativa. Polyphonía, v. 27, n. 1, p. 267-391, 2016. DOI: https://doi.org/10.5216/rp.v27i1.42318

TRABJER, R.; SATO, M. Escolas sustentáveis: incubadoras de transformações nas Comunidades. Rev. eletrônica Mestr. Educ. Ambient., v. especial, p. 70-78, 2010.

TRAJBER, R.; SATO, M. Somos aprendizes de escolas sustentáveis. Margens, v. 7, n. 9, p. 39-48, 2016. DOI: https://doi.org/10.18542/rmi.v7i9.2769

TROVARELLI, R. A. A transição para sociedades sustentáveis: uma abordagem a partir de comunidades escolares. Dissertação (Mestrado). Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2016.

VIEIRA, M. R. M.; CASTRO, S. R.; ZANON, A. M. Programa Escolas Sustentáveis e Com-Vida: uma revisita ao projeto político pedagógico. Ambiente & Educação, v. 23, n. 2, p. 290-306, 2018. DOI: https://doi.org/10.14295/ambeduc.v23i2.8441

VIESBA, L. M. et al. Programa escolas sustentáveis: aproximando universidade e escola por meio de ações extensionistas. Humanidades e Tecnologia (FINOM), 2017.

WIZIACK, S. C.; ZANON, A. M.; VARGAS, I. A. A formação continuada de professores em educação e sustentabilidade ambiental como política pública para a educação básica no Brasil. Enseñanza de las ciencias, n. extra, p. 3487-3492, 2017.

Published

2024-01-30

How to Cite

Oliveira, A. N. S., & Schweickardt, K. H. S. C. (2024). Educação socioambiental: desafios e contribuições do Programa Nacional Escolas Sustentáveis. Caderno Pedagógico, 21(1), 2882–2911. https://doi.org/10.54033/cadpedv21n1-155

Issue

Section

Articles