Escola militarizada e gestão democrática; uma análise do manual de procedimentos e orientações aos pais e alunos de uma escola estadual militarizada em Manaus

Authors

  • Ângela Maria Gonçalves de Oliveira
  • Jonas Araújo Pereira Junior
  • Cláudia de Oliveira Pacheco
  • Diana Lima da Silva

DOI:

https://doi.org/10.54033/cadpedv21n1-141

Keywords:

educação, militarização, gestão democrática

Abstract

A discussão acerca da gestão escolar tem ganhado destaque frente as reformas educacionais em curso no país. Neste artigo analisaremos sobre a relação do manual de procedimentos e orientações aos pais e alunos de uma Escola Estadual militarizada com os princípios da gestão democrática estabelecida pelo conjunto de leis brasileiras. As referências centrais sobre o objeto de estudo foram Sacristán (2013), Paro (2012, 2016a, 2016b), Saviani (1999 e 2019), Lobardi e Sanfelice (2007). Buscamos empreender uma pesquisa de método marxista (Netto, 2011) a partir da técnica de leitura analítica (Maciel, 2008). O resultado do estudo aponta que a militarização de escolas em Manaus está associada a projetos políticos populistas conservadores que flertam com os anseios da imensa massa da população por uma sensação de segurança, caminhando a passos largos dos dispositivos legais que regulamentam as políticas educacionais.

References

AMAZONAS. Escola Estadual Tenente Coronel Candido José Mariano. Manual de procedimentos e orientações aos pais e alunos. Manaus, AM: Polícia Militar do Amazonas, 2021.

AMAZONAS (Estado). Decreto nº 15.831, de 04 de fevereiro de 1994. Cria, na estrutura organizacional da Polícia Militar do Amazonas, o Colégio Militar e dá outras providências. 27.882. ed. Manaus, AM, Disponível em: https://diario.

imprensaoficial.am.gov.br/portal/visualizacoes/pdf/9873#/p:2/e:9873?find=Col%C3%A9gio%20Militar%20da%20Pol%C3%ADcia%20Militar. Acesso em: 18 jul. 2022.

ALVES, Miriam Fábia; SANTOS, Catarina de Almeida; BORDIN, Marcelo. Militarização da educação e da escola no âmbito da hipermilitarização do Estado brasileiro. Retratos da Escola, Brasília, v. 17, n. 37, p. 41-60, 4 maio 2023. Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE). http://dx.doi. DOI: https://doi.org/10.22420/rde.v17i37.1738

org/10.22420/rde.v17i37.1738. Disponível em: http://retratosdaescola.emnuv

ens.com.br/rde. Acesso em: 27 ago. 2023.

ALVES, Gilberto Luiz. O liberalismo e a produção da Escola Pública moderna. In: LOMBARDI, José Claudinei; SANFELICE, José Luis. Liberalismo e educação em debate. Campinas: Autores Associados, 2007. p. 61-86.

BOARINI, Maria Lucia. Indisciplina escolar: uma construção coletiva. Psicologia Escolar e Educacional, [S.L.], v. 17, n. 1, p. 123-131, jun. 2013. FapUNIFESP (SciELO). Disponível em: https://doi.org/10.1590/S1413-85572013000100013. Acesso em: 24 out. 2023. DOI: https://doi.org/10.1590/S1413-85572013000100013

BRASIL. Congresso. Senado. Constituição (1996). Lei nº 9394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Ldb. Brasília, DF, Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9394.htm. Acesso em: 20 jan. 2022.

BRASIL. Decreto nº 10.004, de 05 de setembro de 2019. Institui o Programa Nacional das Escolas Cívico-Militares. Brasília, DF, Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2019-2022/2019/decreto/D10004.htm. Acesso em: 20 fev. 2022.

CUNHA, Luiz Antônio. Educação, Estado e democracia no Brasil. São Paulo: Cortez, 1991.

CUNHA, Beatriz Rietmann da Costa e. Ensino Secundário militar na primeira república: a construção dos colégios militares (1889-1919). 2012. 228 f. Tese (Doutorado) – Curso de Educação, Faculdade de Educação, Universidade Federal Fluminense, Rio de Janeiro, 2012. Disponível em: https://app.uff.

br/riuff/handle/1/11921. Acesso em: 31 ago. 2023.

CRUZ, Leandra Augusta de Carvalho Moura. Militarização das escolas públicas em Goiás: Disciplina ou medo? 2017. 177 f. Dissertação (Mestrado) – Curso de História, Pontifícia Universidade Católica de Goiás, Goiânia, 2017. Disponível em: http://tede2.pucgoias.edu.br:8080/handle/tede/3746. Acesso em: 08 jul. 2022.

GOMES, Amaral Rodrigues. Militarização de Escolas Públicas no Distrito Federal (2019-2020): O que dizem os professores? 2021. 152 f. Dissertação (Mestrado) – Curso de Educaçlão, Educação, Universidade de Brasília, Brasília, 2021. Disponível em: https://repositorio.unb.br/handle/10482/42792. Acesso em: 14 jul. 2022.

LIMA, Maria Eliene. A educação para a cidadania e a militarização para a educação. 2018. 187 f. Dissertação (Mestrado) – Curso de Educação, Pontifícia Universidade Católica de Goiás, Goiânia, 2018. Disponível em: https://tede2.

pucgoias.edu.br/bitstream/tede/4051/2/Maria%20Eliene%20Lima.pdf. Acesso em: 20 jun. 2022.

LOMBARDI, José Claudinei; SANFELICE, José Luis (org.). Liberalismo e educação em debate. Campinas: Autores Associados, 2007.

MACIEL, Antônio C.; BAGA, Rute M. Politecnia e emancipação humana: uma metodologia para a formação histórico-crítica na universidade. In: AMARAL, Nair G. M.; BRASILEIRO, Tania S. A. (Orgs.). Formação docente e estratégias de integração universidade/escola nos cursos de licenciatura. São Carlos – SP: Pedro & João; Porto Velho: EDUFRO, 2008.

MARX, Karl; ENGELS, Friedrich. Textos sobre educação e ensino. Campinas: Navegando, 2011. 141 p. Disponível em: https://www.editoranavegando.com/

textos-sobre-educacao-e-ensino. Acesso em: 05 nov. 2021.

MASCARENHAS, Aline Nunes; GOULART, Janaina Moreira de Oliveira. Escola e democracia: militarização das escolas públicas e a desdemocratização na sociedade. Retratos da Escola, Brasília, v. 17, n. 37, p. 25-39, 4 maio 2023. Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE). http://dx.doi.org/10.22420/rde.v17i37.1531. Disponível em: https://retratosdaes DOI: https://doi.org/10.22420/rde.v17i37.1531

cola.emnuvens.com.br/rde/article/view/1531/1161. Acesso em: 27 ago. 2023.

MIRANDA, Edna Mara Corrêa. Currículo das escolas militarizadas no Distrito Federal. 2021. 176 f. Dissertação (Mestrado) – Curso de Educação, Universidade de Brasília, Brasília, 2021. Disponível em: https://repositorio.unb.

br/handle/10482/41853. Acesso em: 18 jul. 2022.

NETTO, José Paulo. Introdução ao estudo do método de Marx. 1º Ed. São Paulo: Expressão Popular, 2011.

ORSO, Paulino José. Neoliberalismo: Equívocos e consequências. In: LOMBARDI, José Claudinei; SANFELICE, José Luís (org.). Liberalismo e educação em debate. Campinas: Autores Associados, 2007. Cap. 6. p. 163-184.

PARO, Vitor Henrique. Administração escolar – Introdução crítica. 17. ed. São Paulo: Cortez, 2012.

PARO, Vitor Henrique. Gestão Democrática da Escola Pública. 4. ed. São Paulo: Cortez, 2016. 141 p.

PARO, Vitor Henrique. Crítica da estrutura da escola. 2. ed. São Paulo: Cortez, 2016. 254 p.

SACRISTÁN, José Gimeno. Saberes e incertezas sobre o currículo. Porto Alegre: Penso, 2013. 537 p. Revisão técnica: Miguel González Arroyo.

SANTOS, Eduardo Junio Ferreira. Militarização das Escolas Públicas do Brasil: Expansão, significados e tendências. Dissertação (Mestrado em Sociedade, Cultura e Fronteiras) – Faculdade de Educação, Programa de Pós-graduação em Educação, Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2020.

SAVIANI, Dermeval. Escola e Democracia: teorias da educação, curvatura da vara, onze teses sobre educação e política. 32. ed. São Paulo: Cortez, 1999.

SAVIANI, Dermeval. Pedagogia histórico-crítica, quadragésimo ano: novas aproximações. Campinas: Autores Associados, 2019. DOI: https://doi.org/10.29388/978-85-53111-23-7-0-f.39-54

SANTOS, Mariana Teixeira dos. "Isso é presídio, moço!": O que pensam os (as) estudantes sobre as escolas militarizadas do DF. 2023. 152 f. Dissertação (Mestrado) – Curso de Educação, Universidade de Brasília, Brasília, 2023. Disponível em: https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=12918519. Acesso em: 10 out. 2023.

SAUER, Margrid Burliga. SARAIVA, Karla. Uma escola diferente do mundo lá fora. RBPAE – v.35, n.3, p.580-591, mai./ago. 2019. Disponível em: DOI: https://doi.org/10.21573/vol35n32019.95346

ufrgs.br/rbpae/issue/viewIssue/3872/756>. Acesso em: 15 jan. 2022.

SERAFIM, Guilherme de Oliveira Lomba. A práxis de uma diretora na gestão de uma escola militarizada. 2021. 163 f. Dissertação (Mestrado) – Curso de Educação, Universidade de Brasília, Brasília, 2021. Disponível em: http://repositorio2.unb.br/jspui/handle/10482/4312 3. Acesso em: 15 jul. 2022.

TAVARES, F. M. M. Quem quer manter a ordem? A ilegalidade da militarização das escolas em Goiás. In: CAETANO, I. de O.; VIEGAS, V. (orgs.). Estado de exceção escolar: uma avaliação crítica das escolas militarizadas. Aparecida de Goiânia: Escultura Produções Editoriais, 2016. p. 53-66.

VEIGA, Carlos Henrique Avelino. Militarização de escolas públicas no contexto da reforma gerencial do estado. 2020. 255 f. Dissertação (Mestrado) – Curso de Educação, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Seropédica, 2020. Disponível em: https://tede.ufrrj.br/jspui/handle/jspui/6025. Acesso em: 15 jul. 2022.

Published

2024-01-26

How to Cite

de Oliveira, Ângela M. G., Pereira Junior, J. A., Pacheco, C. de O., & da Silva, D. L. (2024). Escola militarizada e gestão democrática; uma análise do manual de procedimentos e orientações aos pais e alunos de uma escola estadual militarizada em Manaus. Caderno Pedagógico, 21(1), 2612–2635. https://doi.org/10.54033/cadpedv21n1-141

Issue

Section

Articles